20 fev 2018

Uso antimicrobiano do Cobre na avicultura atrai pesquisadores

cobre na avicultura superfície antimicrobiana


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A aplicação do cobre na avicultura, enquanto superfície antimicrobiana, tem mobilizado pesquisadores brasileiros. Em 2017, a médica veterinária Ronise Faria Rohde Depner defendeu a tese de doutorado “Atividade Antimicrobiana do Cobre Aplicado em Bandejas de Eclosão de Incubatórios Avícolas”.

Sob a orientação da professora de patologia aviária da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Maristela Lovato, a pesquisa ganhou o apoio do Instituto Brasileiro do Cobre (Procobre). O grupo acabou por desenvolver protótipos de bandejas de eclosão em cobre antimicrobiano para encaixe interno nas bandejas de plástico convencionais.

Em artigo publicado na revista Brazilian Journal of Poultry Science, adaptado em 2018 para o site aviNews Brasil, Ronise aponta que o cobre é um elemento necessário na nutrição das aves e amplamente utilizado na avicultura, geralmente na forma de sulfato.

Segundo ela, a exigência nutricional dos frangos de corte é de 8ppm na ração, no entanto, a concentração comumente utilizada fica em torno de 150-200ppm. O objetivo disso, segundo a pesquisadora, é para que o cobre atue como melhorador de desempenho devido ao seu efeito antibacteriano.

No entanto, os estudos das propriedades antimicrobianas das superfícies metálicas de cobre ganharam destaque mais recentemente, quando a agência norte-americana Environmental Protection Agency (EPA) registrou quase 300 ligas de cobre como antimicrobianas em 2008.

Esse registro, segundo Ronise, permite a comercialização do cobre e aponta que o mesmo “elimina 99,9% das bactérias dentro de duas horas”.

As pesquisas envolvendo micro-organismos isolados de incubatórios comerciais de frangos de corte de dois estados brasileiros (RS e SC) comprovam o que pesquisadores demonstraram, que o número médio de bactérias recuperadas das superfícies de cobre foi 90-100% menor quando comparadas com as superfícies controle.

O resultado dessa pesquisa, segundo Ronise, foi que as placas de cobre eliminaram praticamente toda a contaminação da sua superfície em apenas um dia, enquanto que o aço inox foi inerte frente aos micro-organismos pesquisados.

Enfim, o cobre, como superfície de contato, provou ter importante ação antimicrobiana nas bactérias, fungos e leveduras comuns aos incubatórios.

Trabalho Continuado

No último dia 31 de janeiro, durante a International Production & Processing Expo, em Atlanta (Geórgia), a então formanda em Medicina Veterinária pela UFSM, Karine Patrin Pontin, esteve no estande da aviNews.

Cobre na avicultura Karine Patrin Pontin

Karine Patrin Pontin, Médica Veterinária formada pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), pós-graduanda pela UFRGS

Ela foi uma das estagiárias a participar do trabalho de pesquisa com a Médica Veterinária Ronise Depner, sob a orientação da professora Maristela Lovato. “Eu acompanhei a prática do projeto nos incubatórios comerciais, trocando as bandejas de polipropileno por bandejas de cobre”, explicou.

Ainda estudante, Karine estagiou por três meses no Poultry Health Laboratory (PHL), departamento de Poultry Science da Universidade de Arkansas, na cidade de Fayetteville (EUA). Nesse período teve a oportunidade de apresentar a pesquisa desenvolvida com uso do cobre em incubatórios, num Congresso realizado na cidade.

“A pesquisa foi super bem aceita”, explicou Karine. “As pessoas, inicialmente, achavam que se tratava de um investimento caro pelo valor elevado do cobre, mas acabavam avaliando que o custo-benefício é compensatório, pois diminui praticamente toda a contaminação”, completou.

Karine foi recentemente aceita no programa de pós-graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pretende dar continuidade à pesquisa em seu mestrado. Na IPPE, Karine e Moisés Westenhofen estiveram como estudantes convidados pela UFSM, ciceroneados pela professor Maristela Lovato.

Da Redação



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies