22 set 2021

Palestras discutem técnicas de manejo e tecnologia vacinal para uma avicultura mais produtiva

Winfridus Bakker Simpósio ACAV


AUTOR(ES)

Priscila Beck

O Simpósio de Qualificação Técnica ACAV (Associação Catarinense de Avicultura) trouxe dois nomes de peso do setor para discutir o condicionamento de matrizes e formas de otimizar o manejo da vacinação. Isso, porque aprimorar as técnicas de manejo para otimizar a sanidade e a produtividade das aves é imprescindível para uma avicultura lucrativa.

Considerado um dos maiores especialistas em manejo de matrizes e produção de ovos, o engenheiro agrônomo e zootecnista Winfridus Bakker compartilhou práticas atuais para otimizar a produtividade, com foco nas maiores áreas de atenção no manejo das aves, desde a recria até a produção de ovos.

“Matrizes de qualidade vêm de uma excelente recria”, pontuou.

Winfridus Bakker Simpósio ACAV manejo vacinação

Bakker destacou que é fundamental assegurar um bom desenvolvimento das matrizes até 6 semanas de vida e fez considerações sobre o peso do ovo para a fase de incubação, a relação do peso da fêmea com o peso do ovo, como melhorar a parte física das aves com 0 a 6 semanas de vida, cuidados com a rotina de ração e as áreas da recria que demandam mais atenção. 

De acordo com o especialista, a qualidade das matrizes está diretamente ligada com o início de vida da pintainha, que deve ter um crescimento uniforme, com saúde e excelente nutrição dos lotes. 

Na última palestra do dia, o médico veterinário e doutor em imunologia, Breno Castello Branco Beirão, abordou as tecnologias utilizadas para otimizar o manejo da vacinação.

Breno Castello Branco Beirão manejo vacinação

“Estamos numa indústria para a qual não faltam ferramentas e que está cada vez mais técnica, com um potencial que não para de crescer, e isso tem trazido um desempenho cada vez melhor para a avicultura.

Beirão destacou que o intestino, como maior órgão do organismo, coleciona uma microbiota de várias células imunes que exercem um papel fundamental para o funcionamento das vacinas. “A dieta das aves e a microbiota estão diretamente conectadas com a resposta imune desses animais”, explicou. Outra ferramenta citada por ele com a mesma finalidade imunológica é o treinamento imune. 

Apesar do desempenho excelente das vacinas, o doutor assinalou que elas não desempenham o mesmo efeito do antibiótico.

“As vacinas são vistas como a única ferramenta direcionada para combater uma infecção que não seja o uso do antibiótico. Vemos um movimento, em lugares como a Europa, investindo pesado em tecnologia vacinal para complementar, suplementar e substituir o uso de antibióticos. Elas são boas ferramentas, que vão nos ajudar muito, mas até o momento não são a única solução para suprimir os antibióticos”, finalizou. 

PROGRAMAÇÃO

O Simpósio é transmitido virtualmente, a partir dos estúdios da BS Áudio, em Chapecó (SC). Para esta quarta-feira (22) estão programadas mais cinco palestras. Quem tiver interesse ainda pode participar desta reta final do evento. As inscrições devem ser feitas pelo site www.simposioacav.com.br. O valor é R$ 300,00 (profissionais) e R$ 150,00 (estudantes).

Para quarta-feira (22), estão programadas cinco palestras:

Às 14 horas, Marco Aurélio Romagnole de Araújo abordará “Manejo de machos reprodutores para alta performance”.

Às 14h30, Fábio Luiz Bittencourt falará sobre “Construindo uma incubação de alta performance com foco em qualidade de pintos”. 

Às 15 horas, Tiago Gurski, Evair Basso e Carlos de Oliveira abordarão “A influência da qualidade e contaminação de ovos e o impacto na primeira semana de vida da progênie”.

Após intervalo, às 16h10, inicia a exposição sobre “Atualização da epidemiologia no Brasil e perspectivas para os próximos anos”, a cargo de Joice Leão.

Às 16h40, Andre Luiz Della Volpe falará sobre “Manejo adequado para a prevenção de doenças em áreas endêmicas” 

APOIO

O evento tem apoio dos patrocinadores da categoria ouro (Seara Alimentos, Cargill, Ceva, Cobb, MSD Saúde Animal e Aviagen | Ross), da categoria prata (Icasa, Hubbard Your Choice, Dur Commitment, Plasson Livestock, Petersime Incubators & Hatcheries, Zoetis, Vetanco Phibro Animal Health Corporation e Evonik Leading Chemistry) e da categoria bronze (DSM Bright Science, Brighter Living, Trouw Nutrition a Nutreco Company, Elanco e BRDE).

Fonte: Assessoria de Imprensa



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies