09 abr 2019

Saúde intestinal & plantas na produção avícola

Saúde Intestinal & Plantas


AUTOR(ES)

Equipe da Delacon

Diamond V

O uso de compostos fitogênicos adequadamente formulados representa uma estratégia relevante para enfrentar os desafios da produção avícola moderna

Hoje em dia, a avicultura enfrenta vários desafios: se não são os altos custos de matérias primas para rações ou os baixos preços da carne em diferentes regiões do mundo, são as contínuas discussões sobre a produção animal livre de antibióticos (AB-free), o bem-estar animal e o impacto ambiental da produção avícola intensiva.

saúde intestinal & PlantasCom a crescente pressão para reduzir o uso de antibióticos na alimentação animal, o uso de agentes anticoccidianos também vem entrando em evidência, já que tampouco se pode descartar a resistência a longo prazo destes agentes.

saúde Intestinal & Plantas

Cada vez mais, destaca-se a importância de se obter aves saudáveis, com elevado e uniforme desempenho durante a criação. Esta é uma meta que pode ser alcançada, principalmente, a partir de aproveitamento otimizado de alimentos oferecidos às aves.

Os pré-requisitos básicos para isso giram em torno da otimização dos processos de absorção e digestão. Em resumo: aves com intestino saudável.

Saúde Intestinal & PlantasContudo, a saúde intestinal pode rapidamente se desequilibrar. O seu ecossistema é bastante competente na habilidade de realizar suas tarefas fsiológicas, porém, é igualmente sensível a quaisquer distúrbios.

Coccidiose
O inimigo temido nos galpões avícolas

A coccidiose é uma doença bastante séria causada por protozoários unicelulares, transmitida de animal para animal pelas fezes. Estes organismos parasitas mitigam seriamente a integridade intestinal das aves, reduzindo significativamente a capacidade de absorção de nutrientes e, consequentemente, o desempenho produtivo dos animais.

saúde intestinal & PlantasAs infestações se espalham rapidamente, promovendo significativos impactos econômicos na produção animal moderna. As perdas globais, incluindo as de produção, prevenção de doenças e custos de tratamento, chegam a mais de 5 bilhões de dólares ao ano. As manifestações subclínicas, acompanhadas de perdas de desempenho (ex. redução na ingestão de alimentos, baixa eficiência alimentar, etc.) se somam aos impactos econômicos.
Saúde Intestinal & PlantasDiferentes espécies parasitas de protozoários do gênero Eimeria são identificadas como causadoras de coccidiose. Dependendo do estado imunológico do hospedeiro e do número de oocistos ingeridos, a doença pode apresentar diferentes manifestações, produzindo lesões mais ou menos severas ao epitélio intestinal do hospedeiro.

 

Além do mais, as infestações parasitárias não se limitam a apenas uma espécie; geralmente, a coccidiose é resultado de várias Eimeria spp. que acometem diferentes porções do intestino, ao longo da vida das aves. Essa diversidade de afecções dificulta muito o controle da doença.

saúde intestinal & Plantas

Contudo, não são somente as infestações por coccídios que causam prejuízo. As lesões ao epitélio acabam favorecendo a ação patogênica de Clostridium perfringens, que se beneficia dos nutrientes mal absorvidos e do aumento de muco excretado pela mucosa intestinal, como mecanismo de defesa.

Estas infecções secundárias diminuem ainda mais a integridade do epitélio intestinal, muitas vezes resultando em quadros agudos de enterite necrótica. Recomenda-se combater a coccidiose o mais breve possível, porém, essa prevenção não é tão fácil, já que os oocistos são muito resistentes, inclusive à limpeza e desinfecção dos silos.

Ainda assim, adotar medidas de higiene é o primeiro passo no controle destes agentes etiológicos no meio ambiente. Quanto aos hospedeiros, deve-se buscar a criação e manutenção de um ambiente intestinal estável e saudável, para que o órgão seja resiliente aos ataques destes protozoários e outros patógenos.

A prevenção é melhor que o combate

frangos de corte saúde intestinal & plantasOs métodos de profilaxia convencionais para prevenir e controlar a coccidiose, baseados no emprego de agentes coccidiostáticos e anticoccidianos, vêm sendo questionados quanto ao potencial não-descartável de seleção e surgimento de cepas fármaco-resistentes.
frangos de corte saúde intestinal & plantasAlém do mais, os agentes anticoccidianos ionóforos são enquadrados como quimioterápicos antibacterianos, mesmo que pertencentes uma classe diferente aos antibióticos humanos. Com o aumento da pressão do consumidor em relação a problemas de resistência, o amplo emprego destes fármacos na profilaxia contra Eimeria tem sido visto de maneira crítica; há, inclusive, indícios de possíveis proibições do uso dos mesmos.

Sem dúvidas, é improrrogável encontrarmos soluções alternativas aos métodos atuais para proteger os lotes de aves da ação parasitária e patogênica de Eimeria.]

saúde intestinal & plantasA resposta parece estar na saúde intestinal, como dizem: “intestino saudável = animal saudável”.

Um bom status de saúde intestinal é pré-requisito para se obter ótimos desempenho e rentabilidade, particularmente, sob condições desafiadoras como a produção livre de antibióticos ou quadros de coccidiose e enterites. Assim, para fortalecer, estabilizar e melhorar a resiliência do intestino contra patógenos, exige-se uma proteção eficiente… e ainda melhor se for uma solução natural.

Não há substituto para a natureza

Quais alternativas naturais aos antibióticos melhoram a resistência contra infecções intestinais, ou seja, combinam a proteção efetiva direta contra os patógenos e o suporte indireto da saúde intestinal? A melhor estratégia para garantir um desempenho adequado e um retorno financeiro é prevenir os desafios, em vez de ter que tratar problemas como a coccidiose ou enterite necrótica (causada pela rápida proliferação da C. perfringens).

A solução é simples e vem, novamente, da mesma mãe natureza: os fitogênicos (compostos bioativos a base de plantas) são armas seguras e eficazes, que podem reduzir o dano intestinal provocado pela coccidiose, não apenas de maneira direta, como também indireta, no controle sustentável de infecções primárias e secundárias.

A Delacon, líder mundial no mercado e pioneira em aditivos fitogênicos, tem um amplo conhecimento em seleção, combinação e formulação de compostos botânicos para soluções efetivas, feitas sob medida frente aos desafios da produção animal, como melhorar a resistência das aves contra as infecções intestinais.

E são precisamente essas soluções fitogênicas completas e bem formuladas, as que claramente se destacam no todo. Não só combinam valiosos compostos bioativos, como os flavonoides, óleos essenciais e saponinas, como agregam a interação sinérgica de todos os ingredientes, proporcionando ações que vão além daqueles efeitos de uma única substância.

Compostos fitogênicos adequadamente selecionados têm potencial para dar suporte à saúde intestinal das aves de produção em condições desafiadoras, em particular quando do aumento da pressão coccidiana e/ou clostridiana, ao mesmo tempo que protegem as aves desde o primeiro dia de vida, a partir de níveis distintos de modo de ação:

Saúde Intestinal & PlantasPrimeiro nível

No primeiro nível de defesa, os aditivos interferem no ciclo reprodutivo da Eimeria, resultando em uma excreção significativamente menor de oocistos, reduzindo a concentração destes na cama, bem como, a pressão parasitária.

Segundo nível

No segundo nível, há a inibição de Quorum sensing (interrupção das vias de comunicação entre bactérias), o que reduz alguns fatores de virulência bacteriana (ex. supressão da produção de enterotoxinas por C. perfringens), evitando-se assim o potencial patogênico de colonização e dano ao epitélio intestinal, assim como, estabilizando o ecossistema intestinal.

Terceiro nível

No terceiro nível, as propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes dos compostos fitogênicos reduzem a reatividade inflamatória e o potencial oxidativo no organismo das aves frente aos desafios enfrentados pela mucosa intestinal. Estes efeitos têm impacto direto na utilização metabólica de nutrientes absorvidos, destinando-os à deposição de proteína animal.

Saúde Intestinal & Plantas

As vantagens dos fitogênicos se refletem no melhoramento da resiliência contra as infestações parasitárias por Eimeria e as infecções bacterianas secundárias. Portanto, observa-se redução de lesões associadas, redução na excreção de oocistos e aumento de desempenho.

saúde intestinal & plantas

Figura 1. Efeito de compostos fitogênicos sobre o desempenho

Os efeitos benéfcos dos compostos fitogênicos ao desempenho estão apresentados na Figura 1 (representa os efeitos sobre o desempenho zootécnico ao final de 42 d). Devido à melhora na resiliência contra as infecções intestinais pelos compostos fitogênicos bioativos, as aves infectadas apresentaram melhora em ganho de peso (+8.3%), consumo de alimento (+2.3%) e conversão alimentar (-6.0%), comparativamente ao controle (grupos infectados, porém, não tratados).
saúde intestinal & plantas

Não se preconiza a substituição completa dos programas convencionais de prevenção e controle de coccidiose por compostos fitogênicos, porém, estes compostos podem ajudar as aves em sua defesa contra a doença.

Resultados positivos foram observados quando da combinação de vacinas contra a coccidiose e compostos fitogênicos, uma vez que estes não interrompem por completo o ciclo reprodutivo da Eimeira e a excreção de oocistos ao ambiente.

Isso é importante, pois garante a suficiente geração de imunidade contra coccidiose a partir do processo de vacinação. Desta forma, comprova-se que os compostos fitogênicos podem ser administrados às aves sem risco à eficácia de vacinas contra a coccidiose.

Os aditivos fitogênicos não somente são efetivos em combinação com as vacinas, mas igualmente em combinação sem restrição com outros aditivos não-fitogênicos que proporcionem atividades adicionais, para fornecer a máxima proteção ao trato intestinal, particularmente quando da retirada de antibióticos.

Conclusões

A necessidade contínua de controlar as doenças intestinais em aves (ex. a coccidiose) em um mundo com uma pressão cada vez maior para reduzir o uso de antibióticos na produção, faz com que soluções alternativas se tornem o centro de interesse entre cientistas, nutricionistas, gestores de fábricas de ração, produtores de aves e consumidores. Uma destas soluções alternativas é representada por extratos selecionados de algumas plantas, já que seu complexo de compostos bioativos apresenta efeitos diversos neste sentido.

O uso de compostos fitogênicos adequadamente formulados representa uma estratégia relevante para enfrentar os desafios da produção avícola moderna, decorrente de sua eficácia comprovada ou dos efeitos benéficos sobre a digestão, a utilização de nutrientes e a saúde intestinal, além de serem completamente naturais e seguros aos animais e aos consumidores finais.

saúde intestinal & plantassaúde intestinal & plantasTudo se torna ainda mais relevante a partir do momento que a demanda por proteína animal livre de resíduos ou do uso de antibióticos vem sendo cada vez mais evidenciada.

 

saúde intestinal & Plantas




MERCADO +

DataProdutoValor
05/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,94
05/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,94

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies