22 jun 2021

Epagri estima safra de inverno positiva em Santa Catarina

safra de inverno sc


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

O Epagri/Cepa (Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri) estima que a produção da safra de inverno 2021/22 seja positiva em Santa Catarina, com previsão de aumento de produção em todo o Estado. Só o trigo deve ter um aumento de 55% no total produzido.

Os números foram apresentados em evento on-line realizado na tarde desta segunda-feira (21/6), com a presença de autoridades e lideranças do setor agropecuário. A presidente da Epagri, Edilene Steinwandter, relatou que seis unidades de pesquisa estão desenvolvendo experimentos em cinco regiões do Estado, além de destacar atuações da extensão rural e a execução de políticas voltadas para estas culturas.

safra de inverno sc

Altair Silva, que é secretário da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, destacou a expectativa de colher uma safra recorde destas culturas, o que vai contribuir para equalizar a alta demanda de alimentos para animais em Santa Catarina. A Secretaria possui um projeto para subvenção de R$ 250,00 por hectare efetivamente plantado com cereais de inverno, num limite de 10 hectares por produtor.

De acordo como o secretário, a proposta estimulou o plantio de 38 mil hectares de cerais de inverno a mais no Estado catarinense, superando a meta, que era de elevar em 20 mil hectares estas áreas.

Grãos

A produção catarinense de trigo deve chegar a 276.158 toneladas na safra 2021/22, um aumento de 55% em relação ao período agrícola anterior, quando o Estado produziu 172.079 toneladas do cereal. A área plantada vai crescer 38%, chegando a 80.585 hectares, sendo que a produtividade deve ser 13% maior, alcançando o patamar de 3.315 kg/ha em média.

João Rogério Alves, analista de socioeconomia da Epagri/Cepa, credita esse crescimento aos bons preços pagos aos produtores de trigo na última safra, aliados à política de incentivo do governo estadual e a uma previsão climática favorável, de inverno com pouca chuva e de frio adequado para a cultura.

Na safra 2021/22, Santa Catarina deve produzir 53.697 toneladas de aveia, um incremento de 24% em relação ao ciclo agrícola anterior. A expectativa é de que o cereal ocupe 39.377 hectares no Estado, área 13% superior à ocupada na safra 2020/21.

A produtividade média deve crescer 10%, chegando a 1.364 kg/ha. A aveia produzida no território catarinense é toda usada para formação de pastagem de inverno para pecuária de corte e de leite, atividade de importância econômica para o Estado, segundo João Alves.

Importância

A safra de inverno ocupa principalmente o Alto Vale do Itajaí, o Planalto e o Oeste catarinense. Tem grande importância para o Estado, historicamente pela força da produção de cebola e alho e, mais recentemente, pela necessidade de produção de grãos para alimentação de frangos, suínos e bovinos.

Santa Catarina é o maior exportador de suínos e o segundo maior exportador de frangos do país, além de ser o quarto maior produtor de leite. A grande dependência do milho para alimentação dos rebanhos vem colocando o Estado na posição de maior importador nacional deste grão. Dos 7 milhões de toneladas de milho necessários em Santa Catarina, cerca de 5 milhões vêm de outros Estados ou países. A estiagem e o ataque de pragas comprometeram a produção de milho no território catarinense na última safra. Diante disso, a produção de grãos de inverno, que podem substituir o milho na fabricação de ração animal, vem ganhando cada vez mais relevância.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies