23 jan 2018

Receita com exportação de frango sobe 8% em 2017 no Paraná

Paraná aves


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

A receita cambial com exportação de carne de frango pelo Paraná cresceu 8% em 2017, segundo dados do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) passados ao site Broadcast Agro. O crescimento é medido a partir da comparação das receitas de 2017, que foram de US$ 2,51 bilhões, com o ano anterior.

O levantamento do Sindiavipar foi baseado em dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Em volume de embarques, a 1,57 milhão de toneladas de carne de frango exportada em 2017 foi 1,6% maior que o volume do ano anterior, quando foram exportadas 1,55 milhão de toneladas.

O Paraná respondeu por 36,34% de todas as exportações de carne de frango no Brasil em 2017.

Para o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, estes índices reforçam a importância do Estado, e do País, na garantia da segurança alimentar ao redor do mundo. “O mercado global reconhece a qualidade do que é produzido por nós e confia em nossa cadeia produtiva, que nos permite atender aos mais altos níveis de exigência”, declarou ele, no comunicado.

Na lista dos cinco maiores importadores da carne de frango paranaense em 2017 estão Arábia Saudita (263,06 mil toneladas), África do Sul (223,81 mil toneladas), China (147,89 mil toneladas), Emirados Árabes (128,7 mil toneladas) e Japão (118,73 mil toneladas).

O levantamento do Sindiavipar mostra ainda que o abate também cresceu em 2017. No acumulado do ano, a produção avícola no Estado atingiu 1,79 bilhão de cabeças de frango, ante 1,75 bilhão de aves em 2016, o que resultou em um aumento de 1,8%. Desta produção, aproximadamente 65% foi destinada ao mercado interno e 35% ao externo.

Perspectivas

Para 2018, as projeções se mantêm positivas. Com a expectativa de recuperação da economia, volta do poder de compra da população e retomada do consumo, além da boa oferta de insumos, a avicultura paranaense deve apresentar um crescimento em torno de 4% a 6% tanto em produção quanto em exportação, projeta o Sindiavipar.

Com informações do site Broadcast Agro




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies