16 jun 2017

Previsões do tempo para predizer o risco de micotoxinas

Micotoxinas, ¿se escapan de nuestro control?


AUTOR(ES)

Joke Van De Velde

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Usando uma compilação de dados de padrões meteorológicos do passado, combinados com os níveis regionais de micotoxinas dos últimos seis anos, o produtor multinacional de aditivos para rações Nutriad criou um modelo para gerar informação preditiva sobre riscos futuros de micotoxinas que poderia ajudar a indústria a agir em vez de reagir. Este modelo estará disponível nos Estados Unidos, onde a Nutriad coopera com o renomado meteorólogo Thomas Novak, da Novak Weather Consultants.

As epidemias nas plantas, animais e seres humanos são influenciadas pelo clima, tanto que já se desenvolveu prognósticos meteorológicos para orientar as estratégias de controle de muitas doenças importantes em todo o mundo.

Agora a Nutriad relacionará prognósticos meteorológicos com modelos recentes de mudança climática e gerará uma previsão sobre os seus efeitos na aparição de micotoxinas.

O clima é um fator chave na contaminação dos cultivos já que os diferentes tipos de mofo crescem em diferentes temperaturas e umidades, podendo ser afetados por mudanças climáticas em seus diferentes ciclos vitais. Uma precipitação acima do normal pode estimular o crescimento de bolor enquanto uma seca pode estressá-los, aumentando os riscos de produzirem micotoxinas. O mesmo pode ocorrer com a temperatura: as temperaturas mais altas ou mais baixas que o normal podem fazer com que os mofos produzam micotoxinas.

Erik VisserErik Visser, diretor executivo da Nutriad, afirmou: “A Nutriad alcançou uma posição de liderança na gestão de micotoxinas trabalhando estreitamente com clientes de todo o mundo, compartilhando informação e desenvolvendo soluções práticas para todas as espécies. Em todo o mundo, nossos especialistas em produtos trabalham com produtores, laboratórios independentes e universidades no desenvolvimento de supressores de micotoxinas altamente eficazes. Ao mesmo tempo, apoiamos o conhecimento da indústria sobre como as micotoxinas afetam os animais e como se pode minimizar os riscos”.

logotipo de mycomanApós a publicação das pesquisas de micotoxinas realizadas em vários países e o lançamento da aplicação Mycoman, a Nutriad agora apresenta o modelo de prognóstico de micotoxinas. Ademais, destaca-se o compromisso da Nutriad em trabalhar continuamente para apoiar os clientes na tomada de decisões conscientes relacionadas com o controle do risco de micotoxinas.

Durante os próximos seis meses, a Nutriad fará um acompanhamento das condições climáticas nos Estados Unidos e, mais tarde, no verão, a empresa gerará uma medida da matriz de probabilidades de riscos de micotoxinas nos cultivos de milho e cereais de 2017. O alerta de ameaças definirá os níveis como baixos, médios ou altos. No primeiro dia de cada mês, a Nutriad fornecerá dados meteorológicos que permitam prognosticar as condições climáticas dos próximos 30 dias.

A Nutriad oferece produtos e serviços em mais de 80 países através de uma rede de escritórios de vendas e distribuidores. Esta rede conta com o apoio de quatro laboratórios de aplicações e cinco plantas de produção em três continentes. Mais informações em www.nutriad.com



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies