06 abr 2018

Preços do frango seguiram em queda em março

preços do frango


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Os preços do frango seguiram em queda em março, registrando novas mínimas. A informação faz parte do boletim Agromensal elaborado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea – Esalq).

Em algumas regiões acompanhadas pelo Centro, os valores médios do mês, tanto da carne no atacado quanto do animal vivo, foram os menores em 12 anos, em termos reais (os valores foram deflacionados pelo IPCA de fevereiro/18).

Em São Paulo, no Paraná e em Minas Gerais, o preço médio do frango resfriado foi o menor desde julho de 2006. No estado de São Paulo, o frango resfriado teve média de R$ 3,18/kg em março, 4,5% abaixo da de fevereiro e 15,2% menor que a de março/17. No Paraná, o preço médio da carne resfriada de março foi de R$ 3,64/kg, queda de 2,7% em relação a fevereiro e de 6,9% frente a março/17.

Frango Vivo

Para o frango vivo, em São Paulo, o animal registrou média de R$ 2,35/kg em março, a menor, em termos reais, desde fevereiro de 2012, com queda de 4,8% frente ao mês anterior e de 15% em relação à média de março/17.

Mercado Externo

Após forte mudança no ritmo dos embarques em meados de março, as exportações de carne de frango in natura atingiram 350,4 mil toneladas no mês, 21,3% acima do volume de fevereiro/18 e 2,1% superior ao de março de 2017, segundo dados da Secex. Com os embarques de março, o setor arrecadou receita de US$ 535,41 milhões, montante 19,6% maior que o de fevereiro, mas 6,2% inferior à de março/17.

Considerando os produtos in natura e processados, segundo dados da ABPA, o setor exportou 376,6 mil toneladas, desempenho 2,2% menor que as 385,1 mil toneladas registradas no mesmo período de 2017.  A receitados embarques alcançou US$ 589,9 milhões, número 10% menor que as US$ 655 milhões do terceiro mês do ano passado.

Relação de Troca

As valorizações do milho e do farelo de soja e a queda nos preços do frango vivo reduziram o poder de compra de avicultores em março. No interior de São Paulo, a saca de 60 kg de milho e o farelo de soja se valorizaram 19,5% e 8,5%, respectivamente, de fevereiro para março, diminuindo o poder de compra do produtor em 19,2% frente ao cereal e em 11,4% em relação ao derivado da oleaginosa.

Com isso, em março, com a venda de um quilo de frango, foi possível adquirir 3,49 quilos de milho ou 1,94 quilo de farelo de soja.

Com informações do CEPEA




MERCADO +

DataProdutoValor
18/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,86
18/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,20

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies