23 out 2020

Carne de frango: diferença de preços das concorrentes é a maior desde 2004

carne de frango carne de pollo


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A diferença atual entre os preços da carne de frango e os das concorrentes é a maior desde 2004, em termos reais (as médias mensais foram deflacionadas pelo IPCA de setembro/20). A informação foi divulgada nesta sexta-feira (23/10) pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).

Segundo levantamento do Cepea , os preços da carne de frango e das duas principais concorrentes, bovina e suína, seguem em movimento de alta no mercado doméstico neste mês de outubro. A proteína avícola, contudo, ainda se mostra como a opção mais competitiva, já que os valores desta carne têm se distanciado das cotações das concorrentes.

carne de frango

Segundo colaboradores do Cepea, a alta competitividade favorece a demanda doméstica pela carne de frango, que, por sua vez, tem impulsionado consecutivamente as cotações da avicultura de corte nos últimos meses.

No mercado da carne bovina, as exportações em ritmo aquecido e o preço elevado da arroba do boi gordo, por conta da menor oferta de animais para abate, elevam as cotações da carcaça.

Segundo pesquisadores, esse contexto traz certo alívio para pecuaristas, especialmente para os terminadores, que se deparam com custos de produção bastante elevados. Além do encarecimento de insumos da alimentação, como milho e farelo de soja, os preços recordes dos animais de reposição têm pesado sobre os custos.

A situação para a carne suína é similar à bovina, com oferta restrita de animais em peso ideal de abate, contexto que tem impulsionado as cotações de todo o setor. Nas últimas semanas, a baixa disponibilidade e os preços elevados dos principais insumos da atividade suinícola, milho e farelo de soja, têm preocupado agentes deste setor, tendo em vista que isso tende a restringir ainda mais a oferta de animais no curto e médio prazos.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa (região de Campinas – SP) do milho vem registrando avanço consecutivo e, na sexta-feira passada, 16/10, atingiu R$ 70,72/saca de 60 kg. Na parcial de outubro, a elevação do Indicador chega a 11,14%.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br




MERCADO +

DataProdutoValor
23/11/2020 Congelado +
(kg)
R$ 6,23
23/11/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 6,38

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
16-20/11/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 101,96
R$ 123,72

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies