jul 2019 / Formação / Noticias

Porto Alegre vai sediar curso HACCP para Fábrica de Ração

haccp fábricas de ração
Diamond V

Nos dias 15 e 16 de agosto, Porto Alegre (RS) vai sediar o curso de certificação HACCP para Fábricas de Ração. HACCP (Hazard Analysis and Critical Control Point – sigla em inglês) é a abordagem que tem como objetivo garantir a segurança sanitária dos produtos.

Voltado para profissionais que atuam na área de qualidade na elaboração de alimentos para animais, o curso tem como objetivo capacitar pessoal para estabelecer, implantar e manter atualizado um Sistema HACCP.

Com previsão de início às 8h e encerramento às 17h, o curso vai  abordar:

  • Histórico e legislação
  • Programas de Pré-Requisitos: Boas Práticas de Fabricação e Procedimentos Operacionais Padronizados
  • Princípios de APPCC
  • Equipe de APPCC
  • Descrição do produto e uso
  • Fluxograma de processo
  • Análise de perigos
  • Estabelecimento dos pontos críticos de controle e PPRO
  • Limites críticos
  • Monitoramento dos pontos críticos de controle
  • Ações corretivas
  • Procedimentos de verificação
  • Documentação e registros

O curso tem vagas limitadas, é organizado pela empresa  de consultoria Agroqualitá e acontece na NEO 360 New Corporate, à Rua Gutemberg, 151, em Porto Alegre (RS). As inscrições podem ser realizadas clicando aqui.

“As fábricas de premix e ração têm uma relevante importância para a produção animal no que tange aos custos de produção de carnes, além de contribuírem na saúde dos animais e e, em última instância, influenciam na saúde humana”, salienta Dione Carina Francisco, médica veterinária da Agroqualitá. “Devido a isso, o investimento em qualidade não pode ser ignorado, caso contrário, teremos prejuízos não só diretamente, considerando as operações que ocorrem nas fábricas, mas também indiretos, com reflexo em toda a cadeia de alimentos”, completa.

No caso da avicultura, por ser, na sua grande maioria, composta por integradores, as fábricas de rações adquirem uma importância ainda maior, pelo fato dos animais sempre consumirem as raçoes produzidas na mesma fábrica, ou seja, em caso de contaminação, como por Salmonella sp, rapidamente o plantel seria afetado, acarretando em importantes prejuízos econômicos. Em suma, a qualidade deve ser vista como uma parte importante do negócio, porque produzir sem qualidade, ou com qualidade inferior, significa não otimizar os recursos utilizados nas operações e refletirá em toda a cadeia de alimentos.

 

ATUALIDADE

Revista aviNews Brasil
Ed. Março 2020

Consultar outras edições

CADASTRO GRATUITO

Revista Digital

Boletins Semanais

Acesso aos PDFs