04 dez 2020

Influenza Aviária: 940 mil poedeiras e 117 mil perus são sacrificados na Polônia

Polônia Influenza Aviária


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Mais de 940 mil poedeiras e outros 117 mil perus foram sacrificados na Polônia devido à Influenza Aviária Altamente Patógena. Os focos foram notificados pela OIE (Organização Mundial da Saúde Animal) nos dias 25/11 e 3/11, respectivamente, sendo ambos os focos da cepa H5N8 do vírus.

No dia 23/11 começaram a ser detectadas mortes de galinhas poedeiras em uma granja comercial situada no condado de Wolsztyn, na província de Wielkopolska. Das 940.261 aves suscetíveis, 193.817 apresentaram a doença e 21.473 morreram em decorrência da Influenza Aviária, sendo que todo o restante lote teve que ser submetido ao abate sanitário.

Influenza Aviária Polônia

A segunda ocorrência foi notificada numa granja de perus de corte em em Mazowieckie , no distrito de Siedlce. O problema teve início em 1 de dezembro e foi confirmado a partir de exames laboratoriais no dia 2, com 18.278 aves infectadas e 1.703 vitimadas pela doença, de um lote de 117.108 perus.

De 31 de dezembro de 2019 a 1 de abril de 2020 foram detectados 35 casos de Influenza Aviária Altamente Patógena na Polônia. O último caso antes dos dois novos focos notificados pela OIE, ocorreu em 1º de abril de 2020 em uma fazenda comercial de perus.

Em 13 de agosto a Polônia havia recuperado seu status de livre de Influenza Aviária Altamente Patógena, de acordo com as recomendações da OIE. Como resultado dos recentes surtos, a Polônia perderá seu status de livre da Influenza Aviária.

No entanto, segundo o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), como a maioria dos mercados de exportação fora da União Europeia continuaram a manter proibições de importação ao polonês desde o início de 2020, os níveis atuais de exportação não devem ser impactados.

Segundo informe do USDA, embora a Polônia continue sendo o maior produtor de aves da União Europeia, a indústria avícola local vem enfrentando uma crise causada pelos surtos de COVID-19 e Influenza Aviária Altamente Patógena.

Quase metade da carne de frango polonesa é exportada, segundo o USDA, sendo que 88% das exportações são destinadas a outros mercados da União Europeia e os 12% restantes são enviados principalmente para a Ucrânia, Vietnã e Benin.

As exportações poloneses de carne e produtos avícolas em 2019 foram avaliadas em US $ 3,4 bilhões. Durante os primeiros oito meses de 2020, as exportações de carne de aves e produtos avícolas diminuíram 9% em relação ao mesmo período em 2019.

Fonte: OIE e USDA




MERCADO +

DataProdutoValor
19/03/2021 Congelado +
(kg)
R$ 6,44
19/03/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,45

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
08 - 12/03/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 127,32
R$ 149,89

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA

img13

Por Felipe Lino Kroetz Neto

View more


 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies