21 set 2017

Peru e Holanda ligam sistema de certificação eletrônica

Perú interconecta sistema de certificación electrónica con Holanda certificação eletrônica


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

O Ministério de Agricultura e Irrigação (MINAGRI) informou que o Serviço Nacional de Sanidade Agrária (SENASA) e seu similar da Holanda interconectaram seus sistemas de certificação eletrônica, reduzindo riscos de falsificação de documentos, tempos e custos. Com esta ligação será possível proteger o agro peruano e, nos próximos anos, multiplicar o comércio internacional para a Holanda.

Com a eliminação de barreiras administrativas, agroexportadores economizarão dinheiro, tempo e gastos com logística

Vale destacar que na Holanda chegam cargas agrícolas de produtos peruanos, que são enviados para outros destinos europeus; ou seja, a Holanda também acaba sendo um “re-exportador” de produtos peruanos. Dos US$600 milhões em agro-exportações de 2016, cerca de US$300 milhões foram re-exportados para outros países membros da União Europeia (UE).

Até então, a certificação eletrônica do SENASA era emitida em território peruano a partir de um documento impresso, que tinha que ser levado pelo exportador até o porto de chegada do país de destino, para então permitir a entrada da carga agrícola. No entanto, graças à adequação da plataforma tecnológica, com o clique de aprovação no sistema do SENASA Peru, o certificado será emitido, em segundos, no sistema da autoridade de segurança alimentar holandesa.

 

O ministro da Agricultura e Irrigação do Peru, José Manuel Hernández, explicou que esta mudança tecnológica vai representar uma economia de US$1 milhão ao ano, apenas no envio de certificados até a Holanda. Também significará uma economia de não menos de US$100 milhões no primeiro ano por cada lote enviado, tanto para operações de exportação como importação.

Além disso, o MINAGRI informa que serão reduzidos ao mínimo os custos de coordenação, transporte de valores (certificado fitossanitário em papel), assim como documentos adulterados, evitando custos por novas regulações ou recusa de cargas em beneficio do importador, exportador e agentes aduaneiros. Diminui o tempo já que agora não há intermediários e o processo é direto entre autoridades sanitárias.

O principal projeto traçado pela Associação Peruana de Avicultura(APA) para o futuro próximo, é exportar produtos avícolas peruanos. Com esse objetivo, está trabalhando na construção de um sistema sanitário de classe mundial, que permita ao Peru entrar em inúmos mercados internacionais. Sem dúvida, esta plataforma tecnológica poderia ser de grande valia já que a avicultura é considerada no Plano Pecuário 2017 – 2021, refletindo o compromisso das autoridades governamentais com o setor avícola- aviNews.

O ministro Hernández Calderón explicou que este processo tecnológico aprovado com a Holanda, “reduz as barreiras burocráticas e o Peru vai se inserindo no comércio internacional”, o que nos permitirá um dos objetivos do plano bicentenário do Peru em 2021, ser um país membro da Organização para a Cooperação e o Desemvolvimento Econômico (OCDE).

Ele acrescentou ainda que falta pouco para que os países da Aliança do Pacífico (Colômbia, Chile, México), com os quais realiza exportações e importações de produtos agrários através da Janela Única de Comércio Exterior – VUCE (legenda em espanhol), também integrem seus sistemas com o peruano. Do mesmo modo, a certificação eletrônica com mercados de países já abertos como EUA, Espanha e China.

Participaram do lançamento da plataforma tecnológica peruana, o ministro da Agricultura e Irrigação do Peru, José Manuel Hernández; o Chefe Nacional do SENASA, Jorge Barrenechea Cabrera, e o embaixador do Reino dos Países Baixos (Holanda), Wieber de Boer.




MERCADO +

DataProdutoValor
07/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,94
07/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,94

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies