22 fev 2018

Peru fiscaliza empresas exportadoras de carne de aves da Bolívia

Perú fiscaliza empresas exportadoras de carne aviar de Bolivia Peru


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Na semana passada, o SENASAG (Servicio Nacional de Sanidad Agropecuaria e Inocuidad Alimentaria), ligado ao Ministério de Desenvolvimento Rural e Terras (MDRYT) da Bolívia, comunicou que uma missão do Peru realizou inspeções em frigoríficos de carne de aves e bovina nos departamentos bolivianos de Santa Cruz e Cochabamba.

“Pela importância de continuar exportando carne de aves e bovina à república irmã do Peru, uma missão do país irmão chegou a Santa Cruz e Cochabamba para realizar inspeções em frigoríficos de ambos departamentos”, destacou a nota.

Nesse sentido, o SENASAG distrital Santa Cruz, ligado ao Ministério de Desenvolvimento Rural e Terras, informou que a mencionada missão peruana é enviada do SENASA (Servicio Nacional de Sanidad Agraria), organismo técnico oficial do Ministério de Agricultura do Peru.

Juan Carlos Huarachi, responsável do SENASAG distrital Santa Cruz pelos abatedouros, informou que o objetivo da mencionada delegação foi fazer uma inspeção para renovar as habilitações de frigoríficos de carne de frango e bovina, que atualmente estão exportando ao Peru.

Além disso, Juan Carlos Huarachi disse que cada país habilita as empresas de abate para exportar carne de aves e bovina por um determinado tempo, junto a seu serviço oficial. “Quando vence o prazo de habilitação, os países compradores de produtos cárneos voltam a realizar as inspeções para habilitar novamente as empresas, a partir de uma inspeção local ou documental, para que estas continuem exportando carne tanto de boi como de frango”.

Informou ainda que as inspeções do SENASA do Peru foram realizadas nos frigoríficos bovinos Frigor S.A e Fridosa, de Santa Cruz, e no matadouro avícola IMBA, de Cochabamba. O técnico do SENASAG distrital Santa Cruz, Juan Carlos Huarachi, também assegurou que os resultados da inspeção serão divulgados pelo organismo oficial do Peru ao da Bolívia em tempo pertinente.




MERCADO +

DataProdutoValor
22/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,99
22/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,15

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies