AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A Associação de Exportadores (Adex) do Peru informou que no período de janeiro a outubro de 2017, a exportação de perus, que compreende tanto as remessas de carne como de perus filhotes vivos alcançou US$4.065.000.

A área de Inteligência Comercial da Adex precisou que o resultado é 52% menor comparado ao mesmo período de 2016 (US$8.455.000), devido à menor demanda dos países da região.

Entre os países que reduziram seus pedidos estão Colômbia e Equador, que apesar de tudo ocupam os dois primeiros lugares do ranking. No caso de Colômbia (US$1.867.000) a contração foi de 61%, enquanto o Equador (US$1.804.000) apresentou um retrocesso de 30%. Ambos os mercados, Colômbia e Equador, representam, respectivamente, 46% e 44% do total exportado de carne de peru em suas diferentes formas. Outros mercados que compraram a ave produzido no Peru foram Panamá (US$153.479), Bolívia (US$128.268) e Cuba (US$112.048), enquanto deixou-se de exportar para a Venezuela e Estados Unidos.

Embora a queda em outubro tenha sido pronunciada, espera-se que as dados de novembro permitam amortizar um pouco os números anuais, já que se trata de um produto muito demandado em épocas natalinas.

Tanto a Colômbia, como Equador têm costumes muito parecidos aos do Peru e, por isso demandam carne de peru para estas datas e perus filhotes para criá-los e processá-los posteriormente. A visão anual ADEX apontou que há três anos (período anual) a exportação de carne de peru encerra no azul. Em 2014, o montante foi de US$8.003.000, em 2015, US$9.361.000, e em 2016 foi de US$10.290.000.

A vice-presidente do Comitê Agropecuário da Adex, Liz Soto, recomendou implementar uma estratégia de diversificação de mercados para a carne de peru.

Ela explicou que na redução das remessas ao Equador, influenciaram os menores despachos de perus filhotes, substituídos por produtos norte-americanos – Agencia Andina. Algumas das formas do produto exportado pelo Peru são perus filhote, que pesam menos de 185 gramas, filé de peito, filé de coxa, peru inteiro com miúdos, lombo de peito e pernas de peru, entre outros. Na publicação do MINAGRI, indica-se que as exportações de carne de peru peruana na atual campanha chegaram às 1,348 toneladas, 15,6% a menos que 2016. A empresa que mais exportou carne de peru foi a San Fernando, seguida da Redondos e Corporación de Granjas del Perú.




MERCADO +

DataProdutoValor
18/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,86
18/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,20

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies