07 ago 2018

Patricio Kurte: Visão sobre a indústria de ovos do Chile

Patricio Kurte: Mirada de la industria del huevo en Chile


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A indústria de ovos do Chile vem apresentando um crescimento sustentado através dos anos, tanto na produção de ovos, como no seu consumo. A razão? O ovo é um dos produtos proteicos preferidos pelos consumidores chilenos devido ao seu alto valor nutritivo, além do preço acessível. Da mesma forma, é endossado pelos altos padrões de qualidade e processos produtivos implementados pelos produtores do país através da Chilehuevos (Asociación Gremial de Productores de Huevos de Chile).

Nos últimos sete anos, a produção de ovos no Chile aumentou 24,7%, atendendo a demanda pelo produto. Além disso, no ano passado, foi registrado um consumo per capita de 209 ovos anuais, o mais alto consumo registrado pelo país, segundo a Chilehuevos.

A AviNews entrevistou Patricio Kurte, gerente geral da ChileHuevos, com o objetivo de divulgar o trabalho que a entidade vem realizando para promover esse aumento na produção e consumo de ovos.

Iniciamos a entrevista conhecendo a entidade que congrega os produtores de ovos chilenos, para logo conhecer os números e o mercado do setor de postura. Também abordamos temáticas atuais sobre essa indústria.

AviNews O que é a Chilehuevos? Quem ela representa e quais os objetivos desta importante instituição?
Patricio Kurte A Asociación Gremial de Productores de Huevos de Chile, Chilehuevos, nasceu no ano de 1978. Ela busca promover o desenvolvimento da produção de ovos no país. Ao mesmo tempo, mantém estreita relação com entidades afins, locais e internacionais, assim como com autoridades públicas e outros organismos vinculados com a produção e promoção do consumo do ovo.
Além disso, apoia a pesquisa científica associada ao ovo, no que diz respeito a alimentação humana, saúde animal e qualidade do produto.
Os associados da Chilehuevos representam atualmente 70% da produção de ovos do país, com instalações do extremo norte (região Arica-Parinacota) até o centro sul (região do Bío-Bío).

AN Quantas plantas incubadoras existem no Chile e quais as mais destacadas com relação a sua produção?
PK Os principais incubadores são a Avícola El Monte e a Avícola Andina, que fornecem pintainhas à maior parte dos produtores de ovos do Chile.
Também têm incubação para aprovisionamento próprio: Granja Avícola Arizona e Agrícola Tarapacá. Esta última também faz venda de pintainhas, em menor escala, a produtores de ovos da região norte.

AN Qual foi a produção de ovos no Chile em 2017 e quanto cresceu em relação ao ano anterior?
PK O ano passado, no Chile, foi produzido um volume total de 3.842 milhões de ovos. Isso representa um crescimento de 3,8% sobre o ano de 2016, quando a produção de ovos foi de 3.687 milhões de unidades.

AN Nesse ano de 2018, quantos ovos já foram produzidos?
PK De janeiro a março de 2018 foram produzidos 1.003 milhões de ovos, que é 6% a mais de foi produzido no meso período do ano anterior. Esse número significa que durante o primeiro trimestre do ano registrou-se uma produção histórica – Tabela.

Patricio Kurte: Mirada de la industria del huevo en Chile

AN Em sua opinião, qual a razão desse aumento da produção de ovos?
PK Os excelentes resultados são atribuídos ao aumento sustentado do consumo per capita local. À preferência do consumidor chileno por ser um produto natural com excelentes atributos culinários e para a saúde das pessoas nas diferentes fases da vida.

AN Como tem variado o consumo nos últimos 7 anos (2010 -2017)?
PK O consumo per capita de ovos no Chile alcançou, no ano de 2017, as 209 unidades, enquanto no ano de 2010 esse consumo foi de 179 unidades.

AN Do seu ponto de vista, por que aumentou o consumo de ovos?
PK Os consumidores estão cada vez máai preocupados em fazer mudanças em sua dieta como, por exemplo, reduzir o consumo de gorduras ou carboidratos e substituí-los por proteínas. Nos estudos desenvolvidos, o ovo aparece muito bem avaliado já que a maioria das pessoas o vê como um alimento rico, nutritivo e, além disso, com um preço acessível. Aí, acredito, estão as razões que explicam o maior consumo.

AN Quais foram as estratégias de promoção do consumo do ovo?
PK Há vários anos a Chilehuevos desenvolve, graças ao apoio de seus associados, uma ampla campanha de promoção do consumo de ovos. Ela contemplou nos últimos anos publicidade em televisão, rádio e meios digitais. Além disso, participamos ativamente de congressos médicos, comunicando os benefícios à saúde, associados ao consumo de ovos.

AN O que significou para a Chilehuevos obter o prêmio “Huevo de Oro”, reconhecimento outorgado por seus pares – Asociación Latinoamericana de Avicultura (ALA)?
PK Desde 2013 a Chilehuevos vem participando do Prêmio Huevo de Oro com sua campanha de promoção do consumo de ovos. Tanto nesse ano, como em 2015 e 2017, ganhamos o prêmio. A categoria de melhor campanha integral foi conquistada em 2013. Nessa edição e nas seguintes vencemos, também, como melhor campanha em televisão, melhor campanha em rádio, melhor campanha em meios não tradicionais e melhor campanha no setor saúde. A Chilehuevos concorre ao prêmio para ter uma avaliação de sua campanha por uma terceira parte. Além disso, lhe interessa conhecer e compartilhar sua experiência com as distintas associações da região, na promoção do consumo de ovos.

Em 2017, durante o XXV Congresso Latino-americano de Avicultura, o setor de postura chileno foi agraciado com o prêmio Huevo de Oro. Essa é a terceira vez consecutiva em que a Chilehuevos é reconhecida pela Asociación Latinoamericana de Avicultura por sua campanha de promoção do consumo de ovos.

AN Com relação aos preços, como tem sido o comportamento dos preços médios anuais – de 2010 – 2017 (varejistas e atacadistas)?
PK O preço teve um crescimento real de cerca de 22% real de 2010 a 2017, tanto na rede atacadista como na varejista.

AN Que variáveis afetam os custos de produção de ovos?
PK O principal custo de produção corresponde à alimentação das aves. O alimento é composto principalmente de milho e soja. O Chile se autoabastece em aproximadamente 50% de milho, sendo que o restante é importado. A soja é importada em 100%.

AN Com relação ao ovo pasteurizado, que percentual da produção de ovos é destinada a esse mercado?
PK Aproximadamente 10% da produção de ovos é destinada à indústria processadora de alimentos.

AN – Nos últimos tempos, uma temática que toma conta dos debates é a produção de galinhas livres de gaiola. Qual sua opinião sobre esse tipo de produção?
PK Hoje, no Chile, igual a muitos países da América do Sul, o ovo de galinha livre de gaiola é um produto de nicho, por seu alto custo de produção comparado ao do ovo tradicional. Seu futuro dependerá das preferências e do poder aquisitivo dos consumidores.

AN Aproximadamente, que percentual da produção de ovos no Chile é livre de gaiolas?
PK Em nosso país, igual ao resto do mundo, existem distintos sistemas produtivos de ovos, cuja magnitude depende das decisões dos consumidores.

O sistema chamado “galinhas livres de gaiola”, representa um pequeno nicho do mercado (menor que 1%), que é demandado por clientes que estão dispostos a pagar um valor maior por um produto que tem características equivalentes do ponto de vista da qualidade e valor nutricional.

AN Quais seriam as diferenças fundamentais entre ambos os sistemas produtivos, além do espaço físico?
PK Os métodos produtivos atuais dos associados à Chilehuevos, tanto em sistemas tradicionais como livres de gaiolas, são sustentáveis e estão alinhados com a política nacional de produção limpa. Cumprem com os mais altos padrões de qualidade e todas as regulações vigentes. O que virá a ocorrer no futuro em relação à produção de ovos de galinhas livres de gaiolas, dependerá das preferências e poder aquisitivo dos consumidores. A isso se soma o fato de que as características físico-químicas e o valor nutricional dos ovos produzidos, tanto pelos sistemas tradicionais, como pelos alternativos, são essencialmente os mesmos.

AN Como você vê esse tipo de produção no Chile e América Latina?
PK Em todos os países da região se trata de um produto de nicho.

AN Com relação ao mercados, o Chile está exportando ovos?
PK No Chile não há exportação de ovos, portanto, sua produção está destinada apenas ao consumo interno.

AN Quanto ao alojamento, quantas galinhas de postura existem produzindo no Chile e qual foi sua variação anual?
PK Não temos informação anual do número de poedeiras em produção, porém, justamente no início deste ano fizemos uma estimativa bastante precisa. O número de poedeiras em produção, segundo essa estimativa, no final de 2017, chegou a 14.861.743.

AN Referente a mão de obra, quantos empregos diretos e indiretos são oferecidos pelo setor de postura do Chile?
PK Aqui tampouco temos cifras atualizadas, porém, a última estimativa é de que o emprego total do setor, sem considerar o efeito do comércio e pequenos produtores, é de 7.000 pessoas.

AN Como está distribuída a produção nacional?
PK A produção nacional de ovos no Chile está distribuída por regiões: a Metropolitana (Santiago) concentra 47% da produção total do país, seguida por Valparaíso (12%); Biobío (11%); Maule (10%); Coquimbo (9%); O’Higgins (5%); Arica e Parinacota (3%); Antofagasta (1,0%); e outras regiões (2,0%) -Figura.

Patricio Kurte: Mirada de la industria del huevo en Chile

AN  Para o sector de postura chileno, em quanto aumentou a venda anual valorizada a preço de produtor no ano passado?
PK O ano passado, a venda anual alcançou US$ 600.000.000.

AN Com relação à situação sanitária, o que poderia nos falar e como o Chile é visto em nível internacional?
PK O Chile conta com um patrimônio fitossanitário reconhecido internacionalmente. O setor avícola nacional está livre da Influenza Aviária e outras doenças que podem afetar as aves.

AN O que significa o acordo de produção limpa?
PK É uma estratégia de gestão produtiva que permite conquistar benefícios econômicos e, ao mesmo tempo, melhorar o desempenho em temas de saúde, segurança e meio ambiente. É uma ferramenta ao alcance de toda a empresa, produtiva ou de serviços, independente de seu tamanho.

AN O que espera a incorporação da Chilehuevos a esse acordo e quais foram as iniciativas adotadas para cumprir esse compromisso?
PK Os produtores de ovos do Chile, associados da Chilehuevos, esperam alcançar altos níveis de qualidade em seus produtos e processos, elaborando produtos sãos e nutritivos com práticas produtivas eficientes e que guardam uma relação de harmonia com o meio ambiente e a comunidade. O setor adere a políticas de produção limpa como uma ferramenta fundamental para alcançar esses objetivos.

A iniciativa de produção limpa compreende um compromisso das empresas do setor para implementar boas práticas agropecuárias que permitam abordar temas como o manejo do esterco das aves de postura, gestão de olores e vetores, condições sanitárias das instalações onde se envasam os ovos e biosseguridade dos planteis.

AN Que perspectivas têm os produtores chilenos de ovos para os anos vindouros?
PK Esperamos que consumo per capita de ovos continue aumentando de forma significativa no país. Apesar de no ano passado termos alcançado um consumo recorde de 209 unidades por pessoa, o consumo chileno ainda está distante do que é registrado em outros países da região, como Argentina e Colômbia, nos quais se supera as 260 unidades.

 

 

Empresas que integran Chilehuevos: Agrícola Tarapacá S.A.; Emilio Silva, Hijos S.A.; Kutulas Razmilic y Cía. Ltda.; Sociedad Agrícola Avícola Santa Carmen Ltda.; Avícola Andina SpA; Avícola González Hermanos Ltda; Avícola Los Gallineros S.A.; Daniel Aris Lucero (Avícola El Pedregal); Granja Agrícola Avícola Arizona Ltda; Granja Agrícola Avícola El Yugo SpA; Granja Agrícola Avícola Horizonte Ltda; Jaime Sepúlveda Rodríguez (Avícola Mónica); Sociedad Agrícola Avícola Los Queltehues Ltda.; Sociedad Agrícola Avícola San Sebastián Ltda.; Agrícola Héctor Gárate y Cía. Ltda.; Agrícola Omega Tres Ltda.; Agrícola Santa Marta de Liray S.A.; Agricovial S.A.; Avícola El Monte S.A.; Avícola Real S.A.; Avícola y Avícola Schuhmacher SpA; Avícola y Comercial El Toco Ltda.; Carlos Diethelm Ulbrich (Granja San Carlos); Chorombo S.A.; Comercial y Productora Covalvi Ltda.; Gloria Correa Opazo; José Celsi Ltda. (Frutagro); La Granja S.A.; Sociedad Agrícola Los Tilos Ltda.; Sociedad Agrícola y Avícola Felmer Ltda.;Agrícola Cholguahue; Agrícola Sepúlveda Palou; Felipe Reyes Corvalán (Avícola Coliumo); Fuenzalida Moure y Cía. Ltda.; (Avícola Las Rastras); y Soc. Agríc. Avíc. y Gan. Fundo Chequén Ltda.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies