15 fev 2018

Paraguai aumenta exportações de frango e mira mercado árabe

Paraguay aumenta exportaciones de pollo y apunta al mercado árabe Paraguai


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

O Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Animal (Senacsa) do Paraguai divulgou nota indicando que o setor avícola iniciou o ano com grande dinamismo e apresentou surpreendente crescimento de 498% em volume de exportações de carne de frango. No primeiro mês do ano, foram embarcadas 306,8 toneladas de produtos avícolas (carne de frango e miúdos); enquanto que em janeiro de 2017 o volume foi de 51,6 toneladas.

Durante o ano de 2017, o setor avícola paraguaio obteve seus frutos no comércio exterior, alcançando crescimento de 83,9% no volume exportado de carne de frango e de 126% nas receitas obtidas com a venda do produto.

Segundo informe do serviço veterinário oficial, o setor teve quatro mercados ativos em janeiro, liderado por Rússia, com uma participação de 52%; seguido do Vietnã, com 25%; Angola, com 16%, e Haití com 7%.

Paraguay aumenta exportaciones de pollo y apunta al mercado árabe

Receitas
A recita com as exportações de produtos agrícolas aumentou 240% no primeiro mês do ano e alcançou US$298.334. Em janeiro de 2017, o montante gerado foi de US$87.720.

O preço médio de exportação caiu 43% e ficou em US$972 a tonelada. Esta redução se explica, principalmente, porque no primeiro mês do ano passado se havia exportado apenas carne de aves, que é um produto de maior valor. Em janeiro de 2018, além da carne de aves, também se exportou miúdos, produto que tem um preço menor, explicaram representantes do setor avícola. – Medio La Nación.

Abrindo novos mercados
O ministro da Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite, assinou dois acordos com autoridades do Qatar. O primeiro para a promoção e proteção recíproca de investimentos e o segundo convênio para evitar a dupla tributação e prevenir a evasão fiscal.

O secretário de Estado paraguaio ressaltou as vantagens que o Paraguai possui para atrair poderosas economias que se encontram no mundo árabe após um processo de melhoramento dos índices de desenvolvimento e crescimento. Medio – La Nación.

“Continuamos trabalhando para que o Paraguai, país mais sério, mais rentável, e o que mais cresceu na região nos últimos cinco anos, seja um imã para os investimentos de todos os países do mundo. O Qatar é o país mais rico do mundo, tem um fundo soberano de investimento muito importante que investe em todos os países do mundo e os convidamos para que também venham ao Paraguay”, explicou o titular da Pasta.

A missão comercial encabeçada pelo titular do Ministério da Indústria e Comércio, Gustavo Leite, também prevê encontros e mesas de diálogo com líderes do setor privado empresarial e comercial sobre diversos itens sobre os quais o Paraguai tem muito a oferecer.

Na semana passada, o secretário de Estado manteve uma reunião com autoridades de Omã e com representantes do Fundo de Investimentos do país árabe, que se mostraram interessados na importação de alimentos, como carne de frango.

“Eles compram o frango do Brasil, nós podemos vender uma parte desse frango, trazer até Omã, desos­sar, condimentar para os diferentes mercados. Temos que ser ágeis, o mundo está se movendo e nós exportando somente soja e milho não vamos chegar a nosso destino de grandeza”, disse o ministro da Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite.




MERCADO +

DataProdutoValor
22/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,99
22/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,15

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies