01 set 2017

Panamá quer importar produtos cárneos a base de aves do Peru

Panamá importaría productos cárnicos de ave peruanos


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Um comunicado do Serviço Nacional de Sanidade Agrária (SENASA), ligado ao Ministério da Agricultura e Risco (MINAGRI) do Peru, informou que a Autoridade Panamenha de Segurança de Alimentos (AUPSA) realizou uma inspeção oficial em frigoríficos peruanos. O objetivo do Panamá é importar produtos cárneos do Peru.

Como na semana passada, representantes da Autoridade de Segurança de Alimentos (AUPSA) do Panamá e do Serviço Nacional de Sanidade Agrária (SENASA) do Peru, inspecionaram granjas de aves, frigoríficos de aves e unidades processadoras de carne de ave de duas empresas em Lima e Ica para que possam exportar.

A delegação da AUPSA do Panamá inspecionou as instalações de duas empresas avícolas peruanas com o objetivo de avaliar a possibilidade de importar carne de ave peruana.

Funcionários da Diretoria Executiva do SENASA de Lima, Callao e Ica acompanharam a delegação panamenha da AUPSA na visita realizada às plantas da San Fernando S.A. e Redondos S.A, inspecionando ambas. Da mesma forma, foi feito o reconhecimento da condição sanitária dos centros de processamento primário.

Os delegados da Autoridade de Seguridade de Alimentos (AUPSA) do Panamá visitaram os centros de processamento primário e realizaram inspeções nas plantas da San Fernando S.A. e Redondos S.A.

Além disso, o grupo de trabalho panamenho integrado pela Lic. Adriana Spence, Dr. Roberto Serrano e Dr. Arcelio Acevedo, se reuniu com representantes peruanos das áreas de controle e erradicação de enfermidades, análise de risco e vigilância epidemiológica, do Centro Diagnóstico de Saúde Animal, Inocuidade Agroalimentar e Quarentena Animal, para conhecer a situação sanitária do Peru.

Na oportunidade, a comissão panamenha se reuniu com servidores peruanos para averiguar a situação sanitária aviária do país. Peru está protegendo seu status sanitário contra Influenza Aviária e Newcastle – aviNews.

O comunicado finaliza indicando que as autoridades sanitárias de ambos os países informarão sobre os acordos e conclusões abordados em sua visita aos estabelecimentos avícolas.




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies