05 set 2019

Assembleia Legislativa gaúcha aprova ovo na merenda escolar

ovo merenda escolar


Diamond V

Na tarde do último dia 3/9, os deputados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (RS) aprovaram, por unanimidade, o Projeto de Lei 264/13, que inclui o ovo in natura desidratado e seus derivados no cardápio da merenda escolar da rede pública estadual de ensino. De autoria do do deputado Ernani Polo, o estava na fila para votação desde 2013.

ovos merenda escolar

A inclusão do ovo na merenda escolar vai ao encontro com outro projeto, votado na ALRS no ano passado, que trata da restrição de alimentos industrializados nas cantinas das escolas estaduais.

O Rio Grande do Sul é o 5º estado maior produtor de ovos do Brasil, chegando a 3 bilhões de unidades produzidas ao ano. O consumo per capita no RS é de 253 ovos por habitante ano, acima da média nacional que está em 212 ovos por habitante ano.

A avicultura do estado do Rio Grande do Sul congrega cerca de 40 granjas de produtores de ovos de médio e grande porte e aproximadamente 250 mini e pequenos produtores. A Asgav (Associação Gaúcha de Avicultura) vê como uma excelente e saudável iniciativa a inclusão do Ovo na Merenda Escolar.

“Uma alimentação saudável é essencial para as pessoas, pois um alimento  nutritivo como o ovo  tem muitas propriedades funcionais que auxiliam no desempenho escolar,  suprindo os estudantes com vitaminas e energia”, comentou Eduardo Santos, Diretor Executivo da Asgav/Sipargs.

A Asgav representa a avicultura do RS e coordena o Programa Ovos RS, que trabalha constantemente a capacitação técnica e a qualidade dos estabelecimentos que participam do Programa, além de desenvolver atividades de promoção e incentivo do consumo de ovos.

No que diz respeito a minerais, o ovo tem ferro, zinco, fósforo, potássio, manganês e selênio. Com essas propriedade, ajuda a combater a anemia, dá energia para o corpo, ajuda na contração muscular, auxilia na absorção de cálcio e ainda fortalece o sistema imunológico. Justamente por essas razões, o alimento é muito presente na dieta de atletas.

Por muito tempo a crença de que o ovo aumenta o colesterol foi grande, mas a verdade é que ele reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) e eleva os do colesterol bom (HDL). Outro benefício é que ele não tem glúten e por isso pode fazer parte da dieta de celíacos. De uma forma geral, o alimento além de muito nutritivo é ideal tanto para crianças quanto para adolescentes, adultos e idosos.



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies