05 dez 2019

MPF denuncia irregularidades na fabricação de rações e Premix da BRF

Operación Farsa BRF Brasil


Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

O MPF (Ministério Público Federal) no Paraná (PR) ofereceu, nesta quarta-feira (4/12), denúncia contra 11 funcionários da empresa BRF, no âmbito da Operação Trapaça. A acusação aponta irregularidades cometidas na fabricação de rações e do composto Premix (complemento adicionado às rações) da empresa, no mínimo, entre os anos de 2014 e 2018.

De acordo com as investigações, “há provas robustas” de que os funcionários empregavam substâncias proibidas pela legislação brasileira na fabricação do composto Premix, ou utilizavam substâncias permitidas, mas em dosagem diversa do que a declarada às autoridades e constante dos rótulos dos produtos.

A denúncia aponta ainda que as rações e o Premix eram distribuídos aos integrados da empresa, responsáveis pela criação e engorda de aves e suínos, os quais, fechando o ciclo produtivo, são abatidos pela BRF e processados para destinação aos mercados interno e externo.

Em comunicado distribuído ao Mercado na noite desta quarta-feira (4/12), a BRF informa que está se inteirando sobre os detalhes da denúncia.

“Nenhum membro da administração, diretor ou executivo em posição de gestão atual na Companhia foi denunciado”, informa a nota. “Dentre os onze, dez não trabalham mais na Companhia, sendo que o único colaborador que ainda permanece foi preventivamente afastado”, completa.

“A Companhia reforça o seu compromisso em continuar aprimorando os seus processos para garantir os mais elevados padrões de integridade, qualidade e segurança, colaborando com as autoridades para o esclarecimento de todos os fatos”, conclui.

brf operação trapaça

Os envolvidos foram denunciados pelos crimes de estelionato qualificado, falsidade ideológica, invólucro ou recipiente com falsa indicação, falsificação de substância ou produto alimentício, falsificação de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e associação criminosa.

Com informações retiradas do site do Ministério Público Federal do Estado do Paraná (PR) e de Comunicado Oficial distribuído ao Mercado pelo departamento de relações com investidores da BRF. A íntegra dos autos pode ser acessada a partir do site do MPF PR

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies