21 ago 2020

Produzir com precisão deve ser o foco da avicultura no novo normal

novo normal


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Produzir com precisão, o mais próximo possível do tempo real, sabendo interpretar corretamente os números e atentando para as tendências de consumo devem estar no foco da indústria avícola no novo normal.

A mensagem foi transmitida pelo diretor global de contas estratégicas da Cargill, Dr. Antônio Mário Penz Jr., na palestra magna do X Fórum Virtual Asgav & Sipargs, realizado na manhã desta sexta-feira (21/8). O evento, que reuniu autoridades como os presidentes Executivo e do Conselho Consultivo da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), Ricardo Santin e Francisco Turra, além de representantes do Mapa (Ministério da Agricultura e Agropecuária), do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, do Senado Federal e da Assembleia Legislativa Gaúcha, marcou os 55 anos de fundação da ASGAV (Associação Gaúcha de Avicultura).

novo normal

Penz apresentou alguns aspectos atuais da avicultura brasileira que devem ser valorizados como a sustentabilidade da produção avícola de larga escala, o adiantamento do Brasil nas discussões acerca do conceito de Saúde Única e o status sanitário diferenciado do país. Em relação a esses aspectos positivos, ele destacou a necessidade de o setor levar essas informações ao conhecimento da sociedade urbana.

Já em relação ao novo normal, o diretor global da Cargill destacou a necessidade de o setor estar atento às novas características do consumidor, como diferentes segmentos distribuídos entre os que têm fome, os que buscam marcas e os que buscam preços. Destacou ainda o aumento da tendência de consumo de alimentos em casa, assim como as entregas online, entre outros.

Sobre as tecnologias, Penz destacou como um dos pontos principais, a aproximação com o produtor e todos os indivíduos envolvidos na produção, investimento em instalações para poder responder às exigências de bem-estar animal e sustentabilidade,  refinamento na análise de dados e produção em tempo real.

“Criamos vários mecanismos para fazer gráficos, números maravilhosos, mas eles todos representam médias”, destacou Penz. “A variabilidade é muto grande e o princípio da evolução, do crescimento é estudar as variáveis para diminuí-las de tal forma que se aproximem da média”, completou.

novo normal

O executivo também destacou a necessidade de separar as granjas de acordo com resultados entre bons, médios e ruins. “Usando os algoritmos e modelos matemáticos, consigo separar as granjas desta maneira para poder buscar maneiras de fazer melhorar o resultado das que estão ruins, senão não conseguimos melhorar o ganho geral”, completou.

Segundo Mário Penz, quem conseguir produzir em uma realidade que mais se aproxime do tempo real estará na frente no mercado pela possibilidade de correção imediata de problemas relacionados à variabilidade.

Durante o evento, foram homenageados os ex-presidentes da Asgav, Nestor Freiberger, que passou a presidente do Conselho Diretivo da entidade, e o ex-presidente da ABPA, Francisco Turra, que hoje é presidente do Conselho Consultivo da entidade. Ambos dão lugar a presidentes executivos que não são empresários e, por isso, têm condições de se dedicar exclusivamente às entidades, José Eduardo dos Santos, na Asgav, e Ricardo Santin, na ABPA.




MERCADO +

DataProdutoValor
28/10/2021 Congelado +
(kg)
R$ 6,07
28/10/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,07

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
19 - 23/10/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 95,94
R$ 115,15

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies