AUTOR(ES)

Winfried Bakker

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A incidência de microtrincas em ovos pode variar de 0,5 a 10%. Essas microtrincas são importantes porque podem causar diminuição da taxa de nascimentos, contaminações, má qualidade dos pintos e maior mortalidade nos primeiros 14 dias.

  • Uma incidência de 0,5% de microtrincas é relativamente normal até as 50 semanas de vida.
  • Depois, são aumentadas gradativamente até atingir 0,75% nas últimas 15 semanas de vida.

alteraciones cáscara huevoFigura 1. Incidência esperada de microfraturas em ovos férteis

A Tabela 1 resume as taxas de nascimento e de qualidade dos pintos que podem ser esperadas a partir de ovos intactos, comparados com ovos com microtrincas. Existem seis principais áreas que precisam de atenção, como se pode observar na Tabela 1:

alteraciones cáscara huevo

Tabela 1. Taxas de nascimento e de qualidade dos pintos a partir de ovos intactos, comparados com ovos com microtrincas

 

FATORES INERENTES ÀS GALINHAS

As galinhas bicam os ovos

CAUSA

Frequente em galpões com piso de grade ou quando a postura ocorre no chão, esse problema se acentua com condicionamento insuficiente durante a maturação; em galpões mal configurados; com piso de grade de plástico mal estruturado ou quando os ninhos não atraem as galinhas

RECOMENDAÇÃO

Garantir a correta quantidade e distribuição de ninhos; evitar a postura no piso e garantir que os ninhos sejam confortáveis

Algumas galinhas podem botar ovos fora do ninho.

CAUSA

Desenvolvimento e preparação insuficientes antes de receber a fotoestimulação.

RECOMENDAÇÃO

Garantir condição e desenvolvimento suficientes, especialmente desde as 16 semanas até a fotoestimulação

PROBLEMAS DE MANUSEIO DOS FUNCIONÁRIOS

huevos fértilesPode ter muitos ovos acumulados nos ninhos sobre a esteira de coleta ou sobre as mesas de coleta. Aumentar a frequência das coletas

Nos ninhos mecânicos podem existir esteiras de transporte que se movem rapidamente, o que pode provocar a quebra dos ovos. Estar o maior tempo possível no galpão para detectar esses problemas e supervisionar os funcionários

Não permitir que sejam acumulados mais de três ovos no ninho, nem que muitas galinhas utilizem ao mesmo tempo o mesmo ninho, o que pode ocasionar ninhos insuficientes ou condições heterogêneas dentro do galpão Garantir a quantidade suficiente de ninhos e que as galinhas utilizem ambos os níveis de ninhos, garantindo uma altura correta e que não tenha ninhos fechados

PROBLEMAS MECÂNICOS

Os rolamentos nos ninhos podem estar muito desgastados. Trocar os rolamentos

As minicortinas dos ninhos comunitários podem precisar de manutenção.

Trocar ou reposicionar as minicortinas conforme necessário

O rolamento dos ovos nas esteiras pode ter dificuldade.

Verificar se o rolamento está instalado corretamente, se as esteiras de coleta não estão deformadas, e se os grampos mantêm a esteira em seu lugar

Quando a esteira de transporte não é suficientemente larga, pode não suportar uma grande quantidade de ovos.

Aumentar a frequência da coleta de ovos Se a velocidade da esteira de coleta é muito alta, os ovos podem se quebrar ao chegar à mesa de coleta.

Ajustar a velocidade de transporte dos ovos e evitar o acúmulo de ovos na mesa de coleta

Problemas de ajuste na tensão da esteira de transporte. Tensionar a esteira corretamente para que os ovos fiquem bem distribuídos sobre a esteira Nos sistemas com esteiras duplas, no centro entre as duas filas de ninhos não deve ter excesso de espaço (Figura 2)

sistema de coleta

Figura 2. Exemplos de sistemas de coleta automática.

Duas esteiras paralelas que se observam na fotografia a; ou apenas uma esteira central de plástico na fotografia b. A largura da esteira de plástico é normalmente de 50 cm; ou 2 x 25 cm nas esteiras duplas de fibra.

 

incubación de huevos

Frequência insuficiente de coleta. Aumentar a frequência de coleta para evitar a existência de muitos ovos no sistema e o choque entre eles

Excesso de microtrincas ocorridas nos sistemas que tenham somente uma esteira de transporte no centro compartilhada por ninhos em ambos os lados. Nos sistemas mal ajustados, os ovos podem rolar até o centro, chocando-se uns com os outros ou ficar presos no espaço entre as duas esteiras. Os ninhos devem ter uma configuração correta, e as esteiras devem estar separadas adequadamente

Diferenças entre esteiras de transporte de fibra e esteiras de plástico. As esteiras podem se desajustar, levando os ovos a ficarem presos em alguns pontos, a se sujarem e quebrarem Isso é menos frequente em esteiras largas e de plástico do que nas esteiras de fibra

Problemas durante o transporte O manuseio brusco durante a embalagem e o transporte de ovos é causa comum de microtrincas Supervisionar os funcionários para evitar manuseios bruscos e conscientizar os motoristas sobre a fragilidade dos ovos

Carrinhos de ovos em mau estado Verificar a integridade das rodas dos carrinhos de ovos e substituí-las quando necessário

alimentación animal

 

 

PROBLEMAS NUTRICIONAIS

Diversos problemas nutricionais podem afetar a qualidade da casca dos ovos. A análise frequente da gravidade específica permite estabelecer padrões de referência em cada empresa. O Gráfico 1 mostra os padrões esperados para os ovos férteis de reprodutoras Cobb 500 em distintas idades.

Os valores no Gráfico 1 são somente de referência, e não uma garantia de que todos os lotes dessa linhagem genética terão o mesmo comportamento

No Gráfico 1, os números representam a média de 100 ovos em cada amostra, com valores esperados acima e abaixo da média. Valores iguais ou superiores a 1.080 indicam que a qualidade da casca é ideal. Recomenda-se sempre obter uma amostra pelo menos de 100 ovos em cada amostra. As melhores condições para realizar esse teste são na incubadora. O procedimento pode ser simplificado utilizando somente uma solução de sal que detecte uma gravidade específica de 1.080

reproductoras

Gráfico 1. Valores esperados de gravidade média específica em ovos Cobb 500 em distintas idades.

Quando há uma porcentagem de ovos com uma gravidade específica inferior ao padrão da idade correspondente será necessário preparar várias soluções de sal para determinar as gravidades específicas (o procedimento para medir a gravidade específica será apresentado em outro texto).

aditivos

Quando a qualidade da casca se deteriora significativamente, é difícil corrigir completamente. É importante prevenir quedas drásticas da gravidade específica através de constantes medições, garantindo a disponibilidade de cálcio e sua correta granulometria, os níveis adequados de fósforo disponíveis e seu equilíbrio, e os níveis recomendados de vitamina D3.

As partículas de calcário grosso são importantes para utilizar à tarde e à noite, momento em que é formada a casca. São recomendadas partículas de 2-3 mm de diâmetro, que permanecerão nas aves pelo menos 24 horas. Em dias frios ou durante o inverno as galinhas podem ser alimentadas 7-8 horas depois do início do período de iluminação, para permitir que o cálcio seja utilizado na formação da casca do ovo durante a tarde.

formación de la cáscara

Figura 3. Processo de formação da casca

RECOMENDAÇÕES PARA A AQUISIÇÃO DA PEDRA CALCÁRIA

  • Adquirir um volume suficiente que justifique o custo dos testes de laboratório.
  • Utilizar o produto de fornecedores que garantam os níveis e solubilidade do cálcio e fazer testes de laboratório 1-2 vezes ao ano.
  • Comprar diretamente do produtor original e evitar os intermediários.
  • Se as microtrincas são um problema constante, será melhor utilizar o carbonato de cálcio em vez da pedra calcária.

 

Às vezes existem problemas com a biodisponibilidade de cálcio. A pedra calcária pode variar em dureza e solubilidade. Algumas empresas não realizam os testes de laboratório como deveriam. A pedra calcária dolomítica pode conter elevados níveis de magnésio (>10%), que compete com o cálcio por pontos de absorção no intestino, além de poder funcionar como laxante. Por esses motivos, a pedra calcária dolomítica deve ser evitada na alimentação das reprodutoras

A variação dos níveis de cálcio, fósforo e vitamina D3, pode causar cascas frágeis. Os níveis baixos ou variáveis de cálcio devido a problemas de misturas também causam microtrincas. As partículas de cálcio muito finas ou uma elevada proporção de cálcio fino na alimentação também podem favorecer o aparecimento de microtrincas.

Esse problema é bastante frequente na alimentação com pellets ou com migalhas derivadas de pellets, pois é mais difícil adicionar cálcio em partículas grossas com o alimento comprimido.

Nesses casos deve ser fornecida alguma fonte de cálcio separadamente. Os compostos químicos como as micotoxinas e a contaminação acidental do alimento com nicarbazina (na concentração maior que 3-5 ppm) podem afetar a cor da casca. O uso prolongado de elevadas doses de clortetraciclina na alimentação (>400 ppm) pode deteriorar a qualidade da casca.

PROBLEMAS AMBIENTAIS & DE VENTILAÇÃO

O estresse causado pelo calor e/ou os problemas de ventilação que resultam em elevadas temperaturas podem causar hiperventilação nas galinhas, alcalose respiratória e uma qualidade da casca deficiente.

DESAFIOS PARA A SAÚDE

A bronquite infecciosa, a doença de Newcastle, a influenza aviária e outras doenças afetam o oviduto e, em consequência, a qualidade da casca. Os ovos de boa qualidade a ser incubados devem apresentar uma cor saudável e uma aparência brilhante, o que reflete o bom estado de saúde e alimentar.

Em síntese, as microtrincas nas cascas podem ser ocasionadas por diversas causas, dentre as mais importantes se destacam alguns fatores inerentes às galinhas, problemas de manuseio dos funcionários, problemas mecânicos e nutricionais, deficiências na qualidade do meio ambiente e da ventilação, e desafios para a saúde. Embora essas causas não sejam as únicas existentes, elas representam alguns fatores de risco que aumentam a frequência de microtrincas nos ovos.

incubación




MERCADO +

DataProdutoValor
23/11/2020 Congelado +
(kg)
R$ 6,23
23/11/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 6,38

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
16-20/11/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 101,96
R$ 123,72

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies