06 abr 2018

México deverá exportar carne de frango à Venezuela

México exportaría carne de pollo a Venezuela


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A industria avícola de Tehuacán (Puebla), no México, deverá exportar carne de frango para a Venezuela, sendo que as vendas deverão ser realizadas através de um intermediário. Para isso, ainda necessita obter uma licença de saúde para dar continuidade ao processo, segundo o presidente da Associação de Avicultores de Tehuacán, Jorge García de la Cadena.

Conforme divulgado, esse avanço é fruto da busca por novos mercados para a comercialização dos produtos cárneos produzidas na região de Puebla, no México. A qualidade dessa produção da região é reconhecida por certificações do setor nacional de saúde e por atender padrões internacionais. – Municipios Puebla.

No entanto, ainda existem trâmites pendentes que devem ser considerados, como obter algumas permissões sanitárias necessárias para realizar a comercialização da carne de frango na Venezuela. Isso devido aos alertas ocorridos em datas recentes sobre a Influenza Aviária H1N3, que ameaçou propagar-se, porém foi controlada oportunamente.

De acordo com a publicação do veículo de comunicação mexicano, os embarques de carne de frango partirão do Porto de Veracruz. Deste processo, a gestão se encontra realizada em 50%, o que representa que no início serão enviadas aproximadamente duas mil caixas por dia, número que para os volumes nacionais é mínimo, equivalendo a aproximadamente 15 mil frango nesse embarque.

Devido à situação econômica na qual se encontra a Venezuela, o pagamento será feito a empresas nacionais a partir de um intermediário, que pagará o produto em dinheiro e se encarregará de colocá-lo no mercado venezuelano.

Desta maneira abre-se caminhos para introduzir a produção nacional em outros países, segundo o presidente da Associação de Avicultores de Tehuacán (Puebla), no México.

Com relação às medidas relacionadas ao foco de Influenza Aviária H1N3, ocorrido recentemente e que gerou um alerta nacional, Jorge García de la Cadena destacou que foram detecções em aves domésticas, que não se propagou. Sendo assim, não houve necessidade de especulação ou alta de preços da carne de frango e ovos.




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies