14 mar 2017

México: EUA enfraquece relação com maior importador de carne de aves

México principal importador de carne de ave a nivel mundial


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Aparentemente, as importações avícolas mexicanas serão afetadas por conta de os Estados Unidos serem o seu maior fornecedor do produto. Isso acontece por conta das atuais condições restritivas adotadas contra o México pelo governo Donald Trump, em especial as medidas relativas para impedir a imigração ilegal, com a construção do muro, e as barreiras econômicas protecionistas que o novo presidente dos Estados Unidos pretende instaurar. Em relação às importações avícolas, o governo mexicano indicou que poderia optar por outros fornecedores da região, caso os países não cheguem a um bom entendimento.

De acordo com relatório do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), sobre as tendências mundiais de importações de carne de aves, os números mostram que o México continuará a ser o maior importador de frangos e perus, tendo totalizado no último ano 994.000 toneladas, volume que representa 9,7% das importações mundiais em 2016, que atingiram o montante de 10.236 milhões de toneladas. Neste mesmo relatório, o USDA prevê que o México continuará a ocupar a mesma primeira posição nos próximos 10 anos (2017-2026).

Produção de carne de frango
Para este ano, as projeções do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) apontam que a produção de carne de frango no México deve ser de cerca de 3,384 milhões de toneladas, o que significaria um aumento de cerca de 3,1% em comparação com os 3,285 milhões de toneladas produzidas em 2016.

A produção de carne de frango no México poderia ser maior, já que há uma crescente demanda pelo produto. No entanto, após o surto de Influenza Aviária que afetou grande parte do país há cinco anos, a indústria avícola mexicana teve de investir na melhoria do seu sistema de produção, o que envolve não só as questões de biossegurança, mas também a intensificação da integração vertical, a construção de unidades de incubação mais eficientes, plantas de abate específicas para o processamento de aves de descarte e a destinação da cama das aves, exclusivamente, para uso como fertilizantes na agricultura.

Consumo interno

Como referido acima, a produção de carne de frango poderia ser maior, já que a procura pelo produto é crescente. No ano passado, esta atingiu 4,081,000 toneladas, aumento de 3,05% em relação a 2015. De acordo com projeções do USDA para 2017, o consumo projetado é de 4.218.000, indicando um ligeiro aumento de cerca de 3,36%.

Importações de carne de frango
Uma vez que a produção de frango ainda é insuficiente para atender a demanda interna, o México continua a depender das importações. No ano passado as importações mexicanas cresceram apenas 1,27% em relação a 2015. Mas, de acordo com as projeções do USDA para 2017, as importações de frango tendem a aumentar em 5%, atingindo 840.000 toneladas, ante as 800.000 toneladas importadas no ano passado.

É importante ressaltar que o México ainda não chegou a um acordo com os EUA no que diz respeito ao Tratado de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA), em vigor desde 1994. Isso significa que os avicultores norte-americanos também serão afetados já que o governo mexicano vem fortalecendo seus laços de cooperação econômica, comércio e investimento com a América Latina.

Fornecedores de carne de frango
Os principais fornecedores da carne de frango consumida pelos mexicanos são os norte-americanos. Com a perda do mercado russo em 2014, o México tornou-se o maior importador avícola dos EUA. No entanto, devido ao surto de Influenza Aviária, que também enfrentou entre o final de 2014 e 2015, os EUA acabaram perdendo terreno.

USDA contabilizou essas perdas e assinala que a participação do frango estadounidense nas importações do México retrocedeu de 94,3% em 2015 para em torno de 90% no ano passado. Esse espaço vem sendo ocupado pelo Brasil e Chile.




MERCADO +

DataProdutoValor
07/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,94
07/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,94

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies