AUTOR(ES)

Adriano Perez Bonilla

Felipe Sánchez Fernández

Jon de los Mozos

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol) English (Inglês)

O método Splitfeeding proporciona uma ótima contribuição de nutrientes. Mediante o fornecimento de duas dietas diferentes por dia, satisfaz as demandas de nutrientes da galinha durante o processo de formação do ovo.

Desde 2005 vem se desenvolvendo um novo programa de alimentação de poedeiras chamado Splitfeeding, para satisfazer as necessidades específicas de nutrientes produzidos em cada fase de formação do ovo, necessidades que variam ao longo do dia.

As galinhas poedeiras botam a maioria dos ovos durante a manhã (Etches, 1986; Larbier y Leclercq, 1992). O intervalo entre duas posturas sucessivas é de 24 a 26 horas (Keshavarz, 1998). Após a postura, a próxima ovulação ocorre 30 minutos depois. A clara se forma nas quatro primeiras horas do processo de formação do ovo e, a seguir, o ovo se desloca para o útero, onde a casca se deposita em torno da albumina. A duração desse processo é de aproximadamente 20 horas (Larbier y Leclercq, 1992).

As necessidades de aminoácidos, energia, cálcio e fósforo das poedeiras não permanecem constantes, mas variam durante o dia, atendendo às diferentes necessidades de nutrientes da galinha para a formação dos diversos componentes do ovo. Os sistemas de alimentação em poedeiras com uma dieta única, com níveis constantes de nutrientes, podem não proporcionar o uso otimizado dos nutrientes (Chah, 1972; Leeson e Summers, 1997).

A formação da casca ocorre principalmente durante as últimas horas da tarde e à noite.

O resultado do uso de Splitfeeding é a produção mais rentável de ovos devido a uma melhor qualidade da casca, maior número de ovos aptos para a venda, menor custo de produção e melhora dos rendimentos produtivos.

As necessidades nutricionais das poedeiras variam durante o dia em função da evolução da formação do ovo

ovos

Chah (1972), num estudo, ofereceu às galinhas dietas em que elas podiam escolher por si mesmas os nutrientes. A ingestão diária total de aminoácidos, energia e cálcio foi, respectivamente, 11% , 8% e 26% menor que nas galinhas alimentadas com uma dieta única (Figura 1). Isso sugere que a galinha utiliza de forma mais eficiente a energia, os aminoácidos, o cálcio e o fósforo ao consumir esses nutrientes nos momentos do dia em que suas necessidades são maiores. Portanto, a prática de fornecer uma dieta única pode NÃO ser uma estratégia adequada para o uso otimizado de nutrientes

Ensaios de projeto experimental

O trabalho de pesquisa realizado pela equipe de pesquisadores do Nutreco Poultry Reseach Center teve como objetivo determinar de forma precisa as necessidades nutritivas de diferentes elementos durante a manhã e a tarde quando se proporcionam duas dietas:

  • Energia
  • Aminoácidos
  • Cálcio
  • Fósforo
ovos

Figura 1. Ingestão de nutrientes ao longo do dia com uma única comida e um sistema de alimentação de escolha.

 

O resultado desse projeto de pesquisa foi o desenvolvimento do programa de alimentação Splitfeeding, no qual se proporcionam duas dietas ao dia com o objetivo de satisfazer melhor as necessidades dinâmicas de nutrientes no processo de formação do ovo:

  1. Dieta da manhã: satisfaz as necessidades nas fases iniciais da formação do ovo.
  2. Dieta da tarde: satisfaz as necessidades da formação da casca.

Cada teste foi realizado com um único nutriente, determinando o nível otimizado de energia, aminoácidos, cálcio e fósforo para dietas da manhã e da tarde durante todo o ciclo de postura. Em comparação com o sistema tradicional de dieta única, com o Splitfeeding se obtém uma redução na ingestão total de nutrientes (Figura 2), e o rendimento produtivo é no mínimo tão bom como quando se emprega uma única dieta.

ovos

Figura 2. Efeito do Splitfeeding na ingestão de nutrientes em comparação com uma dieta única

 

Em todos os experimentos realizados com o Splitfeeding, observou-se uma melhora constante da qualidade da casca (peso, espessura ou SWUSA). (Figura 3).

ovos

O efeito de uma mudança no sistema de alimentação de uma dieta única para o Splitfeeding foi testado em um lote velho de galinhas (de 91 a 98 semanas de idade). Nas primeiras quatro semanas (91 a 94) utilizou-se uma alimentação única, e nas quatro semanas seguintes (95 a 98) as poedeiras foram alimentadas com um programa Splitfeeding. Com o Splitfeeding, reduziu-se significativamente a porcentagem de ovos quebrados ou defeituosos em comparação com o período anterior, com a dieta única, além de aumentar significativamente o número de ovos aptos para venda. (Figura 4).

ovos

O Splitfeeding reduz a excreção de nutrientes nas fezes

Nos três experimentos em que se estudaram os efeitos da excreção de nutrientes, os resultados demonstraram que o Splitfeeding é um programa de alimentação mais sustentável ao reduzir a excreção de nitrogênio, fósforo e cálcio nas fezes (Figura 5). Com o Splitfeeding, conseguiu-se uma menor ingestão diária de nutrientes e um melhor uso desses nutrientes, dado que estes foram fornecidos quando as poedeiras precisavam deles.

ovos

O Splitfeeding é um sistema alternativo de nutrição com o qual a galinha chega perto de realizar um comportamento de alimentação voluntário e fisiológico, ajustando melhor a ingestão de nutrientes às diferentes necessidades ao longo do dia, conforme o processo de formação do ovo.

Com esse objetivo, fornecemos com o Splitfeeding duas dietas diferentes ao dia:

  • Dieta da manhã, planejada para satisfazer as necessidades quando o albume está se formando e se produz a postura.
  • Dieta da tarde, planejada para satisfazer as necessidades associadas à formação da casca.

Esta adaptação das necessidades fisiológicas da galinha poedeira durante o dia permite que o sistema Splitfeeding seja um programa de alimentação mais eficaz: O Splitfeeding contribui para o fornecimento otimizado dos nutrientes de que as galinhas precisam durante o processo de formação do ovo, o que resulta em uma produção de ovos mais rentável e sustentável. Benefícios proporcionados pelo Splitfeeding:

  1. Melhora da qualidade da casca e aumento do número de ovos aptos para venda.
  2. Produção de ovos mais rentável através da redução do custo de produção.
  3. Melhora da eficiência dos nutrientes e sustentabilidade




MERCADO +

DataProdutoValor
05/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,94
05/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,94

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies