15 fev 2018

McDonald’s busca ser um dos principais restaurantes de frango dos EUA

McDonald's Better Chicken chick-fil-a


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

A McDonald’s Corp. tem planos para se tornar um dos principais restaurantes de frango dos Estados Unidos da América. A informação foi divulgada no último dia 13/2, pelo site Bloomberg News, que teve acesso a documentos internos da rede de fast-food, referindo-se ao projeto “Better Chicken”.

Segundo os documentos, a rede McDonald’s busca se aproximar da outra rede americana, especializada em frangos, a Chick-fil-A. A referida concorrente, com sede em Atlanta (Geórgia), foi criada em 1967, serve comida preparada em mais de 2.200 restaurantes em 47 estados americanos e Washington, DC.

A Chick-fil-A reportou mais de US $ 9 bilhões em receita em 2017, marcando 50 anos consecutivos de crescimento de vendas. A empresa também recebeu a maior pontuação entre as marcas de fast food e uma das dez melhores pontuações gerais para a experiência do cliente na pesquisa 2017 Temkin Experience Ratings.

É na direção desse forte player que a Corporação McDonald’s aponta seus planos, partindo de medidas já adotadas com o objetivo de melhorar seus produtos de frango, como deixar de servir frango com antibióticos e retirar conservantes artificiais dos nuggets.

A rede também lançou sanduíches e iscas de frango preparados com o estilo do sul dos EUA, crocantes e elaborados com farinha de rosca e soro de leite coalhado, de forma semelhante ao servido no Chick-fil-A.

“Definitivamente, esta é uma era de transformação para o McDonald’s”, disse ao Bloomberg News, Jason Moser, analista da Motley Fool. “O frango faz parte disso”.

Por trás da iniciativa há os indicadores do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), que apontam que em 2017 o consumo médio de carne de frango pelos americanos foi de 41 quilos, contra os menos de 25 quilos de carne bovina. Segundo Moser, o frango tem fama de ser mais saudável, o que estaria ajudando a impulsionar a tendência.

O investimento de produtoras americanas de frango, como Tyson Foods, em novas plantas de processamento, também influenciam no direcionamento dos planos do McDonald’s, apostando que essa proteína ganhará ainda mais importância na dieta dos americanos.

A iniciativa “Better Chicken” foi informada a franqueados da marca McDonald’s via carta, que cita que o plano pode envolver a venda de frango com sabor de frito à pressão. A técnica, também é usada pela rede Chick-fil-A, é conhecida por criar uma casca crocante e um interior suculento.

Procurado pelo BloombergNews, o McDonald’s, que tem sede em Oak Brook, Illinois, preferiu não comentar os detalhes da carta. Mas a adição de novos alimentos “é uma das muitas formas adotadas para transformar a experiência McDonald’s”, disse a porta-voz Terri Hickey, por e-mail.

“Estamos comprometidos em gerar ainda mais entusiasmo com os principais itens do cardápio que nossos clientes adoram — inclusive dos produtos com frango.”

Chris Kempczinski, presidente do McDonald’s nos EUA, disse em 2017 que a empresa estava reavaliando seus produtos de hambúrguer e de frango em uma tentativa de melhorar a qualidade. A iniciativa inclui de tudo, “das proteínas que usamos aos equipamentos de nossas cozinhas e aos procedimentos de preparação”.

Com informações do site BloomberNews e Revista Exame




MERCADO +

DataProdutoValor
18/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,86
18/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,20

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies