05 jun 2019

Em maio, Brasil exportou maior volume de carne de frango desde agosto de 2018

En mayo, Brasil exportó mayor volumen de carne de pollo desde agosto 2018 santa catarina


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

No último mês de maio, o Brasil exportou 345,9 mil toneladas de carne de frango, maior volume desde agosto/18. Os dados são da Secex (Secretaria de Comércio Exterior), considerando-se a carne in natura.

O volume exportado em maio, segundo a Secex, é 10,84% maior que a registrada no mês de abril e 10% acima da verificada no mesmo mês do ano passado.

Levantamentos do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – Esalq/USP), demonstram que a carne de frango vem se encarecendo nos últimos meses, com destaque para as altas de maio.

O movimento altista das cotações da proteína tem favorecido especialmente os exportadores. Para os agentes que comercializam apenas no mercado doméstico, porém, os aumentos passaram a limitar a liquidez. Uma vez que o frango vivo também tem se valorizado, agroindústrias alegaram dificuldades em reduzir o preço de venda da carne.

No atacado da Grande São Paulo, o preço do frango inteiro congelado registrou média de R$ 4,81/kg em maio, o maior patamar real desde outubro/16 (os valores foram deflacionados pelo IPCA de abril/19). Ainda em termos reais, a média de maio supera em 2,7% à de abril/19 e em 39,2% à de maio/18.

As altas estiveram atreladas à produção mais ajustada neste ano frente à de 2018 e ao bom ritmo dos embarques da carne.

As maiores altas nas cotações do produto foram observadas no Paraná e em Santa Catarina, principais estados exportadores. O preço médio do frango inteiro congelado na região paranaense foi de R$ 5,06/kg em maio, 5,7% acima do de abril e 23,3% superior ao de maio do ano passado. Foi, também, a maior média desde outubro/16, quando esteve em R$ 5,22/kg, em termos reais.

Na região catarinense, o preço do frango inteiro congelado de maio, de R$ 4,89/kg, teve alta de 5% frente abril e de 50,3% no comparativo com maio/18, sendo o maior patamar real desde novembro/16 quando foi negociado em R$ 4,94/kg.

Fonte: Cepea




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies