29 ago 2017

Para Maggi, reorganizar o sistema de inspeção é desafio do Brasil

sistema de inspeção


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Blairo Maggi, apontou que a reorganização do sistema de inspeção é o principal desafio para o desenvolvimento da Agricultura no País. A afirmação foi feita durante a abertura do Salão Internacional de Avicultura (SIAVS) na manhã de hoje (29/8), no Parque Anhembi m São Paulo.

Aplaudido por cerca de 500 pessoas, entre representantes de associações, produtores e empresários do setor de avicultura e suinocultura, o ministro manifestou ser entusiasta da verticalização. Segundo Maggi, o objetivo é “retirar a interferência política de dentro do sistema”. A defesa do ministro vai ao encontro do desejo do setor produtivo.

A defesa do Ministro vai ao encontro do que tem defendido a Sociedade Rural Brasileira (SRB). No último mês de julho, a entidade manifestou apoio à mudança no modelo de inspeção, além da criação de uma Corregedoria para “prevenir, inibir e investigar os funcionários que cometam irregularidades”.

A manifestação pública da entidade surgiu após o empresário Wesley Batista, um dos donos da JBS, fazer uma denúncia grave em delação premiada. Segundo ele, 200 fiscais agropecuários recebem mensalinhos (remuneração extra mensal) no valor médio de R$ 20 mil para flexibilizar a aplicação de regras sanitárias.

O setor avalia que o modelo atual de inspeção possui excesso de intermediários no processo, o que gera “grande ineficiência ao sistema”. A solução proposta é a verticalização da linha de comando da inspeção, hoje com etapas intermediarias em âmbito Estadual, a serem abolidas, inclusive com a liberação de funcionários para outras funções.

Para Blairo, a verticalização é necessária para que o Brasil possa avançar na exportação de mercadorias com valor agregado. “Onde não há poder de polícia, o Ministério não vai atuar”, afirmou Maggi.

“Temos grandes volumes de produção de grãos, que transformados em proteína animal promovem a agregação de valor e a geração de milhares de empregos, além de movimentar a economia”, afirmou Maggi. “Poduzir é muito importante, mas o melhor é ter o respeito do mercado”, completou.

A solenidade de abertura do SIAVS contou com a participação dos governadores de São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e a vice-governadora do Paraná. Segundo o Ministro, um plano para reorganização do setor está sendo formatado com a participação de técnicos da pasta e consultores.

Blairo Maggi foi a personalidade política homenageada na edição 2017 do SIAVS por sua atuação durante o episódio “Carne Fraca”, deflagrado em março pela Polícia Federal. A premiação também homenageou Fernando Gomes Buchara por contribuição técnica ao setor e José Carlos Garrote de Sousa, na categoria empresarial.

Direto de São Paulo



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA

img13

Por Felipe Lino Kroetz Neto

View more


 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies