get_the_title



AUTOR(ES)

Anna Karwacinska

Matias Jansen2

Mauro Di Benedetto1

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A adição de quantidades selecionadas de emulsificante sintético e monoglicerídeos aos lisofosfolipídeos como uma mistura única (LYSOFORTE® EXTEND) poderia melhorar a emulsificação e hidrólise lipídica, respectivamente? Isso resultaria em melhores parâmetros de desempenho animal? Saiba a resposta!
.


INTRODUÇÃO


lysoforte keminNoções básicas da digestão de gorduras

Após a ingestão, os lipídios da dieta são liberados primeiro da matriz alimentar e emulsionados pela motilidade do estômago. Essa emulsão primária entra no intestino delgado, onde é ainda emulsificada pela ação dos sais biliares.

Posteriormente, o complexo colipase-lipase se liga à interface das gotículas de emulsão e começa a hidrolisar os triglicerídeos em monoglicerídeos e ácidos graxos livres, que se reorganizam ainda mais em micelas mistas.

As micelas mistas migram então através do lúmen intestinal para serem absorvidas pelas células do intestino delgado.

O efeito bem conhecido dos lisofosfolipídeos nas três etapas do processo de digestão de gordura (emulsificação, hidrólise e absorção) foi minuciosamente pesquisado e comprovado
(Jansen, 2015).

O efeito adicional específico dos lisofosfolipídeos na absorção de diferentes nutrientes foi destacado em estudos recentes (Hodallah et al., 2013). Este efeito pode ser explicado pelo aumento da permeabilidade da membrana celular (Lundbeak e Anderson, 1994) e foi confirmado em vários ensaios com animais.

Essas ideias levaram ao presente estudo para explorar completamente os benefícios do uso de lisofosfolipídeos na alimentação.
.


LYSOFORTE KEMINESTUDO


lysoforte keminO estudo investiga se a adição de quantidades selecionadas de emulsificante sintético e monoglicerídeos aos lisofosfolipídeos como uma mistura única (LYSOFORTE® EXTEND) poderia melhorar a emulsificação e hidrólise lipídica, respectivamente. Essa melhoria resultaria em melhores parâmetros de desempenho animal.

lysoforte keminDados in vitro

Um modelo completo de digestão in vitro que investiga o modo de ação das moléculas de gordura durante todo o processo digestivo foi desenvolvido por Kemin. Com base nesse modelo de digestão, vários conceitos foram testados.

lysoforte keminAtravés desta pesquisa, a Kemin provou novamente que os lisofosfolipídeos são uma ferramenta superior para apoiar a absorção de gordura.

lysoforte keminAlém disso, combinando esse efeito superior com duas moléculas adicionais, foi desenvolvida a solução mais completa para melhoria da digestão de gordura.

Lysoforte Kemin

Emulsificação lipídica 

Foram testados o potencial emulsificante de diferentes produtos e a melhoria das moléculas adicionadas. O controle, lisofosfolipídeos e LYSOFORTE® EXTEND foram adicionados ao óleo e misturados com água por 5 segundos (Jansen, 2015). A estabilidade da emulsão foi então registrada ao longo do tempo.

A estabilidade da emulsão (Fig. 1) foi significativamente melhorada pelo LYSOFORTE® EXTEND.

Por exemplo, após 30 min, a estabilidade da emulsão do óleo (8%) foi melhorada para 78% com lisofosfolipídeos e para 84% com  LYSOFORTE® EXTEND.

LYSOFORTE® kemin

Hidrólise

Para avaliar o efeito na hidrólise lipídica, os lisofosfolipídeos e LYSOFORTE® EXTEND foram testados usando um modelo de hidrólise in vitro (Jansen et al., 2017).

Os produtos foram primeiro dispersos em gordura animal e fluido intestinal simulado e, em seguida, foi adicionado extrato pancreático. Durante a incubação, as amostras foram analisadas quanto à sua composição lipídica. A adição de lisofosfolipídeos e LYSOFORTE® EXTEND teve um impacto significativo na taxa de liberação de ácidos graxos livres (Fig. 2).

Com o LYSOFORTE EXTEND, a melhora foi significativamente maior do que apenas com os lisofosfolipídeos, provando que a combinação é mais eficaz do que apenas os lisofosfolipídeos.

LYSOFORTE® Kemin

Absorção

O impacto dos lisofosfolipídeos e LYSOFORTE® EXTEND na absorção foi avaliado em uma terceira etapa do modelo in vitro (Jansen, 2015).

As amostras obtidas com o modelo de hidrólise foram diluídas em fluido intestinal simulado e aplicadas em uma monocamada de células Caco-2 diferenciadas. No início e após a incubação, o fluido foi submetido a análise lipídica.

A absorção de monoglicerídeos foi 121% maior nos lisofosfolipídeos e 142% maior no tratamento com LYSOFORTE® EXTEND do que no controle. Da mesma forma, a absorção de ácidos graxos livres mostrou a mesma tendência.

Os resultados observados confirmam que os lisofosfolipídeos são um dos principais contribuintes para melhorar a absorção lipídica.

lysoforte keminComo conclusão, no modelo de digestão, as etapas de emulsificação e hidrólise foram significativamente maiores com LYSOFORTE EXTEND do que com lisofosfolipídeos isolados. Isso se traduz no fato de que mais nutrientes atingiriam os enterócitos para absorção geral.


RESULTADOS E DISCUSSÃO


Desempenho de frangos de corte

Em um teste de desempenho de frangos de corte, um total de 216 frangos Ross 308 machos de 1 dia de idade foram alimentados com uma dieta padrão que cumpria todos os requisitos da dieta (controle positivo, Tabela 1), uma dieta padrão reformulada para reduzir a energia (controle negativo) ou uma dieta padrão reformulada com 500 g/tonelada de alimento de LYSOFORTE® EXTEND.

LYSOFORTE® kemin

No final do período inicial (14 dias), o peso corporal médio e o ganho diário foram significativamente maiores (18 g/ave e 1,3 g/ave/dia, respectivamente) nas aves alimentadas com LYSOFORTE® EXTEND do que naquelas alimentadas com dieta controle negativo (Tabela 2).

Durante todo o período de produção (0 a 42 dias), os animais alimentados com LYSOFORTE® EXTEND tiveram melhor desempenho.

LYSOFORTE® kemin

Além disso, durante o período inicial, a CA foi ainda mais baixa no tratamento com LYSOFORTE® EXTEND do que no controle positivo (Fig. 3). Também no final do período de produção, a meta de reformulação foi alcançada, uma vez que a CA do grupo LYSOFORTE® EXTEND era tão boa quanto o controle positivo.

Devido à melhor digestão e absorção de nutrientes, as aves alimentadas com uma dieta suplementada com LYSOFORTE® EXTEND foram capazes de compensar uma diferença de energia de 60 kcal/kg na dieta inicial e de 80 kcal/kg nas dietas de crescimento e final.

LYSOFORTE® kemin

Qualidade da carcaça

No final do período de produção, dois frangos por box foram eutanasiados para calcular o rendimento de carcaça, rendimento de peito e conteúdo da placa de gordura abdominal.

O LYSOFORTE® EXTEND cobriu a lacuna entre controle positivo e negativo, garantindo que a energia fosse transferida para a produção de proteína animal.

O conteúdo da placa de gordura abdominal das aves alimentadas com LYSOFORTE® EXTEND foi significativamente menor do que o das aves alimentadas com a dieta controle positivo ou a dieta controle negativo. Isso sugere que a adição de LYSOFORTE® EXTEND rresultou em uma melhor utilização dos nutrientes absorvidos na produção de carne.

LYSOFORTE® kemin

Tabela 3. Qualidade da carcaça

a-bValores dentro de colunas com sobrescritos diferentes são significativamente diferentes
(P<0,05)

CONCLUSÃO

A combinação de novas moléculas com lisofosfolipídeos conhecidos fornece o conceito para o novo produto de última geração LYSOFORTE® EXTEND. Este novo produto garante o modo de ação mais completo para a digestão de gorduras e outros nutrientes.

O LYSOFORTE® EXTEND, com base na proporção correta de componentes ativos, permitiu reformular a dieta em 60 a 80 kcal/kg, mantendo o mesmo desempenho e aumentando a produtividade de abate dos frangos de corte.

Essa nova ferramenta permite que os produtores de proteína animal gerenciem os custos de alimentação, mantendo o melhor desempenho.

Referências

Jansen, M., 2015: Modes of action of lysophospholipids as feed additives on fat digestion in broilers. KU Leuven, Leuven.
Hodallah H. Ahmed, N.S. El-Toukhey, K.A. Attia1 & Salma I. El-Samannoudy, 2013: Effect of Multienzymes and Absorption Enhancers on Productive Performance, Gut Morphology and Some Blood Biochemical and Hormonal Parameters in Broiler Chicks; Journal of Agricultural Science; Vol. 5, No. 12.
Lundbeakn J.A., and Andersen , O.S. ,1994: Lysophospholipids modulate channel function by altering the mechanical properties of lipid bilayers. The Journal of General Physiology 104:645-673.
Jansen, M., F. Nuyens, J. Buyse, S. Leleu, L. Van Campenhout, 2015: Interaction between fat type and lysophospholipids supplementation in broiler feeds. Poultry Science, 94, 2506-2515.
WP 16-00165 (Figure 1)
Jansen, M., Mast, I., Di Benedetto, M. and Nuyens F. The effect of lysophospholipids, monoglycerides and synthetic emulsifier on the emulsification, hydrolysis and absorption of lipids in broilers, Proceedings of the 21st European Symposium on Poultry Nutrition P227. SA 17-0049.(Figure 2,3, Table 1,2,3)

lysoforte Kemin

kemin

www.kemin.com/sa

 




MERCADO +

DataProdutoValor
07/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,94
07/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,94

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies