09 nov 2018

LPN Congress 2018 supera expectativas por seu valor para a América Latina

LPN Congress 2018 supera expectativas por su valor para Latinoamérica


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

O LPN Congress 2018, Latin American Poultry & Nutrition Congress, aconteceu nos dias 23, 24 & 25 de outubro, no Hilton Hotel Miami Airport & Convention Center, Miami, EUA. Nesta primeira edição, o evento bianual se sobressaiu por ser um congresso da mais alta qualidade para a avicultura e nutrição animal, orientado ao público da América Latina. O LPN Congress se tornou um novo ponto de encontro para as pessoas chave na tomada de decisões como, empresários, gerentes dos diversos âmbitos que envolve a cadeia aviária, nutricionistas, veterinários, agrônomos, consultores e profissionais ligafos ao setor.

O sucesso obtido no LPN Congress superou as expectativas da organização do evento, tendo reunido mais de 1.600 pessoas do setor avícola e de nutrição animal da América Latina, provenientes de diversos países da região. O público foi atraído pela excelente programação técnica, que contou com renomados especialistas, assim como o espaço de exposição que reuniu reconhecidas empresas do setor.

LPN Congress ambiente de cordialidade e motivação

É importante destacar o clima que prevaleceu durante o LPN Congress por parte público, que foi de grande motivação para adquirir novos conhecimentos provenientes da destacada programação de conferências, atualização sobre novas tecnologias, ou pela descoberta de novos produtos que lhe ajudarão em seus afazeres diários no trabalho avícola. E porque não dizer por confraternizar com antigos e novos conhecidos, com os quais puderam debater e trocar ideias: Finalmente, um ponto de encontro latino-americano cheio de entusiasmo e conhecimento!

 

 

Lançamento da nutriNews América Latina

Durante o LPN Congress 2018 foi realizado o lançamento da nutriNews América Latina, revista especializada em nutrição e alimentação animal em espanhol, voltada aos nossos leitores latino-americanos ávidos por informação atualizada, tanto dos últimos avanços em matéria tecnológica, como novos produtos, pesquisas de vanguarda e os fatos mais atuais em matéria de nutrição animal no mundo e na América Latina.

A nutriNews Latam é a primeira ferramenta agropecuária dedicada exclusivamente ao setor de nutrição animal da América Latina. E você não conta somente com a revista impressa, como também com o site para se aprofundar em diferentes temáticas de primeiro classe tocantes a esta área.

 

Programação Técnica

A programação técnica do LPN Congress contou com os mais destacados especialistas em nível mundial, que abordaram temas de importância latino-americana e internacional, já que em um mundo globalizado é importante estar preparado para aos concorrentes de outros continentes em diversas áreas, como comércio internacional, tendências, legislações, regulações, entre outras.

Nesse sentido, durante o congresso aconteceu a palestra “Perspectivas globais e regionais sobre a produção de proteína animal na América Latina” realizada pelo Analista Sênior de Proteína Animal do Rabobank, Dr. Nan–Dirk Mulder. Ele prevê que a carne de aves e o ovo serão as proteínas com maior crescimento nos próximos 20 anos: 65% e 50%, respectivamente. Essa crescente demanda de proteínas animais e, especialmente de carne de aves e ovos, é um grande desafio para as indústrias do setor em todo o mundo.

Dr. Nan–Dirk Mulder, Analista Sênior, Proteína Animal Rabobank.

Ele também destacou que os mercados, especialmente os emergentes, irão se deparar com um desenvolvimento econômico contínuo, que fará migrar a demanda dos consumidores, dos produtos a base de grãos para proteínas animais, assim como da compra em mercados tradicionais, para a compra na distribuição moderna.

 

 

“A América Latina também é uma das indústrias proteicas de mais rápido crescimento no mundo, que capta mais de 20% do crescimento da demanda mundial por proteína animal. Países como Colômbia, Peru, México e Argentina pertencem às áreas de maior crescimento no mundo e oferecerão muitos investimentos em termos de expansão de volume, mas também de criação de valor, já que os mercados se modernizarão através de uma participação crescente na distribuição moderna”, afirmou o Dr. Nan–Dirk Mulder.

 

Ele ressaltou ainda que obviamente haverá certa volatilidade nos mercados como já se viu no passado, e a América Latina será, de uma perspectiva de investimento, como o sudeste asiático e o Leste Europeu, a área de investimento mais atrativa para os investidores da indústria avícola na próxima década, com oportunidades contínuas em termos de volume (mais frangos), valor (mais produtos processados, mais conceitos, mais vendas varejistas) e investimentos mais consolidados e internacionais, com plataformas líderes no comércio mundial, assim como algumas das indústrias avícolas de mais rápido crescimento do mundo.

Passando ao setor de postura, Alfredo Acebedo Silva, da Avícola el Guamito, realizou uma “Análise da produção de ovos na América Latina”, onde destacou que a indústria avícola em nível mundial está consciente de que nem todos os consumidores conhecem as vantagens de consumir um ovo diariamente. Por isso, indicou que, graças ao seu preço competitivo e às campanhas de fortalecimento do consumo de ovos, que buscam promover uma alimentação saudável e nutritiva, assistiu-se a um aumento no consumo per capita do ovo no mundo nos últimos 8 anos. Segundo informações da International Egg Commission, na América Latina a taxa de crescimento composta (CAGR) é de 3,4% em média, sendo mais alta que a média deste mesmo indicador em países europeus.

Aqui, Alfredo Acebedo destacou a importância da campanha realizada na Colômbia pela Federação Nacional de Avicultores (FENAVI). A abordagem se deu sobre o compromisso de ensinar o valor do ovo nas diferentes etapas da vida. Especificamente na Colômbia, o consumo per capita nos últimos 9 anos aumentou a uma taxa CAGR de 3,3%, alcançando as 279 unidades em 2017 e o percentual de 49% de pessoas que consomem ovo diariamente.

Dr. Alfredo Acebedo Silva, Avícola el Guamito. Colômbia.

Durante sua apresentação, Acebedo mostrou um gráfico com a classificação dos países conforme o consumo per capita de ovos na Europa, América do Norte e América Latina. Entre os países, México e Rússia relatam o maior consumo per capita de 2016, com 371 e 295 unidades de ovo ao ano, respectivamente. Em seguida vem Argentina, Estados Unidos e Colômbia, com mais de 250 unidades de ovos consumidas por pessoa no mesmo período. Como pode-se evidenciar neste simples ranking, o top 5 de países com maior consumo de ovos conta com 3 países da América Latina.

 

Para concluir, Alfredo Acebedo, apontando para um futuro mais sustentável para o setor avícola a médio e longo prazo, destacou um caminho alternativo e mais “sofisticado”, que pode ser direcionado à produção dos derivados do ovo, conhecidos como ovoprodutos, como por exemplo, pasteurizados, em pó, líquido, ou congelado, já que estes são mais fáceis de armazenar e comercializar em nível mundial. Esses produtos são o resultado da inovação no processamento do ovo fresco, que possibilitam à indústria oferecer aos consumidores valor agregado de um produto tradicional como o ovo de mesa, mantendo os padrões de qualidade e a segurança do alimento.

Outro tópico de grande importância que afeta a indústria avícola, foi abordado pelo Dr. Charles Hofacre, que é “Manejo, epidemiologia e impacto econômico das doenças entéricas bacterianas em frangos de corte”.

Dr. Charles Hofacre, Presidente, Southern Poultry. Research Group. Professor Emérito, Universidade da Geórgia, EUA

Segundo ele, os nutricionistas de avicultura, veterinários e especialistas em zootecnia enfrentam hoje  inúmeras mudanças nas regulaçõespreferências dos consumidores, além da permanente responsabilidade de criar aves saudáveis de maneira rentável.
Essas regulações incluem mudanças no uso de antibióticos, maior segurança alimentar e preocupação sobre como são criadas as aves e geridos os resíduos do galpão.

Durante a evolução desse ambiente empresarial, a prevenção e controle das doenças entéricas se tornou uma das principais prioridades da indústria do frango de corte.

 

As bactérias entéricas têm forte impacto no rendimento, saúde e bem-estar das aves, assim como na segurança alimentar. Duas das principais doenças bacterianas que desafiam a produção de frangos de corte hoje abordadas na palestra do Dr. Hofacre, são a Enterite necrótica e a Salmonella.

A coccidiose é provavelmente o maior fator predisponente da enterite necrótica em frangos de corte e, por isso, seu controle se tornou um aspecto crítico nos sistemas de produção de frangos de corte onde já não se emprega o uso de antibióticos promotores de crescimento e/ou anticoccidianos ionóforos. A imunização com vacinas atenuadas ou vivas não atenuadas de coccidiose é uma prática cada vez mais comum como método de exposição controlada. No entanto, as vacinas podem causar danos leves no epitélio intestinal.
Além disso, Hofacre frisou que cada vez há más evidências científicas e experiências de campo que sugerem que um programa de manejo preventivo integral e o uso combinado de produtos alternativos pode mitigar os efeitos da coccidiose e evitar a replicação e produção de toxinas por parte da C. perfringens.

 

Quanto à Salmonella, o Dr. Hofacre afirmou que a indústria do frango de corte pode alcançar o objetivo de reduzir a presença da mesma se aceitar um conceito elementar: Salmonella é um problema de manejo. A forma como se maneja o sistema de produção na granja determinará o sucesso na redução da Salmonella na planta de processamento.

Uma temática que não poderia ficar de fora no Congresso foi abordada pelo Dr. Gregorio Rosales, que foi “Biosseguridade, um invertimento imprescindível”. O Dr. Rosales pontuou que um dos desafios mais recentes é a pressão para reduzir ou prescindir do uso de antibióticos, mediante melhorias constantes nos métodos de manejo e controle de doenças usando novas estratégias e produtos alternativos.

Dr. Gregorio Rosales, Consultor avícola privado / Director Técnico LPN Congress.

Além disso, ele destacou que outro desafio é a ameaça constante de doenças emergentes, ou epidêmicas, que não só podem ocasionar efeitos adversos na produtividade das empresas, como também na sua capacidade de atender demandas cada vez mais exigentes dos consumidores locais e internacionais.

 

Por essa razão, o Dr. Rosales indica que a avicultura se encontra na necessidade de fortalecer a biosseguridade como a primeira e mais importante estratégia de defesa para prevenir a entrada e transmissão de doenças.

 

Na sessão plenária sobre “Big Data na Avicultura”, o Gerente de Logística, Corporativo na Bachoco, Juan Hernández Ripalda, destacou:

Juan Hernández Ripalda, Gerente de Logística, Corporativo na Bachoco.

“A situação atual é do possível uso de dados na indústria avícola, desde o cotidiano e ordinário até o decisório e design, tudo com visão de negócio. Tudo começa na granja, na contagem das aves, medição do consumo, peso. Tudo isso gera dados que devem ser registrados”.

 

A informação também tem medição de sua qualidade. A facilidade do registro e limpeza dos dados são chave de seu possível uso e exploração. Conhecer o que acontece é uma necessidade básica das pessoas; desde quem opera até quem dirige, temos a necessidade de saber o que está acontecendo.

Os dados através de modelos devem ser capazes de descrever o que acontece, o que acreditamos que acontece, a que padrões obedece e como se comporta esse padrão. Se o comportamento obedece ao esperado, se é conduzido dentro das margens desejadas, ou do tolerado, ou se já ultrapassou limites que demandam ação sobre o processo.

Aqui fizemos um breve resumo das palestras destes renomados profissionais. No entanto, a programação técnica completa contou com mais de 50 apresentações de imenso valor para o conhecimento dos participantes, que se mostraram absortos e satisfeitos pelo conteúdo oferecido em cada uma delas. As conferências aconteceram durante os 3 dias do LPN Congress e em 3 salas paralelas: Sala de postura, cria e recria; Sala de Nutrição e Alimentação de Monogástricos; Sala de Carne, Reprodutoras e Incubação.

Durante o LPN Congress também foram realizados Workshops no dia 23 de outubro, sobre Instalações Avícolas, pela Exafan; Incubação e Reprodutoras, pela Jamesway; Avicultura de Postura, pela Lohmann Tierzucht; Nutrição e Alimentação, pela Tectron.

Ao concluir, a opinião dos especialistas presentes no LPN Congress 2018 também aponta para futuros desafios da avicultura latino-americana. Para o Diretor Técnico de Nutrição Animal do LPN Congress, Dr. Mario Penz, o setor deve estar atento às novas tecnologias que estão surgindo na área de inteligência artificial.

LPN Congress 2018

Dr. Mario Penz, Director Global para Cuentas Estratégicas, Cargill Animal Nutrition. Director Técnico de Nutrición Animal del LPN Congress.

“Elas permitirão que avancemos no entendimento dos processos de produção, em tempo real, reduzindo as variabilidades dos processos hoje com pouco controle; no desenvolvimento da robotização de várias atividades, nos diferentes segmentos da produção animal e na percepção sensorial (imagem e som), da forma de produzir dos animais, respeitando as boas práticas que favorecem seu bem estar e a sustentabilidade do meio ambiente e da sociedade”, aponta Penz.

Área de Exposições

Na área de exposições foi construído um ambiente propício para gerar oportunidades de negócios e, tanto compradores como expositores se mostraram satisfeitos com os resultados obtidos. Muitos negócios fechados in situ beneficiando ambas as partes, assim como outras tratativas ficaram praticamente fechadas.

Nessa área, as 52 empresas mais relevantes do setor de avicultura e alimentação de monogástricos foram distribuídas em 1.600 metros quadrados para exibir seus produtos e serviços.

Na feira de exposições do LPN Congress 2018 reuniram-se empresas de diversos setores como: Sanidade e produtos biológicos; Nutrição e alimentos balanceados; Genética aviária; Instalações para plantas de abate e processamento; Equipamentos e instalações em galpões avícolas; Equipamento para plantas de incubação; Biosseguridade em operações avícolas e, além disso; Empresas de pesquisa; Estudos de mercado; Consultoria técnica; Serviços, entre outras.

A equipe da agriNews agradece aos participantes e empresas pela confiança, participação e por ser parte do sucesso alcançado na primeira edição do LPN Congress. Obrigado!!!!

 

Após o sucesso desta primeira edição, a agriNews dá o passo seguinte, convidando a todos para o LPN Congress 2020. Desde já, sejam todos bem-vindos!!!!!!

Para obter as memórias tanto da Programação Técnica, como dos Worshops do LPN Congress 2018, acesse o site do evento ou baixe o APP.




MERCADO +

DataProdutoValor
07/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,94
07/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,94

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies