05 out 2017

Lelia Sánchez fala sobre Coriza Infecciosa na América Latina

Coriza Infecciosa


AUTOR(ES)

Lelia Sánchez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Durante o XXV Congresso Latino-americano de Avicultura 2017, realizado em Guadalajara, no México, tivemos a oportunidade de entrevistar Lelia Sánchez, que realizou a apresentação de um pôster científico sobre Coriza Infecciosa no evento. O pôster apresentou os resultados de um novo produto desenvolvido pela Agrovet Market, que combina diversos compostos, entre antibióticos, anti-inflamatórios, expectorantes, anti-histamínicos que favorecem uma recuperação mais rápida para enfermidades respiratórias nas aves.

O pôster intitulado “Efeito de uma associação de fármacos no controle de uma infecção experimental com uma cepa de Avibacterium paragallinarum em frangos de corte”, apresentou os resultados de uma pesquisa científica sobre o produto, contra uma infecção experimental com coriza infecciosa.

lelia sanchez cla17 Coriza Infecciosa

A coriza infecciosa é uma doença que afeta as vias respiratórias superiores de galinhas reprodutoras, poedeiras e frangos de corte. O agente causador desta doença é uma bactéria Gram negativa, denominada Avibacterium paragallinarum. Esta enfermidade se caracteriza por produzir secreção nasal, espirros e inflamação dos seios infra-orbitários.

aviNews América Latina: Que consequências econômicas tem a coriza infecciosa nas produções avícolas da região?

Lelia Sánchez: Quando as aves são afetadas pela doença ocorrem importantes perdas econômicas devido ao atraso no crescimento, perda de peso, aumento do número de aves eliminadas e, sobretudo, a diminuição da produção de ovos em até 50% em galinhas poedeiras.

A.N.: Além disso, sabemos que esta bactéria pode interagir com outras bactérias e vírus. O que você pode nos dizer sobre isto? Que consequências tem esta interação?

L.S.: A Avibacterium paragallinarum pode ser uma porta de entrada para outros microorganismos pois produz a imunosupressão das aves. Os vírus que afetam o trato respiratório como o Newcastle, Bronquite Infecciosa ou Laringotraqueite, podem entrar. Igualmente, isto pode acontecer com diferentes agentes bacterianos como a Escherichia coli, ou com o Mycoplasma gallisepticum. Ao associar-se com estes microorganismos, o andamento da enfermidade se agrava, aumentando os dias de afecção, incrementando a morbidade e produzindo mortalidade.

 A.N.: Qual é a incidência atual da Avibacterium paragallinarum na região?

L.S.: Atualmente se observa uma maior incidência em galinhas poedeiras, sendo muito baixa a apresentação em frangos de corte. É uma enfermidade endêmica no Peru, assim como em outros países latino-americanos como é o caso da Argentina, Brasil e México.

A.N: Por que é importante buscar opções para controlar esta enfermidade respiratória?

L.S.: Ao ser uma janela de entrada de outras enfermidades respiratórias, é muito importante controlar a doença e evitar que se manifeste por um período muito extenso. Para isso existem vários programas de vacinação que têm a finalidade de prevenir sua apresentação. Mesmo assim, uma vez que a doença se manifeste, existem diferentes tratamentos que ajudam a diminuir o tempo de apresentação dos sinais clínicos. Usar uma associação de fármacos que controlem o agente causador e diminuam a apresentação dos sintomas clínicos, vai ajudar a ave a se recuperar mais rápido, produzindo-se menos perdas econômicas.

A.N.: Quais são as previsões futuras sobre o controle desta enfermidade?

L.S.: Para o futuro se está buscando desenvolver métodos mais efetivos para a identificação de sorotipos, seja por PCR ou RFLP. E ainda melhorar a biosseguridade e trabalhar com antibióticos de maior sensibilidade.

A.N.: Para concluir, conte-nos um pouco sobre os planos da empresa no México.

L.S.: Sim, aproveitarei este espaço para contar-lhes que após o CLA 2017, nosso escritório no México estará lançando oficialmente a linha Tylvax®, portfólio de soluções sanitárias a base de Tilvalosina. A apresentação será feita em um ciclo de conferências que se baseará em oferecer soluções interessantes e inovadoras para enfermidades de impacto econômico, sendo uma delas a micoplasmose, que é um problema que afeta diretamente a produtividade da granja.

Para mais informação sobre os produtos da empresa, os convidamos a visitar as páginas www.tilvalosina.com e www.avivet.net




MERCADO +

DataProdutoValor
14/09/2020 Congelado +
(kg)
R$ 5,68
14/09/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 5,73

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
8 - 11/09/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 87,47
R$ 105,79

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies