02 dez 2020

Lar Cooperativa: complexo em MS tem capacidade para processar 450 mil ton/ano de soja

Lar Cooperativa Caarapó


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

O complexo industrial inaugurado em Caarapó (MS) dia 28/11 pela Lar Cooperativa Agroindustrial tem capacidade para armazenagem estática de 72 mil toneladas de soja e processamento de 450 mil toneladas/ano.  Com esta inauguração, biodiesel e cogeração de energia elétrica passam a fazer parte dos negócios da Cooperativa.

Lar Cooperativa

A estrutura, estabelecida em uma área de 30 hectares à margem da rodovia BR-163, possibilitará a produção anual de:

  • 90 mil toneladas de óleo;
  • 360 mil toneladas de farelo;
  • 120 mil toneladas de biodiesel/ano
  • 21 megawatts/hora de energia elétrica.

A energia elétrica produzida na unidade será suficiente para abastecer todo o complexo industrial e o excedente poderá ser comercializado. O local recebeu R$219 milhões de investimento de uma empresa privada e outros R$90 milhões por parte da Lar Cooperativa.

Lar Cooperativa Caarapó

O presidente da Cooperativa, Irineo da Costa Rodrigues, agradeceu o apoio do governo do Estado, mencionou que as indústrias de Caarapó já estão em operação com um excelente rendimento industrial, local moderno e preparado.

“A cooperativa é por sua essência uma sociedade de pessoas, formada por pessoas e que trabalha para trazer desenvolvimento às pessoas” afirmou o dirigente ao mencionar a diretriz da Lar em priorizar seus associados e funcionários.

A Lar é responsável pelo recebimento de cerca de 18% dos grãos do Mato Grosso do Sul, está presente em mais de 17 municípios e recebeu na última safra mais de 30 milhões de sacas de soja e outras 30 milhões de sacas de milho.

“Trocamos tributos por emprego”, declarou o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, ao relatar as políticas públicas do Mato Grosso do Sul com foco no desenvolvimento.

Ele mencionou ainda que já existe uma parceria com o governo do Paraná para um estudo sobre a viabilidade para uma ferrovia que leve a produção sul-mato-grossense até o Porto de Paranaguá, encurtando caminhos para a exportação.

“Gratidão à Lar por pegar uma estrutura que era massa falida de uma empresa que não conseguiu concluir o projeto”, afirmou Azambuja. “Adquiriram, investiram, agregam valor à produção e acreditam no nosso Estado”, concluiu o governador com votos de que as oportunidades possam continuar surgindo para o Mato Grosso do Sul.

Além da presença do governador, prestigiaram a solenidade o presidente da OCB-MS (Organização das Cooperativas), Celso Ramos Régis, o presidente da Assembleia Legislativa do MS, deputado Paulo Corrêa. o deputado estadual Zé Teixeira, o prefeito de Caarapó , André Nezzi, e também os secretários de Estado, Eduardo Riedel, Jaime Verruck e Geraldo Rezende.

Mais industrialização no MS

O prefeito de Caarapó, André Nezzi, falou da satisfação em ver a estrutura totalmente revitalizada e em operação, pois estava há 11 anos inativa, agradecendo a visão empreendedora da Lar e o incentivo do governo do Estado, que resultam em mais geração de emprego e renda no município.

O presidente da OCB/MS, Celso Ramos Régis, ressaltou a força do cooperativismo no Estado, no momento em que várias empresas fecham, as cooperativas crescem e com segurança. Parabenizou a Lar por continuar ampliando suas atividades e sendo extremamente relevante em diversos municípios sul-mato-grossenses.

“Buscamos sempre a viabilidade do produtor rural”, declarou o superintendente de Negócios Agrícolas da Lar, Vandeir Conrad, ao explanar sobre a relevância da nova estrutura da Lar em Caarapó. Segundo ele este é um salto para a industrialização e agregação de valor para a produção recebida pela Lar em Mato Grosso do Sul, logisticamente bem posicionada no maior polo originador de grãos da Cooperativa.

A Lar Cooperativa

Fundada em 19 de março de 1964, atua no Mato Grosso do Sul desde 2002. Atualmente é formada por mais de 11.700 associados e mais de 18 mil funcionários, sendo a Cooperativa singular que mais emprega no Brasil. A previsão de faturamento para 2020 está na casa dos R$10 bilhões.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies