02 nov 2017

Brasil: JBS fecha frigorífico em Santa Catarina

Brasil: En Santa Catarina, empresa JBS cierra frigorífico


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Dois meses depois de anunciar o fim da unidade catarinense de Morro Grande, município localizado a 242 quilômetros de Florianópolis (SC), a JBS fechou o frigorífico, sendo 26 de outubro o último dia de abate de aves. Cerca de 600 pessoas da cidade de 3.000 habitantes e da região irão assinar a demissão nos próximos dias.

A produção de aves da unidade será absorvida pelas unidades vizinhas das cidades de Forquilhinha e Nova Veneza, além de outras fábricas que a JBS mantém em Santa Catarina. No local, continuam funcionando somente a produção de rações e outros ítens agropecuários.

O diretor do sindicato dos trabalhadores, Celio Elias, afirmou que será negociado com representantes da empresa um calendário de demissões. A ideia é atender a um máximo de 60 trabalhadores por dia.

Segundo Celio Elias, um quarto dos produtores de frangos da região que abasteciam a unidade serão desligados. A unidade abatia cerca de 56.000 cabeças por dia. Ele informou ainda que, em 2016, antes que a crise se agravasse, esse número chegava a 110.000.

Quanto aos fundos de rescisão, cada funcionário com mais de um ano de casa ganhará R$1,25 mil de indenização, garantido após o acordo entre o Ministério Público do Trabalho, o sindicato e a empresa. Para quem tem menos tempo, esse valor será dividido de acordo com os meses trabalhados. Cerca de cem pessoas foram transferidas para outras unidades – GAUCHAZH – Economia.

Em nota, a JBS confirma que há negociações para a venda da unidade e que o assunto está nos planos da empresa desde que decidiu pelo encerramento das atividades de abate da planta. “A empresa esclarece que iniciou as negociações no final de setembro”, informa a nota.

O prefeito de Morro Grande, Valdionir Rocha, se reúne há dois meses com representantes da JBS e autoridades catarinenses para tratar de resolver a situação. Disse que o fechamento vai prejudicar toda a região. Somente na cidade, o encerramento das atividades representa uma queda de 60% na arrecadação.

Além disso, acrescentou, hoje o comércio sobrevive em torno das pessoas que trabalham na JBS. Para cada emprego direto dessa unidade, outros seis empregos indiretos são gerados. Ou seja, sete pessoas são afetadas por cada vaga de emprego encerrada na unidade de Morro Grande.

O fechamento deste frigorífico da JBS em Santa Catarina está dentro das medidas anunciadas, após uma série de acontecimentos que marcaram a empresa em 2017.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies