18 maio 2021

JBS vai investir R$ 1,8 bilhão na maior fábrica de empanados do mundo, em Rolândia

JBS Rolândia


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

A JBS, uma das maiores empresas do ramo agroindustrial do Brasil, anunciou no último dia 14/5 investimento de R$ 1,8 bilhão na unidade de Rolândia (PR) para a construção da maior fábrica de empanados e salsichas do mundo. A nova unidade, que já está em fase inicial de construção, ficara anexa à atual, sendo que também estão previstas expansão de turno e modernização da unidade de aves da Seara na cidade.

Com o investimento na unidade, que terá bandeira da Seara, serão gerados cerca de 2,6 mil novos empregos diretos, e também 150 novas parcerias com integrados. Atualmente, a unidade de Rolândia emprega 3.700 colaboradores diretos, além de 390 integrados.

JBS Rolândia

Obras já estão em andamento em Rolândia. Foto: Jonathan Campos/AEN

A obra de expansão já está sendo realizada e a expectativa é de conclusão no final de 2022. A expectativa é de alcançar mil toneladas de produção por dia.

Segundo o secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, o anúncio representa um marco para o agronegócio paranaense.

“O impacto é gigantesco para os produtores de proteína animal do Paraná”, ressaltou. “É desafiador ampliar investimentos, principalmente no atual cenário. Mas o Paraná tem capacidade e potencial competitivo, tem selo de qualidade de sanidade animal e um cuidado para garantir que os negócios se desenvolvam de forma sustentável, desde o pequeno produtor até a grande indústria”.

Darlan José Carvalho, diretor de negócios da companhia e responsável pela unidade de Rolândia, disse que o Paraná representa um polo muito importante para a JBS. Ele ressaltou a segurança sanitária da carne produzida no Estado, que tem qualidade reconhecida internacionalmente.

“O Paraná tem uma série de qualidades, com DNA de produção agrícola, referência na produção de grãos e de frango, além de uma excelente mão de obra e logística. Tudo isso faz a diferença na hora de decidirmos onde fazer investimentos”, explicou o diretor. “Pesa também o cuidado do Estado com a sanidade animal, que é um item importante para acessar mercados internacionais”.

Para o prefeito de Rolândia, Ailton Maistro, a expansão da JBS representa um grande ganho para a região. “Somos um município que tem carências na geração de emprego, isso afeta a cidade como um todo, e um empreendimento desse tamanho gera mais do que postos de trabalho, mas movimenta a economia como um todo, a arrecadação de impostos, atrai outros investimentos”, destacou. “Para nós é uma alegria muito grande, e ter uma gestão estadual comprometida com o avanço produtivo do Estado com certeza ajuda Rolândia a se desenvolver também”.

JBS no Paraná

Atualmente, a JBS mantém plantas em Santo Inácio, Jaguapitã, Santa Fé, Jacarezinho, Rolândia, Campo Mourão, Carambeí e Lapa. Somando os Centros de Distribuição, incubatórios e fábricas de ração, a companhia está presente em 14 municípios paranaenses. São 14,2 mil colaboradores e 2 mil produtores integrados no Estado. Com a atuação da companhia também são gerados cerca de 42 mil empregos indiretos no Estado.

Fonte: AEN

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies