01 nov 2021

Influenza Aviária: Países Baixos reportam mais um foco e 107 mil frangos são sacrificados

Influenza Aviária


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Um novo foco de Influenza Aviária foi reportado no dia 30/10 nos Países Baixos, desta vez na província da Holanda do Norte, a menos de 90 km de Zeewolde, onde foi reportado o primeiro foco da doença em 26/10. Em Grootschermer, no município de Alkmaar, a Influenza Aviária (H5) foi diagnosticada em uma granja avícola com frangos de corte.

Segundo as autoridades sanitárias oficiais se trata, provavelmente, de uma variante altamente patogênica da Influenza Aviária. Para evitar a propagação do vírus, os cerca de 107 mil frangos de corte estão sendo sacrificados, sob a coordenação da Autoridade Holandesa de Segurança de Alimentos e Produtos de Consumo (NVWA).

Influenza Aviária

Foto originalmente publicada em https://www.alkmaarsdagblad.nl/112/vogelgriep-bij-kippenboer-grootschermer

Uma outra granja, situada num raio de 1 km da granja de Grootschermer, foi bloqueada e está sendo intensamente monitorada e investigada para detecção da Influenza Aviária. Também foi determinada a proibição imediata de transporte de aves, ovos férteis, ovos comerciais, esterco e cama de frango, para granjas localizadas na zona de 10 quilômetros da granja de Grootschermer.

As autoridades sanitárias locais realizaram uma investigação de rastreamento em contatos de alto risco ocorridos anteriormente com a granja Grootschermer. Como resultado desta investigação, em 31 de outubro, 4,1 mil frangos foram abatidos em uma granja em Otterlo, situada em uma área de produção avícola muito densa.

“Embora a chance de uma infecção nesta empresa seja pequena, as consequências de um possível surto neste local são muito grandes”, informa a NVWA em seu site. “São 144 granjas avícolas na zona de 10 km do entorno da empresa”, completa.

Confinamento obrigatório

Desde o dia 26/10, as autoridades sanitárias oficiais dos Países Baixos determinaram o confinamento obrigatório a todas as empresas que mantém aves comerciais. A obrigação de triagem, por sua vez, se aplica a aves de alto risco mantidas não comercialmente (aves / galinhas, aves aquáticas entre outros), como em zoológicos, cativeiros de estimação e proprietários de pássaros e galinhas.

A recomendação é para evitar, tanto quanto possível, que as aves entrem em contato com aves selvagens doentes ou seus excrementos. Isso pode ser feito, por exemplo, mantendo os animais em um aviário. Os donos de galinhas poedeiras, reprodutoras e frangos de corte ainda estão sujeitos a uma obrigação de relatório mais estrita.

Os avicultores estão sendo orientados a relatar a perda de suas aves ao NVWA, o mais cedo possível para que as infecções por Influenza Aviária possam ser detectadas precocemente e a chance de propagação seja reduzida.




MERCADO +

Data Produto Valor
17/11/2021 Congelado +
(kg)
R$ 7,33
17/11/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 7,53

* ORIGEM BASTOS (SP)
Data Produto Valor
17/11/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 108,82
R$ 114,25

* ORIGEM BASTOS (SP)

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies