09 set 2019

Influenza Aviária é detectada em lote 67,5 mil perus no Chile

patología avícola influenza aviária


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A OIE (Organização Mundial para a Saúde Animal) comunicou um foco do vírus da Influenza Aviária levemente patógena (H7) no Chile. O foco foi detectado em perus de corte, em El Peumo, Los Nogales, Valparaiso.

 

A informação chegou à OIE no último dia 5 de setembro, enviada pelo Dr Oscar Eduardo Videla Pérez, que é Chefe de Divisão de Proteção Pecuária, Serviço Agrícola e Pecuário do Ministério da Agricultura do Chile.

 

Segundo o relatório da OIE, 13 mil perus foram afetados pelo vírus da influenza aviária levemente patógena, num lote de 67,5 mil aves. Todas as aves do lote, que apresentavam seis semanas de idade, foram submetidas ao abate sanitário e eliminadas, sendo que a fonte do surto ainda é desconhecida.

 

Natureza do diagnóstico

Provas avançadas de diagnóstico de laboratório (ex. virologia, microscopia eletrônica, biologia molecular e imunologia).

 

Informação detalhada do Foco

Foco El Peumo, Los Nogales, Valparaíso
Data de início do foco 27/08/2019
Status do foco Resolvido (04/09/2019)
Unidade epidemiológica Exploração
Animais afetados Espécies Suscetíveis Casos Mortos Abatidos e eliminados Sacrificados
Aves 67500 13.000 0 67.500 0

 

População afetada

  • A população afetada corresponde a perus de corte de seis semanas de idade.
  • Os resultados positivos foram obtidos a partir de uma amostragem de rotina interna da empresa (27/08), antes da transferência ao setor de engorda final, razão pela qual não existiu transporte de aves a outro setor.
  • No dia 28/08/2019, a empresa notificou PCR positivo matrix tipo A. No mesmo dia, o SAG coletou amostras por esfregaços e soros.
  • No dia 29/08/2019, as amostras de soro resultaram negativas (IDAG) e PCR positivo matrix tipo A e negativas a PCR H7 e H5.
  • O sequenciamento do vírus, 02/09/2019, apresentou resultado similar ao do vírus de ave silvestre H7, de baixa patogenicidade, encontrado em 2016. Amostras do vírus serão enviadas ao laboratório de referência da OIE.
  • Não foram observados sinais clínicos da doença nas aves.
  • Todos os animais suscetíveis foram sacrificados e enterrados no mesmo prédio (03/09/2019 e 04/09/2019).

 

Resumo do foco

Resumo do foco Total de focos: 1
Número total de animais afetados Espécies Suscetíveis Casos Mortos Abatidos e eliminados Sacrificados
Aves 67.500 13.000 0                 67.500 0

 

Estatística do foco Espécies Taxa de morbidade aparente Taxa de mortalidade aparente Taxa de letalidade aparente Proporção de animais suscetíveis perdidos*
Aves 19,26% 0,00% 0,00% 100,00%
*Descontados da população suscetível a partir de sua morte, destruição ou sacrifício

 

Epidemiologia

Fonte do foco ou origem da infecção

Desconhecida ou não concluinte

 

Detalhes epidemiológicos ou comentários

Foi estabelecida uma área de restrição de un quilômetro no entorno do plantel afetado e uma área de vigilância de dois quilômetros no entorno da anterior, na qual está sendo realizada vigilância ativa e levantamento epidemiológico, de acordo ao estabelecido pelo Código da OIE.

 

Medidas de Controle

Medidas implementadas

  • Restrição dos movimentos no interior do país
  • Vigilância fora da área de contenção, ou de proteção
  • Vigilância dentro da área de contenção, ou de proteção
  • Quarentena
  • Abate sanitário
  • Zonificação
  • Desinfecção
  • Vacinação proibida
  • Nenhum tratamento dos animais afetados

 

Medidas a implementar

  • Nenhuma outra medida

 

Informes futuros

O episodio continua. Informes de seguimento semanais serão enviados

 

Mapa de localização do foco

Chile: Se detecta brote de Influenza Aviar en pavos

 

 

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA

img13

Por Felipe Lino Kroetz Neto

View more


 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies