27 Maio 2019

Chile: milhares de frangos morrem queimados em grave incêndio

En Chile, miles de pollos mueren calcinados tras un fuerte incendio


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Cerca de vinte mil frangos morreram queimados, na última quinta-feira (23/5), em um incêndio que atingiu o interior de uma das plantas da empresa Ariztía, no Chile. A unidade atingida localiza-se em Malvilla, na Província de San Antonio, Região de Valparaíso.

Segundo a chilena, Radio Cooperativa, o incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros de San Antonio, não atingindo trabalhadores. No entanto, a estrutura do prédio foi danificada.

Está gostando desse conteúdo? Cadastre-se para receber nossa newsletter semanal!

Carabineros do Chile, segundo o ministério Público de San Antonio,iniciaram a investigação do caso. Segundo a entidade, a empresa avícola tem seguros comprometidos.

 

A Avícola Ariztía é a segunda empresa produtora de frangos do Chile. Seu foco principal tem sido o mercado externo e inovação de produtos para o mercado nacional, segundo divulgado no ano passado pelo gerente geral da empresa, Paulo Ariztía.

A avícola Ariztía exporta aproximadamente 24% de sua produção, principalmente para os Estados Unidos, Europa e China.

*Até o momento, a empresa Ariztía não se manifestou nos meios de comunicação locais sobre o acontecimento ocorrido em um de seus planteis avícolas.




MERCADO +

DataProdutoValor
03/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,93
03/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,84

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies