30 abr 2021

Inverno e baixa imunidade pedem cuidados na alimentação

imunidade katayama


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

Com a chegada do inverno e consequente queda de temperatura, é comum termos uma baixa na imunidade, principalmente em crianças e idosos. Isso porque o surgimento das doenças respiratórias pode ser favorecido por mudanças nos hábitos, tais como:

  • permanência por mais tempo em ambientes internos e fechados (favorecendo a circulação de diversos tipos de vírus respiratórios, inclusive de gripes, como o da Influenza, e também do Coronavírus),
  • além da alta concentração de poluentes na atmosfera, sedentarismo, redução do período do sono e alimentação não saudável.
imunidade katayama

Inverno e baixa imunidade pedem cuidados na alimentação

A Dra. Milena Cornacini, Nutricionista Clínica, Esportiva e Ortomolecular, Mestre e Doutora em Nutrição e Consultora Técnica da Katayama Alimentos, explica como alguns fatores são responsáveis pelo aumento da frequência de infecções virais do sistema respiratório durante o inverno.

“As baixas temperaturas aumentam a sobrevivência e a transmissibilidade dos vírus respiratórios. Concomitantemente, há também a redução dos mecanismos de defesa naturais do sistema respiratório, aumentando o risco de infecções, além da tendência a aglomerações e a permanência em ambientes fechados. Os vírus podem ser transmitidos tanto pelo ar como pelo contato das mãos com superfícies contaminadas”, explica.

Sendo assim, a nutrição é um fator preponderante na manutenção do estado de saúde e bem-estar das pessoas e merece uma atenção maior durante o inverno. Para que as diversas células do sistema imunológico funcionem de maneira adequada, é necessário que nutrientes apropriados (como carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e fibras) sejam ingeridos na quantidade e qualidade adequadas.

O papel do Ovo

Para reforçar a imunidade através da alimentação saudável, o ovo (gema e clara juntos) é uma ótima opção, pois reúne uma série de atributos atraentes:

  • é acessível e tem custo baixo,
  • é fácil de preparar,
  • possibilita uma variedade de pratos,
  • é harmônico em quantidade e qualidade,
  • além de naturalmente colorido e seguro sanitariamente.

“O ovo é uma excelente fonte de importantes nutrientes que podem auxiliar no aumento do sistema imunológico, quando associado a uma alimentação saudável e equilibrada. Isso porque estamos falando de uma proteína de alto valor biológico, que fornece todos os aminoácidos essenciais, vitaminas (riboflavina, vitamina E, vitamina B6, vitamina A, ácido fólico, colina, vitamina K, vitamina D e vitamina B12), minerais (zinco, cálcio, selênio, fósforo e ferro), ômega 3 e compostos ativos (luteína e zeaxantina)”, cita Dra. Milena.

E não devemos esquecer dos ovos de codornas, que são similares aos ovos de galinhas no aspecto nutricional e favorecerem o sistema imunológico, quando associados a uma alimentação saudável. Os ovinhos podem ser consumidos cozidos e temperados com azeite de oliva extra virgem e ervas naturais, como cheiro verde, orégano, manjericão, alecrim, cominho, açafrão da terra e pimenta. E são uma excelente opção proteica para complementar saladas cruas e legumes refogados.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies