30 abr 2020

OIE notifica Influenza Aviária na Hungria pela 5a vez em 2020

Influenza Aviária Hungria perus


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

No início da tarde desta quinta-feira (30/4), a OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) emitiu a 5a notificação de Influenza Aviária Altamente Patógena na Hungria em 2020. Desta vez a entidade notificou dois focos em Battonya e Nagykamarás, ao sul do país europeu.

No dia 26/4 foi constatado um foco numa granja comercial com 10.760 perus em Battonya. No dia seguinte foi constatado outro foco numa granja com 9.872 gansosem Nagykamarás, a 30 km do primeiro foco.

Influenza Aviária Hungria perus

A cepa detectada nos dois últimos focos é a H5N8, mesma encontrada nos focos notificados anteriormente na Hungria e em outros países da Europa.

No início do mês de janeiro foi emitida a primeira notificação de Influenza Aviária, no ano de 2020, na Hungria, quando foram afetados mais de 53 mil perus, com 13 semanas de idade, na cidade de Ács, ao norte do país. A segunda notificação foi emitida no início da segunda quinzena do mês de janeiro, referindo-se a um foco também no norte do país, desta vez atingindo um lote de 115.548 patos jovens.

No final do mês de março e no início do mês de abril foram emitidas a terceira e a quarta notificações pela OIE, apontando focos que afetaram 15.547 patos de 11 dias e outros 195.652 patos, todos na região central do país. Os focos demonstram o deslocamento do vírus da região norte à região sul da Hungria, havendo em alguns casos suspeita de contato das aves de produção com animais silvestres.

Os últimos focos notificados pela OIE tiveram confirmação laboratorial no próprio dia de hoje (30/4). Entre as medidas imediatamente aplicadas pelas autoridades sanitárias oficiais estão:

  • Restrição dos movimentos no interior do país
  • Vigilância fora da área de contenção, ou proteção
  • Rastreabilidade
  • Eliminação oficial de carcaças, subprodutos e dejetos de origem animal
  • Zoneamento
  • Vacinação proibida
  • Nenhum tratamento dos animais afetados

Entre as medidas que ainda seriam aplicadas a partir da confirmação dos casos em laboratório, estão abate sanitário e desinfecção.

 



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies