22 ago 2017

Honduras: Setor avícola se destaca na América Central

Honduras


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

A indústria avícola de Honduras teve um crescimento acelerado que lhe permitiu converter-se em uma referência em tecnologia, produção e sanidade na América Central. Isso lhe tem permitido abastecer o mercado interno e exportar o excedente de frango e ovos.

Com um investimento de mais de $380 milhões em tecnificação e certificação das granjas e plantas nos últimos oito anos, a indústria avícola hondurenha  está na vanguarda da região centro-americana.

Os avicultores do país estão trabalhando para adquirir as certificações de exportação para poder introduzir seus produtos avícolas no mercado norte-americano e também no continente asiático.

O presidente da Federação Nacional de Avicultores de Honduras (FENAVIH), Juan José Cruz, informou que o objetivo é buscar exportar os produtos avícolas para outros mercados, entre eles, EUA.

Ainda que hoje somente exporte aos países vizinhos, a visão da indústria é poder atender mercados tão exigentes como o dos Estados Unidos, com o qual já começou – há mais de 10 anos – o processo de certificação para poder exportar frango cozido – Síntesis Avícola.

O representante da FENAVIH afirmou à Rádio América, que o setor avícola já tem uma solicitação de certificação nos Estados Unidos . Portanto, neste momento, se está trabalhando sobre o informe preliminar enviado pelas autoridades norte-americanas, com relação às situações que precisam ser sanadas.

Juan José Cruz manifestou ainda que a produção aviária hondurenha é de altíssima qualidade e, por esta razão, o setor avícola vê a viabilidade da certificação para exportar seus produtos aos Estados Unidos, um mercado muito rigoroso.- Veja no aviNews.

Deve-se ressaltar que a indústria avícola possui plantas de poedeiras, incubatórios, granjas e plantas processadoras (estrutura da produção avícola), registrando um grande avanço na implementação de tecnologia de ponta. Em alguns casos, contando com equipamento único, que não há em nenhum outro país da região, e cujo nível é similar ao de grandes produtores mundiais como Estados Unidos e Brasil.

O titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Arnaldo Castillo, destacou que Honduras é o único país da América Central que está livre de todas as enfermidades aviárias que restringem o comércio, carta que lhe tem permitido iniciar o processo de expansão no mercado exterior.

Embora esse processo esteja sendo concluído, os produtores estão trabalhando para poder entrar no mercado asiático, especificamente em Taiwan.

“Os empresários asiáticos interessados já recorreram aos centros e plantas de produção e esperamos que nos próximos dois meses possamos começar a exportar. Outro destino no qual projetamos entrar este ano são as Ilhas Cayman”, afirmou o Secretário de Desenvolvimento Econômico.

O titular da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Arnaldo Castillo, apontou que a meta é poder industrializar mais ou agregar valor ao produto avícola para poder entrar em mercados mais específicos.

Por outro lado, o diretor da Associação Nacional de Avicultores de Honduras (ANAVIH), Sergio Castro, apontou que “o país tem uma indústria avícola ‘de primeiro mundo’ e que está apostando em seu crescimento”.

Ele também explicou que cerca de 85% da indústria está tecnificada e que os outros 15% já estão em processo de transformação. A zona norte do país abriga 80% das granjas e, além de exportar frango, também está comercializando “ovos férteis (para poder obter frangos) e pintos de um dia”, cujo destino é El Salvador e Costa Rica.

Os produtores avícolas hondurenhos afirmam que têm capacidade de continuar crescendo se o mercado assim exigir, já que seus produtos são de primeira qualidade, tanto os ovos como o frango.



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA

img13

Por Felipe Lino Kroetz Neto

View more


 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies