20 fev 2020

Exportações de genética avícola decrescem em janeiro

exportaciones huevos fértiles material genético avícola


Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Dados da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) mostram que em janeiro, as exportações brasileiras de ovos férteis e de material genético avícola alcançaram ao todo 1.194 toneladas, volume 37,2% menor em relação as 1.902 toneladas embarcadas no mesmo período do ano passado.

Apenas os embarques de ovos férteis registraram 1.121 toneladas, volume 38,2% menorcomparado ao mesmo mês de 2019, com 1.816 toneladas. Em receita, as exportações marcaram US$ 4,834 milhões, uma queda de 40,1%referente ao mesmo período analisado, quando o valor obtido foi de US$ 8,064 milhões.

ovos férteis material genético avícola

O volume das exportações de material genético reduziu 16% em janeiro, totalizando 73 toneladas, contra as 87 toneladas enviadas no mesmo mês do ano passado. O saldo das exportações alcançou US$ 4,313 milhões, uma diminuição de 33,7% do valor registrado em 2019, com US$ 6,507 milhões.

De acordo com Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA, a queda das exportações brasileiras de material genético avícola está relacionada ao aumento da demanda interna por genética avícola voltada para a produção de carne.

“Com o incremento das exportações brasileiras de carne de frango, o Brasil vem priorizando o alojamento de aves de corte. Este efeito já era esperado para atender as demandas dos mercados interno e externo por proteína animal”, analisa Santin.

Entre os principais destinos das exportações brasileiras do segmento de genética e ovos férteis do Brasil no período analisado, está o Senegal, que importou 430 toneladas. Outro mercado com bom desempenho no mês foi o Paraguai, cujas importações totalizaram 341 toneladas.

SOBRE A ABPA

A ABPA é a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega mais de 140 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 8 bilhões.

Sob a tutela da ABPA está a gestão, em parceria com a Apex-Brasil, das quatro marcas setoriais das exportações brasileiras de aves, ovos e suínos: Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders e Brazilian Pork.

Por meio de suas marcas setoriais, a ABPA promove ações especiais em mercados-alvo e divulga os diferenciais dos produtos avícolas e suinícolas do Brasil – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção – e fomenta novos negócios para a cadeia exportadora de ovos, de material genético, de carne de frangos e de suínos.

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies