09 fev 2018

Exportações de ovos in natura são as maiores desde março/16

exportações de ovos in natura


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

As exportações de ovos in natura pelo Brasil têm apresentado forte ritmo de recuperação neste início de 2018, apresentando os melhores resultados desde março/16, segundo o Centro de Estudos Avnçados em Economia Aplicada (Cepea – Esalq/USP). O volume embarcado e a receita em dólar de janeiro são os mais elevados dos últimos 21 meses.

De acordo com dados da Secex, o volume exportado em janeiro totalizou 1.119 caixas com 30 dúzias de ovos in natura, mais de cinco vezes acima do volume de dezembro/17. A receita obtida com os envios aumentou na mesma proporção, somando US$ 1.296,873 em janeiro, contra US$ 252,020 em dezembro/17.

No mercado doméstico, por sua vez, segundo colaboradores do Cepea, o consumo aquecido e a baixa disponibilidade do produto têm impulsionado as cotações dos ovos.

Entre 1º e 8 de fevereiro, o ovo tipo extra, branco, colocado na Grande São Paulo, registrou alta de 5,33%, com a caixa com 30 dúzias do produto na média de R$ 75,48 nessa quinta-feira, 8. Quanto ao ovo tipo extra, vermelho, colocado na Grande São Paulo, as cotações subiram 6,6% entre 1º e 8 de janeiro, para a média de R$ 88,74/cx nessa quinta (8/2).

Fonte: Cepea




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies