15 dez 2017

Exportação de ovos é a menor desde janeiro de 2012

ovos


AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

A exportação de ovos registrou o menor volume desde janeiro de 2012, quando teve início a série histórica do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq). A marca foi alcançada a partir dos resultados de novembro, que foi o segundo mês consecutivo no qual as exportações de ovos apresentaram recuo.

No mês passado, conforme dados da Secex, o Brasil exportou 5.590 caixas com 30 dúzias de ovos in natura. A quantidade é 40,4% menor que a embarcada em outubro e 96,2% inferior à exportada em janeiro de 2012.

Segundo pesquisadores do Cepea, a redução gradual do volume exportado ao longo de 2017 está atrelada à maior atratividade do mercado doméstico. Seja por consumo direto ou pela indústria de alimentos, o mercado interno vem conseguindo absorver a oferta do produto.

Quanto aos preços, as cotações internas dos ovos subiram nos últimos dias devido ao aumento do consumo, típico em final de ano.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br




MERCADO +

DataProdutoValor
22/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,99
22/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,15

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies