24 fev 2021

Enzimas alimentares: o segredo para reduzir as emissões na produção animal e aumentar a rentabilidade da fazenda

DSM Enzimas
get_the_title



AUTOR(ES)

José Francisco Miranda

Gerente de Marketing da DSM na América Latina

Diamond V
enzimasTecnologias da DSM como enzimas alimentares, melhoram a digestibilidade das proteínas e otimizam seus valores nutricionais, ajudando a diminuir os níveis de GEE, nitrogênio e fósforo no ambiente e, ao mesmo tempo, contribui para a saúde e bem-estar animal, gerando ganhos de desempenho; este é um dos temas da iniciativa global da companhia “We Make it Possible”.

enzimasSegundo o World Resources Institute, até 2050, o crescimento previsto na produção de proteínas é de 445 milhões de toneladas por ano e, consequentemente, os níveis das emissões globais de gases de efeito estufa (GEE) poderão ser elevados, já que produziremos mais.

 

enzimasPara responder a este e outros desafios enfrentados pela indústria, a Royal DSM quer contribuir para a redução das emissões provenientes da produção de proteína animal e, ao mesmo tempo, acelerar o desenvolvimento de soluções que impliquem em uma transformação robusta e viável para um futuro mais sustentável.

 

‘Reduzir as emissões na produção animal’ é uma das seis importantes plataformas de sustentabilidade que permeiam a iniciativa estratégica We Make It Possible (Nós tornamos isso possível, em português), da DSM.
enzimasAlinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, especificamente com a meta 13.2, a plataforma da iniciativa visa integrar medidas contra as alterações climáticas em 100% até 2030.

No entanto, para atingirmos essa meta é fundamental obter mais com menos, respeitando os limites do planeta e diminuindo as emissões indiretas de GEE associadas à produção animal, bem como as emissões de resíduos de nitrogênio e fósforo.

enzimas

Enzimas alimentares: o segredo para reduzir as emissões na produção animal e aumentar a rentabilidade da fazenda

Os aditivos para rações, como as enzimas alimentares, são ótimas alternativas para enfrentar este desafio, pois ajudam a reduzir a quantidade de resíduos gerados na criação animal, proporcionando impacto significativo no meio ambiente e ganhos de desempenho e saúde.

Neste aspecto, a DSM desenvolveu duas importantes e inovadoras tecnologias, em parceria com a Novozymes, que contribuem para a redução das emissões de nitrogênio e fósforo, ao mesmo tempo que melhora a digestibilidade dos alimentos e extrai mais nutrientes das matérias-primas: a RONOZYME®ProAct e a RONOZYME®HiPhos.

enzimas

 

enzimasRONOZYME®ProAct

A protease RONOZYME®ProAct:

quebra as moléculas de proteínas e peptídeos em partículas ainda menores,

 

diminui os fluxos de nitrogênio

 

aumenta o poder de absorção dos ingredientes (principalmente milho e soja).

 

enzimasEssa tecnologia possibilita uma utilização mais eficiente da proteína e reduz os custos com alimentação sem comprometer o desempenho animal.

 

Ao incluir RONOZYME®ProAct na dieta dos frangos de corte:

enzimasa digestibilidade da proteína bruta é de 82,6%,
permitindo a redução de 17% de nitrogênio nas fezes e

enzimasredução em até 5% das emissões de GEE.

 

 

RONOZYME®HiPhos

enzimasJá a fitase RONOZYME®HiPhos:

eleva a liberação de fósforo presente na ração animal,

contribui para uma maior absorção desse elemento químico pelas aves.

 

enzimasDesse modo, a necessidade de fosfato exógeno na ração é menor, otimizando os custos de produção, além de reduzir o impacto ambiental, já que os animais excretam menos fósforo em uma dieta contendo a tecnologia.

 

enzimas

Enzimas alimentares: o segredo para reduzir as emissões na produção animal e aumentar a rentabilidade da fazenda

 

ALIMENTANDO O FUTURO

Com o propósito de chamar a atenção de todos os envolvidos para a criação de sistemas alimentares mais sustentáveis e trazer à tona os principais desafios enfrentados pela indústria, a DSM criou o podcast ‘Alimentando o Futuro’.

Lançado em novembro de 2020, o novo canal de conteúdo tem apresentação do Professor e engenheiro agrônomo, Dr. Marcos Fava Neves, e traz em seis episódios, as áreas fundamentais para o desenvolvimento de uma produção mais sustentável de proteínas animais.

O conteúdo está disponível nas principais plataformas de podcast.

 

enzimas



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Abril 2021

ARTIGOS DA REVISTA

img13

Por Felipe Lino Kroetz Neto

View more


 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies