03 dez 2018

Emprego de dados do lote de reprodutoras para a tomada de decisões

producción avícola empregos de dados reprodutoras


AUTOR(ES)

Shawn Carlton

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol) English (Inglês)

O objetivo de qualquer programa de reprodutoras pesadas é produzir o maior número de ovos férteis e pintos nascidos por galinha alojada. Uma análise dos dados produtivos pode ajudar a determinar quais lotes estão atingindo o seu potencial genético e quais não.

Na hora de realizar uma análise dos dados produtivos, devem ser consideradas:

Emprego de dados ReprodutorasAs curvas de peso corporal
Emprego de dados ReprodutorasA uniformidade
Emprego de dados ReprodutorasA produção
Emprego de dados ReprodutorasA mortalidade de machos e fêmeas ao longo das fases de crescimento dos pintos e das galinhas

A identificação de tendências nesses parâmetros ajudará a determinar que indicadores produtivos poderíamos estar ignorando na hora de obter os resultados desejados.¡

Comparar os lotes melhores com os piores pode lançar luz sobre o motivo pelo qual os lotes “ruins” têm um rendimento pior.

Emprego dados reprodutoras

O objetivo de qualquer programa de reprodutoras pesadas é produzir o maior número de ovos férteis e pintos nascidos por galinha alojada. Uma análise dos dados produtivos pode ajudar a determinar quais lotes estão atingindo o seu potencial genético e quais não.

Principais áreas de atenção

emprego de dados reprodutorasAtingir um peso padrão às 4 semanas de idade para conseguir uma maior uniformidade do lote.

Evitar que os pesos corporais dos machos e fêmeas sejam excessivos durante a fase de manutenção — 6 a 15 semanas de idade.

emprego de dados reprodutorasQue as fêmeas obtenham o desenvolvimento adequado de 16 a 20 semanas de vida, o que é importante para prepará-las para a fase de postura. Atualmente acredita-se que o desenvolvimento adequado está relacionado a um aumento de 35% do peso nesta fase.

Emprego de dados reprodutorasControlar o peso dos machos no momento do traslado. Os machos DEVEM estar sincronizados com as fêmeas no momento do traslado.

Realizar uma transição suave do galpão de recria ao de produção.

Emprego de Dados reprodutorasColeta de dados

O sucesso de qualquer programa de reprodutoras deve se basear nos dados.

A tomada de decisões dependerá da qualidade das informações, sendo necessário contar com números exatos e completos, o que implica certificar-se de que toda a equipe que coleta dados no complexo o faça sob o mesmo formato, já que a forma como os dados são recopilados ou monitorados, pode levar a uma distorção dos resultados.

emprego de dados reprodutorasPor exemplo, a pesagem das aves deve ser realizada da mesma forma em todos os galpões — pesar três currais no galpão para obter um peso médio, pesar todas as aves que são capturadas.

É importante identificar e eliminar os dados produtivos que se desviam da média, já que esses dados podem distorcer os resultados, para ter uma imagem mais clara do rendimento geral do lote.

Produção de ovos

A produção do maior número de pintos por galinhas alojadas ao menor custo é o objetivo principal de um programa de manejo de reprodutoras.

emprego de dados reprodutorasAvaliar a produção de ovos é o primeiro passo na análise dos dados produtivos. Uma vez que se tenha identificado os lotes melhores e piores, será mais fácil descobrir qual é a causa da discrepância.

 

Fatores que podem ser associados a uma baixa produção de ovos

 

Emprego de dados reprodutoras iluminaçãoIluminação inadequada ou deficiente. A intensidade deve aumentar 10 vezes no galpão de postura em relação à fase de criação.

emprego de dados reprodutoras espectro luminosoEmprego do espectro luminoso inadequado. As aves de produção são estimuladas sob um espectro luminoso vermelho/alaranjado. No caso de usar lâmpadas LED, recomenda-se uma classificação de 2700 Kelvin.

emprego de dados reprodutoras dimensionamentoDimensionamento e instalação inadequada da iluminação no galpão.

emprego de dados reprodutoras espaço comedouroEspaço de comedouro inadequado.

emprego de dados reprodutoras águaVolume ou disponibilidade de água inadequado nos momentos de maior demanda.

emprego de dados reprodutoras estresseEstresse excessivo — como resultado da vacinação ou devido ao traslado do galpão de recria ao de postura.

emprego de dados reprodutoras nutrientesFalta de nutrientes no alimento.

emprego de dados reprodutorasNão atingir os objetivos de peso corporal.

emprego de dados reprodutoras alerta

Pode ser difícil determinar que fatores poderiam estar influenciando para uma baixa produção de ovos, já que mesmo uma diferença de 1-2% na mortalidade pode ter um grande efeito na produção.

emprego de dados reprodutoras próximo

Um aumento da mortalidade das galinhas equivale a 1,5 ovos incubáveis a menos, por isso a produção de ovos pode ser significativamente afetada por diferenças insignificantes na mortalidade entre lotes.

emprego de dados reprodutoras pintinhoA fertilidade e a incubabilidade são outros dos grandes determinantes do número de pintos por galinha alojada. É importante monitorar o peso dos machos e o desenvolvimento no galpão de postura.

Pesos corporais na recria

emprego de dados reprodutoras tabela recria

emprego de dados reprodutoras curvaCurvas de peso corporal e uniformidade

Outros dois parâmetros que devem ser contemplados numa análise de produção são o peso e a uniformidade.

Emprego de dados ReprodutorasÉ importante certificar-se de que a curva de peso corporal de cada lote corresponda ou se aproxime dos padrões no momento da simulação. Os pesos corporais que forem muito baixos ou altos afetarão negativamente o pico de produção.

Tipicamente, o peso dos lotes do limite inferior tende a estagnar entre as semanas 16 e 20 se forem pesados na fase de manutenção da recria, ou se tiverem um ganho de peso excessivo no início de sua permanência no galpão de produção.

 

emprego de dados reprodutoras É recomendável aumentar o consumo de alimento durante a produção para que as galinhas possam ter um rendimento ótimo durante a fase de postura, momento em que os lotes do limite inferior podem ultrapassar os do limite superior. Por isso, é possível corrigir os lotes com pior rendimento, mas somente se essas informações forem monitoradas de perto.

Curvas de alimentação

Monitorar as curvas de alimentação de cada lote é o último passo da análise de dados produtivos.

Considerando que o alimento influencia diretamente no peso corporal, que por sua vez determina a produção de ovos, é um indicador-chave para demonstrar diferenças entre lotes de alto e baixo rendimento.

Geralmente, a curva de alimentação deveria aumentar ao longo do pico de produção e começar a declinar a partir da semana 29.

Alimentação durante o pico

emprego de dados reprodutoras tabela alimentação durante o pico

 

Fatores que influenciam nas curvas de alimentação

Retirada do alimento após o pico

emprego de dados reprodutoras tabela

Existem muitos fatores que influenciam nas curvas de alimentação. A quantidade de alimento é o fator mais influente, mas outros fatores têm impacto nas curvas de alimentação:

emprego de dados reprodutorasDisponibilidade de nutrientes

emprego de dados reprodutoras espaço comedouroEspaço de comedouro

emprego de dados reprodutoras águaDisponibilidade/quantidade de água

Emprego de dados ReprodutorasAs decisões devem ser tomadas com base nos dados compilados na granja em particular. Quando se trata de produção avícola, especialmente em reprodutoras pesadas, uma pequena variação pode ter um grande impacto no limite inferior.

Emprego de dados ReprodutorasUm registro constante e preciso das informações é fundamental para estar ciente dos aspectos da produção que precisam ser alterados.




MERCADO +

DataProdutoValor
05/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,94
05/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,94

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies