10 jun 2018

El Salvador fomenta fontes de energia renovável de dejetos avícolas

El Salvador fomenta fuentes de energía renovable de desechos avícolas


AUTOR(ES)

María de los Angeles Gutiérrez

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Teve início, em El Salvador, um novo processo de licitação para a geração de 28 megawatts (MW) de energia renovável não convencional para geração distribuída de energia solar fotovoltaica e biogás. A informação foi divulgada pela distribuidora de eletricidade DELSUR, junto com a Vice-presidência da República e Secretaria Técnica de Planejamento, o Vice-ministério do Comércio e Indústria, Conselho Nacional de Energia (CNE), Organismo Promotor de Exportações e Investimentos de El Salvador (PROESA) e a Superintendência Geral de Eletricidade e Telecomunicações (SIGET).

Esse processo de licitação é baseado em diversos estudos que permitiram identificar potenciais recursos provenientes de fontes renováveis em El Salvador, como a geração solar fotovoltaica em teto e sobre piso em pequena escala, e a geração a base de biogás a partir do aproveitamento dos resíduos orgânicos em granjas de galinhas, frangos, suínos e bovinos.

Os processos anteriormente mencionados constituem uma ferramenta importante para o cumprimento dos alinhamentos estratégicos projetados na Política Energética Nacional para Diversificar a Matriz Energética e Fomento às Fontes Renováveis de Energia.

O objetivo dessa licitação é fomentar o uso das energias renováveis e contribuir com novos investimentos em energias renováveis a pequena escala, por se tratar de um setor que não tem possibilidade de participar do mercado atacadista. A iniciativa também pretende continuar a promover e desenvolver a geração distribuída, considerando o potencial das diferentes tecnologias.

A potência total oferecida é de 28 Megawatts, dos quais 20 Megawatts correspondem a energia solar fotovoltaica e 8 Megawatts a Biogás. Os ganhadores serão contratados por um período de 15 anos, esperando que iniciem as operações a partir de 2020.

No processo poderão participar projetos solar fotovoltaicos sobre solo ou sobre teto de até 2MW e de até 1 MW para projetos de biogás que utilizem resíduos orgânicos como recurso.

As empresas vencedoras contribuirão com 3% de suas receitas anuais pela venda da energia, o que servirá para dinamizar a economia local e o desenvolvimento social sem prejudicar o meio ambiente.

A previsão é de que esses novos projetos de energia renovável significarão um investimento de cerca de US$58 milhões para El Salvador nos próximos dois anos, que poderão atender a demanda de aproximadamente 41.000 lares.

As iniciativas também aumentarão a penetração da energia renovável não convencional e a conseguinte diversificação da matriz energética do país, considerando as vantagens ambientais, estabilidade de preços e aproveitamento dos recursos naturais da nação.

A distribuidora selecionada para coordenar técnica e administrativamente a licitação foi a DELSUR, devido à sua boa gestão no manejo dos processos anteriores, transparência e profissionalismo para a condução dos mesmos.

Às empresas interessadas em colocar à disposição seus projetos de investimento é feito o convite, em nível nacional e internacional, para que participem desse processo de licitação. A publicação prévia das bases estará disponível em meados de junho de 2018 no site das Distribuidoras e Instituições do Setor Elétrico de El Salvador. Dessa forma será possível realizar as consultas e observações para sobre a documentação definitiva.

Com informações do Organismo Promotor de Exportações e Investimentos de El Salvador(PROESA).

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies