detoxa plus galinhas de postura
get_the_title



AUTOR(ES)

Carolini Prigol

M.V. Carolini Prigol – Assistente Técnica Vetanco Brasil. Médica Veterinária pela UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina. Atualmente atuando na Vetanco como Assistente Técnica do Departamento Técnico - Aves e Suínos.

Fabrizio Matté

Consultor Técnico - VETANCO Brasil Médico Veterinário, Especialista em Sanidade de Aves e Suínos pela Unoesc. Ênfase em Sanidade de Aves e Mestre em Zootecnia pela UTFPR. Linhas de pesquisa: Produção e Nutrição de Aves. Atualmente atuando como Consultor.

Vetanco Detoxa PlusA ração balanceada que é fornecida às galinhas de postura comercial tem impacto de 55% a 60% no custo de uma dúzia de ovos.

Contaminantes como as micotoxinas causam perdas significativas na qualidade da ração e nos resultados gerais de produção.

As micotoxinas são metabólitos produzidos por diferentes tipos de fungos sob estresse. Esses fungos geralmente contaminam os cereais e produzem toxinas em diferentes pontos da cadeia de produção.

Quando as micotoxinas são ingeridas por animais, elas causam várias alterações na saúde que variam de acordo com os tipos e quantidades de micotoxinas ingeridas.

ADITIVOS ENZIMÁTICOS ANTI-MICOTOXINAS

Hoje, se tem disponíveis vários métodos para controlar as micotoxinas. Algumas micotoxinas apresentam uma complexa estrutura química e a maneira mais eficiente de controlá-las é por meio de aditivos enzimáticos anti-micotoxinas. Esses aditivos não dependem da polaridade das micotoxinas, mas agem especificamente sobre elas.

Autores (J.P. Jouany., 2007; M.R. Armado et al., 2012; K. Tso et al., 2019) demonstraram que diferentes cepas de Saccharomyces cerevisiae possuem as enzimas necessárias para biotransformar as principais micotoxinas como tricotecenos, ocratoxinas, fumonisinas e zearalenona.

Vetanco Detoxa Plus Micotoxinas Galinhas de Postura

vetanco detoxa plus galinhas de posturaUm experimento foi realizado na Universidade do Estado de Santa Catarina, Campus de Chapecó, Brasil, para demonstrar a eficácia de um inativador enzimático de micotoxinas (DETOXA® PLUS) sobre aves de postura desafiadas experimentalmente com Fumonisina B1 (FB1) e Toxina T2 (T-2).

O teste contou com 60 aves Hy-line Brown de 25 semanas de idade. Essas aves foram divididas em cinco grupos experimentais com quatro repetições por grupo. As aves foram alojadas em gaiolas tradicionais equipadas com comedouros em linha e sistema de bebedouros nipple.

As micotoxinas FB1 e T-2 foram produzidas em pureza pelos métodos padronizados e foram adicionadas à ração em diferentes concentrações de acordo com o grupo experimental.

OS GRUPOS EXPERIMENTAIS

Os níveis de FB1 e T-2 nas dietas de poedeiras deste estudo estão demonstrados na tabela abaixo:

vetanco detoxa plus micotoxinas galinhas de postura

Nota 1: ND – não detectado (Limite de quantificação 30 ppb). Cromatografia líquida com detecção por espectrometria de massa (HPLC – MS / MS).

PARÂMETROS AVALIADOS

RESULTADOS ZOOTÉCNICOS

Os parâmetros zootécnicos foram avaliados em três ciclos de 28 dias cada. Dentre eles foram avaliados:

A porcentagem de postura

O peso médio dos ovos

Massa dos ovos

Consumo de ração

Conversão alimentar (kg de ração/kg de ovo e kg/dúzia)

 

QUALIDADE DO OVO

Ao final de cada ciclo, foram avaliadas:

A dureza da casca do ovo

A espessura da casca

As porcentagens de gema, albumina e a casca de ovo

 

BIOQUÍMICA SANGUÍNEA

Nas semanas 24ª, 29ª, 33ª e 37ª de idade, o sangue foi retirado de oito aves por grupo para avaliar:

Proteínas totais

Albuminas e globulinas totais

Fosfatase alcalina

Alanina aminotransferase

 

RESULTADOS

PARÂMETROS ZOOTÉCNICOS

Vetanco Detoxa Plus Galinhas de Postura
Vetanco Detoxa Plus Micotoxinas Galinhas de postura

Como pode ser visto, em todos os parâmetros foram observadas diferenças significativas entre ambos controles, confirmando o efeito negativo das micotoxinas.

Com relação aos tratamentos, Detoxa® Plus atingiu valores similares ao controle negativo no peso dos ovos, embora tenha melhorado os resultados em comparação com o controle positivo, em porcentagem de postura, consumo de ração e taxa de conversão alimentar.

QUALIDADE DO OVO

Na qualidade dos ovos, o desafio com as micotoxinas diminuiu a resistência da casca quando comparado aos dois controles.

Só foram encontradas diferenças significativas com os tratamentos na porcentagem de albumina, sendo significativamente mais elevados nos grupos tratados, em comparação até mesmo com o controle negativo.

Vetanco Detoxa Plus Micotoxinas Galinhas de Postura

Vetanco Detoxa Plus Galinhas de PosturaBIOQUÍMICA SANGUÍNEA

Na avaliação das enzimas hepáticas na triagem da bioquímica sanguínea foram observadas diferenças significativas entre os controles para os níveis de alanina aminotransferase com 37 semanas de idade.

A atividade da ALT nas aves pode estar elevada em decorrência de dano em múltiplos tecidos, dificultando muitas vezes a interpretação (HARR, 2002).

Os níveis de fosfatase alcalina, associada ao metabolismo do cálcio e fósforo com participação nas atividades osteoblásticas e condrogênicas, foram similares entre tratamentos e controle positivo, mas foram observadas diferenças entre os controles.

As alterações nos níveis de fosfatase alcalina suportam a ideia de que o osso medular promove cálcio durante a formação da casca dos ovos e armazena cálcio quando não há ovo no útero (Etches, 1987). De acordo com Taylor (1965), o nível de fosfatase alcalina, que está relacionado às atividades osteoblásticas é maior quando o processo de formação da casca do ovo não está acontecendo.

Vetanco Detoxa Plux Galinhas de Postura

DISCUSSÃO

O desafio das micotoxinas teve um impacto negativo sobre as aves, afetando:

Todos os parâmetros zootécnicos,

Ligeiramente a resistência da casca e

Os níveis de alanina aminotransferase

Esses resultados indicam que o consumo prolongado de micotoxinas:

Altera os parâmetros zootécnicos,

Diminui a resistência da casca do ovo e

Provoca alterações hepáticas, resultando em um aumento das enzimas hepáticas no sangue.

A suplementação com Detoxa® Plus 0,5 kg/t e 1 kg/t teve efeito positivo sobre os parâmetros zootécnicos quando comparado ao controle positivo:

Melhorando o peso dos ovos em 4,26% e 7,14%, respectivamente;

A porcentagem de postura nos três ciclos de produção, chegando a 12,8% na 37ª semana,

Além do consumo de ração e a taxa de conversão alimentar, em comparação com o controle positivo.

Adicionalmente a isto, a administração de Detoxa® Plus gerou aumento na porcentagem de albumina nos ovos.

CONCLUSÃO

Detoxa® Plus melhorou os parâmetros produtivos das aves desafiadas durante três ciclos de 28 dias.

No período de 25 até 37 semanas de idade, mesmo com o desafio das micotoxinas FB1 e T-2 simunltaneamente, o uso do Detoxa® Plus favoreceu o aumento da porcentagem de albumina nos ovos.

Detoxa® Plus uma garantia de bons resultados nos períodos de desafios por micotoxinas!

COMITÊ DE ÉTICA

Esse trabalho foi aprovado pela Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC), protocolo número 3089070619. Informações mais detalhadas estão disponíveis em: https://doi.org/10.1016/j.micpath.2020.104517

uniwall mos 25



NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies