AUTOR(ES)

Eduardo Cervantes López

diagrama de ishikawa

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

Esta ferramenta Gerencial ajuda a analisar os fatores que contribuem para um problema, de maneira estruturada, com o objetivo de identificar as causas raiz que o ocasionam. Identificar essas causas facilita o desenho de ações a serem adotadas para controlar, ou eliminar o problema.

O diagrama de Ishikawa (também chamado diagrama de espinha de peixe) é um tipo de Mapa Mental, no qual as causas imediatas ou diretas do Problema Central estão agrupadas em seis (6) categorías, denominadas os seis “ M ”. O propósito de agrupar as causas desta maneira é ser o mais rigoroso possível nas análises do problema.

diagrama de ishikawaPor sua vez, para cada causa imediata pode-se identificar causas de segunda ordem, terceira ordem etc., dependendo do nível de detalhe que se queira alcançar.

Para ilustrar a aplicação desta técnica, apresentamos exemplos de duas situações que têm grande relevância no rendimento, qualidade e inocuidade dos frangos processados.

CASO # 1

AVES MAL SANGRADAS

Dependendo do clima e altura acima do nível do mar, os parâmetros de controle mudam. Além disso, quando as pessoas que realizam o abate não executam seu trabalho de forma correta e os equipamentos não estão adequadamente regulados, também se apresenta esse detalhe de qualidade.

O sangue representa aproximadamente 7% do peso vivo. Comercialmente, drena-se entre 45% e 50% do mesmo. Lembre-se que o sangue é distribuído assim: 84% na rede de vasos sanguíneos e 16% nos diferentes órgãos.

Para ter este processo dentro dos parâmetros, sugere-se selecionar um grupo de frangos durante o turno e pesá-los individualmente. Seu peso vivo equivale a 100%. Antes de os animais entrarem na escaldadora, retirá-los dos ganchos e voltar a pesá-los.

Essa diferença de peso deve ficar próxima de 3%. Portanto, os frangos devem pesar 97%, comparado ao frango vivo.

Abate de Aves em climas quentes e altitude inferior a 800 metros

Sua fisiologia cardiovascular se caracteriza pela vasodilatação, para dissipar calor. Além disso, o ar entra nos pulmões com a maior pressão possível.

O tempo de sangria adequado oscila entre 1 minuto e 30 segundos, até 1 minuto e 45 segundos. Cada planta deve estabelecer o tempo mais conveniente.

diagrama de ishikawaAbate de frangos em climas temperados a frios, com altitudes superiores a 800 metros

Os animais chegam à planta com os vasos sanguíneos dilatados. Este detalhe pontual é percebido claramente ao abrir das asas pela parte interior.

Nestes climas sua fisiologia propicia a vasoconstrição para conservar o calor.

Se, à situação anterior, agregamos o aumento da altitude, haverá indução para que as aves produzam mais glóbulos vermelhos – os únicos capazes de transportar o oxigênio – no momento da troca venosa, retornando o sangue ao coração, devidamente oxigenado. Com isso, conserva-se a homeostase, porque ocorre um aumento da pressão com a qual este gás entra nos pulmões.

Resultado: A quantidade extra de glóbulos vermelhos aumenta a viscosidade do sangue.

Estas circunstâncias especiais exigem que se aumente o tempo de sangria entre 3.0 e 3.5 minutos, evitando-se o acúmulo de sangue nas asas. Durante a coleta dos animais, logo após saírem da última depenadeira para os primeiros equipamentos automáticos de evisceração, ou na calha quando esse processo é realizado manualmente, nota-se o piso cheio de sangue bem abaixo do trajeto dos frangos.

Em algumas plantas, quando a situação se torna crítica, recorre-se à Estimulação Elétrica, com o objetivo de aumentar a quantidade de sangue drenada.

Este detalhe – sangue armazenado nos frangos – induzem os controladores de qualidade a condenar parcial, ou totalmente as aves. Esta decisão afeta o rendimento dos frangos que estão sendo processados.

Abate 

Independentemente de ser manual, ou automático, deve-se evitar seccionar a traqueia e o cordão nervoso. Se isto acontece, as aves morrem por asfixia e a interrupção das mensagens enviadas pelo cérebro ao coração, fazem-no deixar de bater. Em alguns países a traqueia é cortada por exigências especiais. Dependendo da apresentação do animal, os fiscais de qualidade as rejeitam parcial, ou totalmente, afetando o rendimento dos frangos processados.

O parâmetro de controle para os frangos mal sangrados é de 0,03% acima do total das aves beneficiadas.

 

diagrama de ishikawa

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

 

diagrama de ishikawaCASO # 2

AVES DEPENADAS DEFICIENTEMENTE

Uma boa depena exige que as operações anteriores sejam realizadas corretamente, desde a pendura das aves no transportador aéreo de abate, até a entrada às depenadeiras. De fato, a retirada das penas exige manejo cuidadoso.

diagrama de ishikawadiagrama de ishikawaPendura

Manter todos os ganchos cheios. Além disso, as patas devem estar bem ajustadas e simétricas. Durante a depena, os ganchos vazios movemse muito, maltratando os frangos ao lado.

Trajeto da última pendura à entrada do atordoador

Se as aves estão intranquilas, durante seu trajeto batem asas com diferentes níveis de intensidade.

Causas

O massageador de peito não se encontra bem regulado e o percurso não está convenientemente escurecido. Por essa razão, descem ao atordoador estressados, impedindo que percam a consciência por não introduzirem a cabeça no tanque de água. Essa parcela passa com o pescoço levantado e batendo asas intensamente. Esse comportamento é resultado do Pré-choque que sentem à entrada. Em algumas processadoras esta situação não é resolvida, a menos que se aumente a voltagem e, consequentemente, a amperagem.

 

Aturdimiento

Esse equipamento atende a uma das demandas de Bem-estar Animal. Ao aumentar a corrente como mencionado anteriormente, provoca-se maior contração muscular, que prende mais as penas dentro do folículo. As sequelas desta anomalia são detectadas na saída das aves da ultima depenadeira. Penas nas asas, coxas e cauda. Lembre-se que as penas das asas e cauda são as únicas inseridas nos músculos.

diagrama de ishikawa

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

Escalda

Para alcançar boa qualidade nesta operação é necessário que os seguintes aspectos funcionem bem:

Temperatura conforme o tipo de frango a processar: branco (sem epiderme) amarelo (com epiderme).

Tempo de acordo com as características das aves a serem processadas.

Agitação da água uniforme em toda a superfície dos tanques, mantendo o nível inicial. Quando esta exigência não é cumprida, a água não chega até a pele, impedindo a abertura dos folículos e o desprendimento das penas. Consequentemente, dificulta-se mais sua eliminação.

Imersão total dos animais enquanto se deslocam dentro dos tanques. Esta condição se reveste da maior importância, dado que, ao flutuarem as aves inclinam-se, fazendo com que as penas da cauda e das asas, que são as mais difíceis de retirar conforme comentou-se, saiam à superfície.

Como a temperatura superficial medida no peito aumenta na escaldadora, é necessário conservá-la até a entrada da primeira depenadeira.

Algumas plantas instalam túneis em aço inoxidável por razões sanitárias.

diagrama de ishikawaDepenagem

Durante esta operação deve-se levar em consideração os seguintes detalhes pontuais para que os frangos sejam depenados em mais de 96%.

Os discos devem estar completos e em bom estado.

Os dedos, em cada um dos discos, também devem estar em estado adequado.

Todos os ganchos têm que estar conectados.

Os aspersores devem fornecer água a uma temperatura entre 34oC e 38oC. Esta película é direcionada aos dedos, com o objetivo de impedir o sobreaquecimento. Além disso, age como uma camada lubrificante entre os dedos e os frangos.

As estruturas das depenadeiras devem estar centradas em relação ao trajeto dos ganchos.

Para aumentar a efetividade na retirada das penas das asas, estas máquinas devem ter uma inclinação para baixo nas saídas.

Quando estes aspectos, entre outros, não são levados a cabo, as aves são submetidas a uma pressão maior que pode romper a pele na parte mais frágil: peito, asas e na sobrecoxa, próximo à cauda. Estes danos podem ser considerados parciais ou totais, conforme os fiscais de qualidade, afetando o rendimento dos frangos envolvidos.

 

diagrama de ishikawa

Diagrama de Ishikawa aplicado ao processamento dos frangos

 

polinutri




MERCADO +

Data Produto Valor
14/01/2022 Congelado +
(kg)
R$ 6,06
14/01/2022 Resfriado +
(kg)
R$ 5,90

* ORIGEM BASTOS (SP)
Data Produto Valor
14/01/2022 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 109,45
R$ 117,77

* ORIGEM BASTOS (SP)

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Outubro de 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies