23 nov 2020

Kemin defende controle de salmonela integrado para melhor rentabilidade

Kemin Salmonella
get_the_title



Diamond V

Um Programa de Controle de Salmonela, com trabalho integrado entre todos os elos da cadeia produtiva, desde a fábrica de ração até o frigorífico, é a estratégia mais eficiente para garantir melhores resultados e rentabilidade para o produtor, defende a zootecnista e coordenadora de Produtos para Monogástricos da Kemin na América do Sul, Gisele Neri. “É preciso que o produtor e a indústria de proteína animal tenham um Programa de Controle de Salmonela. Este programa deve controlar e contemplar todos os elos da cadeia produtiva, desde a fábrica de ração. O setor precisa ter uma visão mais holística sobre o tema salmonela”, defende a especialista.

A zootecnista e gerente de Serviços Técnicos da Kemin na América do Sul, Natália Vicentini, destaca trabalhos realizados pela Kemin que apontaram alguns dos benefícios de um Programa de Controle de Salmonela com uso de Sal CURB. De acordo com ela, em uma fábrica de ração, por exemplo, os benefícios incluíram melhor eficiência produtiva e redução de alguns custos de produção. Para se ter uma ideia, o consumo de energia da peletizadora foi reduzido em 6% em média, já a qualidade do pellet foi, em média, 5% melhor e a produtividade da peletizadora melhorou em 10,75% a quantidade de toneladas produzidas por hora.

 

Kemin Salmonela

“A solução (Sal CURB) é capaz de entregar estes benefícios em índices produtivos na fábrica”, garante.

 

 

Neri completa lembrando que estes cuidados devem ser estendidos durante toda a cadeia. “A questão é pensar na cadeia como um todo. Todos os elos têm que trabalhar o máximo possível para manter o controle. A salmonela é um inimigo onipresente, temos que ter estratégias de controle vigentes e ininterruptas”, reforça a especialista. Ela salienta que a vigilância inclui ações para higienização das fábricas de ração, dos ingredientes, desinfecção do ambiente nas granjas e nas agroindústrias, além do uso de blend de ácidos orgânicos e óleos essenciais para proteger os animais.

Kemin salmonela

 

 

 

 

“E, nesta linha, a Kemin tem duas soluções. Uma é o Sal CURB, com atuação em ingredientes, rações e ambientes. É uma linha de produtos nas versões em espuma, em pó e líquido. Ela é bem completa para rações, matérias-primas e ambientes”, destaca Vicentini. “Outra solução é o FormaXOL, que atua no animal. É um blend de ácidos orgânicos e óleos essenciais”, amplia Neri. Ela defende um novo olhar dos segmentos de aves e suínos para os programas de controle de Salmonella, que geralmente entram como custo para o produtor, o que, em sua opinião, é uma maneira distorcida de olhar o negócio. “Defendemos um Programa de Controle de Salmonela com ROI (Retorno sobre o Investimento). Este programa reduz custos para o produtor ao manter o plantel sadio e com melhores índices zootécnicos”, sustenta.

Ela afirma que o setor de aves tem uma regulamentação mais rígida, especialmente no controle em abatedouros. “Violar essas condições não só estão ligadas à reputação da empresa, mas podem afetar a segurança dos alimentos, por isso é um controle tão importante”.

A Salmonella é uma bactéria que está presente no trato gastrointestinal das aves. Na América do Sul é um problema comum, difícil de ser combatido, mas com ações, como o uso de aditivos nutricionais e produtos para ambientes, podemos manter a bactéria sob controle. Uma das novidades para os suínos, revela Neri, são novos estudos realizados na Universidade do Kansas, que demonstram o potencial do Sal CURB na mitigação do vírus da Peste Suína Africana”.

Sobre a Kemin Industries

Kemin Industries (www.kemin.com) é uma fabricante global de ingredientes, que se empenha diariamente em transformar de maneira sustentável a qualidade de vida de 80% da população mundial com seus produtos e serviços. A empresa possui mais de 550 ingredientes patenteados para saúde e nutrição humana e animal, alimentos para animais de estimação, aquicultura, nutracêuticos, tecnologias alimentares, tecnologias agrícolas e indústrias têxteis.




MERCADO +

DataProdutoValor
14/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,87
08/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 5,92

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
04-08/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 96,92
R$ 110,45

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies