08 Maio 2017

Concluído 7º Seminário Latinoamericano de Incubação da Jamesway



AUTOR(ES)

Nathalia Ferrufino

Diamond V

Conteúdo disponível em: Español (Espanhol)

Durante dois dias, representantes das principais empresas avícolas da América Latina e reconhecidos conferencistas se reuniram no Hotel Ocean Maya Royale situado na riviera maia, para intercambiar conhecimentos e experiências vinculadas a incubação, qualidade do pintinho, saúde das reprodutoras e manejo das incubadoras.

O primeiro dia foi aberto com uma palestra do engenheiro Ángel Salazar, que falou da importância da “Limpeza e desinfecção da planta incubadora“. Em sua fala destacou a necessidade de utilizar ovos incubáveis de plantas livres de contaminação interna e o uso de planos de biossegurança. Como método de monitoramento sugeriu o teste de penugem, que permite determinar a contaminação microbiológica por unidade de  peso.

“Nunca é rentável introduzir na incubadora ovos de piso”, destacou Salazar.

A segunda palestra intitulada “Viabilidade dos 7 dias de armazenamento do ovo e as condições de incubação”, ficou a cargo do Dr. Keith Bramwell da Universidade de Arkansas, que falou sobre  os elementos que podem condicionar a viabilidade do ovo incubável e posterior rendimento da ave. Ao falar dos aspectos a levar em conta no manejo do ovo, indicou que o processo inicia na granja e que não se pode esquecer que os ovos incubáveis contém embriões que podem se estressar por diferentes fatores.

“Manter a temperatura constante durante o armazenamento, o tempo de armazenamento do ovo incubável e o processo de transporte não só pode condicionar o número de nascimentos, como também o rendimento do frango de corte ao longo de sua vida”, afirmou Bramwell.

Jiggs Kilgore da Hubbard Breeders apresentou a palestra S.P.I.D.E.S.”, na qual explicou a necessidade de os criadores primários utilizarem este programa para que o armazenamento não afete o processo de incubação, já que  o armazenamento pode diminuir o percentual de nascimentos, a qualidade do pintinho e aumentar a janela de nascimentos. Explicou como o programa simula o que a ave faz de forma natural e ofereceu algumas dicas sobre como o programa pode ser implementado em incubadoras de carga única e carga múltipla.

O Dr. Guadalupe Pardo, da Cobb-Vantress, falou sobre a “Relação entre a incubação, a qualidade do pintinho e seu enfoque na genética do embrião moderno”. Considerando o aumento da taxa metabólica do frango moderno, destacou a importância de realizar um monitoramento adequado da ventilação, umidade, giro do ovo, transporte e armazenamento.

“O embrião moderno gera mais calor metabólico do que há 50 anos” observou Pardo, quando se referiu aos cuidados que se deve ter na incubação.

As duas últimas palestras do primeiro dia foram comandadas por Gerrit Van der Linde, da empresa Heering; e Jerry Garrison da Jamesway Incubators.

A apresentação de Van del Linde, intitulada “Transporte do pintinho”, falou da importância desta etapa e seu impacto a curto, médio e longo prazo no percentual de nascimentos, mortes na chegada, mortes nos primeiros 7 dias e rendimento no frango de corte.

“Custam mais os frangos que sobrevivem, que os que morrem ao chegar” indicou, explicando como o estresse nos embriões pode influir na mortalidade na primeira semana, a perda de peso do pintinho, o desenvolvimento do trato digestivo e a imunidade.

Finalmente, Jerry Garrison, representante da Jamesway Incubators, apresentou sua palestra “Dicas para uma melhor produtividade de seus equipamentos multi carga e carga única”, na qual explicou as principais diferenças das incubadoras de carga múltipla e carga única no que diz respeito aos cuidados que se deve ter em cada uma para poder obter os resultados esperados.

O segundo dia de conferências iniciou com a palestra “Fisiologia da reprodutora e seu efeito na qualidade do pintinho”, do Dr. Keith Bramwell, da Universidade de Arkansas, na qual revisou o processo de fertilização das reprodutoras e nomeou alguns fatores que podem condicioná-la tais como o tempo de armazenamento do esperma, o baixo índice de penetração do esperma, sobrepeso e idade nas fêmeas e machos, qualidade do esperma, interesse do macho e eficiência no acasalamento.

Posteriormente, p Dr. Javier Alvarado da AVIAGEN deu a palestra “Patologias das reprodutoras que afetam diretamente o nascimento do pintinho”. Nesta oportunidade se falou da importância de um adequado programa de biosseguridade com acompanhamento documentado, para o diagnóstico de enfermidades bacterianas, virais e presença de micotoxinas. Também destacou a necessidade de melhorar a comunicação interna em todas as áreas

“A serotipificação do agente causal é importante para utilizar as vacinas adequadas”, concluiu Alvarado, ao falar sobre o uso de programas preventivos.

A apresentação “Primo-vacinação em incubadora” foi apresentada pelo Dr. Hector García, da empresa Merial. Nela se falou dos diferentes programas de vacinação utilizados hoje em dia, os produtos empregados e seus respectivos processos considerando os recursos humanos e técnicos disponíveis.

No momento de mencionar os parâmetros importantes a se considerar na aplicação de vacinas in ovo, García mencionou:

  • a idade e uniformidade embrionária,
  • o local de aplicação (largura da agulha, posição do ovo),
  • a uniformidade na aplicação,
  • a preparação da vacina e
  • a dose aplicada

O Dr. Antonio Gonzalez, da empresa Aviselva/Inasur da Espanha, apresentou os resultados de uma “Experiência prática de substituição dos sistemas multicarga por carga única”, na qual a empresa concluiu que a partir da mudança, existiu uma melhora significativa de todos os parâmetros produtivos em frango de corte.

Concluindo o seminário, Jerry Garrison da Jamesway Incubators, apresentou a palestra “Gerenciando o calor metabólico na incubadora”, na qual falou sobre o impacto negativo do excesso de temperatura na qualidade do pintinho e como evitá-lo tanto em incubadoras de etapa única, como de multi-etapa.

Garrison indicou que para um gerenciamento adequado do calor metabólico, que permita obter os resultados esperados, se deve considerar certos aspectos:

  • O equipamento de incubação (compreensão do processo, conhecimento da máquina e seu funcionamento, establecimento de perfil correto)
  • Requisitos do equipamento de incubação (abastecimento energético adequado, água de boa qualidade, are comprimido limpo e seco, boa ventilação, uniformidade dos ovos e manutenção adequada)
  • Exigências do embrião atual (calor, umidade, ventilação e virada dos ovos)

Finalmente apresentou resultados comparativos entre o uso de incubadoras de etapa única e multi-etapa, e a importância do establecimento adequado do perfil para que as máquinas possam oferecer os resultados esperados.

Jamesway Incubators Inc.

A empresa é referência em incubação para a indústria avícola mundial; oferecendo apoio em todas as etapas do ciclo, desde o planejamento, projeto, instalação e manutenção dos sistemas de incubação e ventilação para plantas incubadoras.

A empresa oferece uma linha completa de sistemas de incubação de etapa única e de etapas múltiplas, ferramentas de controle, equipamentos de calefação, ventilação e are condicionado, soluções de recuperação de calor e uma extensa gama de acessórios de incubadoras e nascedoras.

Também oferece serviços de assessoramento por especialistas para a construção ou modificação de plantas incubadoras, considerando as necessidades do produtor, de maneira que possa tomar as decisões corretas, evitando problemas inesperados ou custos desnecessários.

O projeto e tecnologias integradas nas incubadoras, permitem um fácil manejo por parte dos operários para garantir um ambiente adequado para o nascimento dos pintinhos, melhorar a rentabilidade energética e simplificar a manutenção.

Todas as incubadoras vêm completamente equipadas e podem ser utilizadas para S.P.I.D.E.S.




MERCADO +

DataProdutoValor
05/08/2020 Congelado +
(kg)
R$ 4,94
05/08/2020 Resfriado +
(kg)
R$ 4,94

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
27 - 31/07/2020 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 83,91
R$ 104,32

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Junho 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


aviagen
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies