12 ago 2021

Como o Empenamento Precoce nas aves pode contribuir para a redução nas Condenações de Carcaças em Plantas de Abate

empenamento
get_the_title



AUTOR(ES)

Eder Barbon

Médico Veterinário e Especialista em Plantas de Abate e Qualidade América do Sul

Lívia Pegoraro

Zootecnista com Mestrado em Produção Animal e gerente da Fazenda Experimental da Cobb-Vantress

Rodrigo Terra

Médico veterinário e diretor Associado de Produto da Cobb-Vantress na América do Su

Diamond V

Reduzir as condenações de carcaça é hoje um dos desafios mais importantes da avicultura brasileira.

O país, que abate cerca de 23 milhões de cabeças de frangos por dia, de acordo com publicação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (março, 2021), tem em média 0,75% de condenas totais e 10,86% de condenas parciais, segundo informações do SIGSIF de março de 2021.

Isso significa perdas de cerca de 1.400 toneladas por dia, o que representa 2,4% do peso total abatido.

As contaminações,

lesões de pele (Dermatoses) e

lesões traumáticas (Contusões e fraturas),

São as três causas mais frequentes para o descarte de aves pela indústria avícola brasileira.

As perdas por condenações, cumprindo devidamente as legislações locais, são registradas em todos os países produtores de carne de frango do mundo.

Mas, na comparação com produtores da Europa, do México e dos Estados Unidos, os percentuais de condenas do Brasil são significativamente maiores, o que exige que produtores e indústria busquem alternativas para reduzir esse impacto negativo de rendimento para o setor.

O governo brasileiro, através do Ministério da Agricultura, tem apoiado positivamente ações de melhorias, com embasamentos técnicos e científicos da indústria que visam a redução de perdas nas plantas de abate. (Decreto no 10.468/2020).

CONTAMINAÇÃO POR FEZES OU BÍLIS

A causa mais comum das condenações é a contaminação por fezes ou bílis no momento da evisceração do frango, em virtude de jejum pré-abate ou ajuste inadequado dos equipamentos, que responde por mais da metade do total.

LESÕES DE PELE

Em seguida, vêm as lesões de pele ou dermatoses.

LESÕES TRAUMÁTICAS

Posteriormente a maior causa são as lesões traumáticas ou contusões e fraturas, que podem ocorrer no campo, especialmente no momento da apanha e transporte, ou na planta de abate durante o processamento, especialmente no atordoamento.

Melhorias no manejo e ambiência, desde a granja ao frigorífico, e aves com empenamento precoce, que ajuda a garantir a proteção e qualidade da pele são tendências irreversíveis na avicultura para reduzir as perdas por problemas de pele.


 

Diamond V


NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil Julho 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies