20 abr 2017

China reabilita plantas exportadoras de carne de frango do Brasil



AUTOR(ES)

Priscila Beck

Diamond V

As autoridades sanitárias chinesas reabilitaram essa semana duas plantas exportadoras de carne de frango do Brasil.  Conforme a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a reabilitação foi feita pela Administração Geral de Quarentena, Inspeção e Supervisão da Qualidade da República Popular da China (AQSIQ). A informação foi publicada nesta semana no site do órgão chinês.

As unidades reabilitadas são da Seara (SIF 1194, de Amparo/SP), BRF (SIF 18, de Dourados/MS) e Copacol (SIF 516, de Cafelândia/PR). Agora, a efetivação dos embarques aguarda apenas a conclusão das tramitações oficiais pelos governos do Brasil e da China.

A suspensão destas unidades havia ocorrido antes dos impactos causados pelas divulgações de informações equivocadas, durante a Operação Carne Fraca, em 17 de março. “A reabilitação destas unidades frigoríficas é um gesto de grande confiança das autoridades chinesas no sistema produtivo brasileiro.  Sob a liderança do Ministro Blairo Maggi, o setor de proteína animal brasileiro tem trabalhado fortemente para recuperar a credibilidade internacional, após as consequências da divulgação do Carne Fraca.  Estas reabilitações são amostras dos avanços conquistados”, ressalta Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.




MERCADO +

DataProdutoValor
18/01/2021 Congelado +
(kg)
R$ 5,86
18/01/2021 Resfriado +
(kg)
R$ 6,20

* ORIGEM BASTOS (SP)
DataProdutoValor
11-15/01/2021 Branco +
Vermelho +
(cx. 30 dúzias)
R$ 94,62
R$ 110,24

* ORIGEM BASTOS (SP)

SESSÕES TÉCNICAS ESPECIAIS +

REVISTA AVINEWS BRASIL +

NOVIDADES

 

REVISTA

Revista aviNews aviNews Brasil setembro 2020

ARTIGOS DA REVISTA



 
 


Consultar outras edições


Logo Ceva
 

Cadastro Newsletter aviNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

aviTips
aviNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies